Armamar, Portugal

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da cidade e município de Armamar

Armamar é um município português localizado no distrito de Viseu, na região norte e sub-região do Douro. É um município com 6297 habitantes, de acordo com os censos de 2011, estando dividido em 14 freguesias em 117,24 km². Armamar é limitado a norte por Peso da Régua, a sul pelo rio Douro, a leste por Tabuaço, a sudeste por Moimenta da Beira, a sudoeste por Tarouca e a oeste por Lamego.

As 14 freguesias do concelho de Armamar são: Aldeias, Aricera e Goujoim, Armamar, Cimbres, Folgosa, Fontelo, Queimada, Queimadela, Santa Cruz, São Cosmado, São Martinho das Chãs, São Romão e Santiago, Vacalar e Vila Seca e Santo Adrião.

História

A origem do concelho de Armamar está relacionada com o povoação do território na época leonesa-portucalense, entre os séculos IX e XII. No século XII as lutas entre árabes e cristãos para a posse das terras de Lamego tornaram as terras de Armamar desertas. A povoação só voltou a acontecer por ação de D. Afonso Henriques.

Em 1189 foi doada ao Mosteiro de Santa Maria de Salzedas e não obteve foral. O foral foi atribuído por D. Sancho I em julho de 1194 e a 3 de maio de 1514 Armamar teve foral novo por D. Manuel I. Por decreto de 24 de outubro de 1855, Armamar foi elevada a cabeça a comarca.

Património edificado e natural

Relativamente ao património arqueológico, neste concelho existem vários vestígios da ocupação humana, nomeadamente em Vila Seca, no Monte Raso, entre Lumiares e São Martinho das Chãs, no monte de s. Domingos em Fontelo. O principal ex-libris nesta vertente é o Castro de Goujoim, classificado em abril de 2013 como Sítio de Interesse Público. É ainda importante mencionar o património religioso existente um pouco por todo o concelho, destacando-se a Igreja Matriz de São Miguel de Armamar, a Ermida de São Domingos, a Capela de Nossa Senhora das Neves, a Capela de São Gregório e a Capela de Santa Ana.

Armamar é o município de toda a região do Douro com mais quilómetros de fronteira com o leito do rio Douro. Deste modo, o concelho usufrui de belas paisagens associadas ao rio Douro e aos socalcos das vinhas, principalmente na parte norte. Já no sul do concelho, a paisagem é maioritariamente serrana em que o solo xistoso dá lugar ao granito.

Gastronomia

A gastronomia local é o reflexo das tradições, transmitidas de geração em geração. O guisado de abóbora, as favas com chouriço, o arroz de mucanca e o cabrito de Armamar são alguns exemplos. Outra iguaria gastronómica é o queijo de Vila Nova, fresco ou curado, feito a partir do leite de cabra. No entanto, o principal produto local é a maçã de montanha, sendo Armamar conhecido por Capital da Maçã de Montanha.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município celebrou o seguinte Protocolo de Geminação:

  • Loures (Portugal) a 13 de janeiro de 1994

Brasão da cidade

Brasão de Armamar

O brasão é composto por um escudo de prata com cinco cachos de uvas de prata, realçados, sustidos e folhados de verde. A coroa mural é de prata de quatro torres e o listel é branco com as palavras VILA DE ARMAMAR a negro.

Municípios do Distrito de Viseu

Armamar Carregal do Sal Castro Daire Cinfães Lamego
Mangualde Moimenta da Beira Mortágua Nelas Oliveira de Frades
Penalva do Castelo Penedono Resende Santa Comba Dão São João da Pesqueira
São Pedro do Sul Sátão Sernancelhe Tabuaço Tarouca
Tondela Vila Nova de Paiva Viseu Vouzela
298 Visualizações 1 Total
298 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.