Lamego, Portugal

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da vila e município de Lamego

Lamego é um município português localizado no distrito de Viseu, na região norte e sub-região do Douro. É um município com 26 691 habitantes, de acordo com os censos de 2011, estando dividido em 18 freguesias em 165,42 km². Lamego é limitado a norte por Mesão Frio e Peso da Régua, a leste por Armamar, a sueste por Tarouca, a sudoeste por Castro Daire e a oeste por Resende.

As 18 freguesias do concelho de Lamego são: Avões, Bigorne, Magueija e Pretarouca, Britiande, Cambres, Cepões, Meijinhos e Melcões, Ferreirim, Ferreiros de Avões, Figueira, Lalim, Lamego (Almacave e Sé), Lazarim, Parada do Bispo e Valdigem, Penajoia, Penude, Samodães, Sande, Várzea de Abrunhais e Vila Nova de Souto d’El-Rei.

História

Em tempos remotos a região foi habitada por Lígures e Túrdulos que, na fusão com os Iberos, deram os Lusitanos. Durante a presença romana, a região era habitada pelos Coilarnos, como testemunham achados arqueológicos como aras, estelas, cipos e outros monumentos.

A localização do castelo dá a entender que ali houvesse um castro. As Inquirições Afonsinas citam o Castro de Lameco como sinónimo de uma fortificação medieval. Lamego foi reconquistada definitivamente em 1057 aos mouros por Fernando Magno de Leão. D. Sancho I concedeu-lhe carta de couto em 1191. Ao longo do tempo a cidade foi crescendo em volta da Sé e do Castelo. Em 1290, D. Dinis deu a carta de feira à cidade. D. Manuel outorgou-lhe foral novo em 1514.

Quando aconteceu a instituição dos distritos em 1835, Lamego foi inicialmente prevista como sede de distrito. No entanto, nesse mesmo ano a sede do mesmo foi deslocada para Viseu graças à sua posição mais central.

Em Lamego terão decorrido as lendárias Cortes de Lamego, onde D. Afonso Henriques foi aclamado como Rei de Portugal e onde se estabeleceram as “Regras de Sucessão ao Trono”.

Património edificado e natural

A Sé de Lamego, o Santuário da Nossa Senhora dos Remédios e o Castelo de Lamego são os três principais ex-libris da cidade. No entanto, no que se refere ao património religioso, a cidade tem uma riqueza enorme em que se destaca a Basílica de São Pedro de Balsemão, a Igreja das Chagas, a Igreja de Almacave, a Igreja do Desterro, a Igreja de S. Francisco, a Igreja de Nossa Senhora da Esperança, a Igreja do Espírito Santo, a Igreja da Nossa Senhora dos Meninos, a Igreja de Santa Cruz e a Capela de S. Bartolomeu. Além disso, pode ainda visitar a Cisterna Antiga, o Relógio de Sol e vários cruzeiros emblemáticos, como o Cruzeiro do Bom Jesus dos Terramotos e Perseguidos ou o Cruzeiro do Senhor do Bonfim.

Na beleza natural destaca-se a Mata de Nossa Senhora dos Remédios, o Jardim da República, a Mata das Brolhas e o Parque Biológico da Serra das Meadas.

Gastronomia

Lamego tem uma gastronomia típica e variada que reflete as tradições e saberes antigos. O cabrito com batatas assadas, o coelho assado no forno, as trutas de escabeche e os milhos com carne de vinha d’alhos são os pratos principais, sem esquecer os petiscos como as bôlas de presunto, fiambre ou vinha d’alhos, os queijos, enchidos e carnes fumadas. Na doçaria tradicional pode provar peixinhos de chila, doce de ovos, pão-de-ló, pastéis “Lamegos”, Biscoito da Teixeira ou leite creme.

Os vinhos são também outro elemento importante, nomeadamente os brancos e tintos de mesa, o Vinho do Porto e os espumantes naturais.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município celebrou os seguintes Protocolos de Geminação:

  • Ourense, Galiza (Espanha)
  • Zamora, Castela e Leão (Espanha)
  • Bouchemaine, Maine-et-Loire (França)

Brasão da cidade

Lamego

O brasão da cidade de Lamego é composto por escudo de vermelho com um castelo de prata aberta e iluminada do campo, acompanhado de duas árvores de verde frutadas de ouro, sobre um terrado de sua cor realçado de verde e negro. Em chefe um escudete de prata com uma cruz de azul acompanhado por um crescente de prata com as pontas voltadas ao centro e por uma estrela de cinco raios de prata. A coroa mural é de cinco torres de prata. O listel é branco com a legenda CIDADE DE LAMEGO a negro.

Municípios do Distrito de Viseu

Armamar Carregal do Sal Castro Daire Cinfães Lamego
Mangualde Moimenta da Beira Mortágua Nelas Oliveira de Frades
Penalva do Castelo Penedono Resende Santa Comba Dão São João da Pesqueira
São Pedro do Sul Sátão Sernancelhe Tabuaço Tarouca
Tondela Vila Nova de Paiva Viseu Vouzela
290 Visualizações 1 Total
290 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.