Sancho I

Sancho I de Portugal ficou conhecido como o Povoador, pela sua política de povoamento das regiões mais remotas do reino.

Biografia Sancho I de Portugal:

Sancho I de Portugal era filho de Afonso Henriques com Mafalda de Sabóia. Nasceu na cidade de Coimbra, a 11 de Novembro de 1154, reinou de 6 de Dezembro de 1185, ate a sua morte a 26 de Março de 1211. Casou com Dulce de Aragão, resultando desta união o príncipe herdeiro, Afonso II. Sancho I ficou conhecido como o Povoador.

Sancho I de Portugal

Sancho I de Portugal

Inicialmente baptizado como Martinho, pelo nascimento no dia do Santo com o mesmo nome, era o segundo na linha de sucessão, atrás do irmão mais velho, Henrique, que morreu prematuramente. Sendo nomeado sucessor ao trono, é alterado o seu nome para Sancho, nome mais frequente nas monarquias Ibéricas.

Em 1170 é-lhe atribuído o título de cavaleiro por parte de Afonso Henriques. Rapidamente tornou-se o braço direito do pai, tanto na administração do reino, quer no espectro militar. Portugal era um jovem reino, que combatia a sul os muçulmanos no processo de reconquista, e a norte e leste, Leão, reino do qual Portugal emergiu como entidade governativa independente. O novo reino, ainda não era legitimamente reconhecido pela Igreja, foi necessária uma longa negociação com o papado, para o reconhecimento oficial, e inúmeras benesses atribuídas por Afonso Henriques ao clero no reino. O primeiro reino, a reconhecer Portugal como independente, foi Aragão, coroa rival de Leão.

Mediante a rivalidade comum com Leão, Portugal e Aragão estabeleceram uma aliança, através do casamento de Sancho I com Dulce de Aragão, irmã mais nova do soberano aragonês, Afonso II.

Em 1185, e após a morte do pai, é coroado rei de Portugal na cidade de Coimbra. Centra a sua acção governativa, na conquista de territórios aos mouros a sul, colocando de parte a reivindicação portuguesa sobre a Galiza. Em 1189 e com o auxílio de cruzados, conquista a praça de Silves, com uma população de vinte mil habitantes, era das maiores cidades da Península Ibérica de então. No ano seguinte, os mouros recuperaram o controlo sobre a cidade.

Embora a guerra fosse um desígnio fundamental, nas primeiras décadas do jovem reino, Sancho I dedicou-se também ao desenvolvimento económico do país, e povoamento do reino, daí ter ficado conhecido como o Povoador. Concedeu diversas cartas de foral, nas regiões mais remotas do reino, como a Beira Interior e Trás-os-Montes, a cidades como Bragança, Covilhã, ou Guarda. Essencialmente, povoou estas regiões, com imigrantes vindos da Borgonha e Flandres. Promoveu o desenvolvimento industrial, e a formação de uma classe mercantil no reino.

O reinado de Sancho I ficou, marcado pelo processo de crescimento demográfico de Portugal, com a fundação de novas cidades, ou repovoamento de outras. Sancho I foi, fundamental para o processo, de fixação do reino enquanto entidade independente na Península Ibérica.

Reis da Primeira Dinastia (Dinastia de Borgonha)

| Afonso I | Sancho I | Afonso II | Sancho II | Afonso III | Dinis I | Afonso IV | Pedro I | Fernando I |

657 Visualizações 1 Total

References:

COELHO, Maria Helena da Cruz; História Medieval de Portugal. Guia de Estudo, Universidade Portucalense, 1991

GODINHO, Vitorino Magalhães; Portugal: a emergência de uma Nação, Colibri, 2004.

657 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.