Estádio Stamford Bridge

transferir Descrição: Estádio de Futebol

Proprietário: Chelsea Football Club

País: Inglaterra

Cidade: Londres

Capacidade: 41,837 lugares

Relvado: Relva natural (103 x 67 m)

Data de Construção: 28 de Abril de 1877

Descrição

Stamford Bridge é um estádio de futebol localizado na cidade de Londres, em Inglaterra, inaugurado oficialmente em 28 de Abril de 1877. O recinto pertence ao Chelsea Pitch Owners plc, uma organização sem fins lucrativos que detém tanto a propriedade do estádio como os direitos de nome do Chelsea FC, clube que utiliza o espaço.

 

História

Nos seus primeiros 28 anos de existência, o estádio de Stamford Bridge serviu principalmente como palco de actividades de atletismo.

No entanto, os proprietários ambicionavam um estádio que pudesse hospedar o desporto rei, o futebol profissional, e contrataram o arquiteto Archibald Leitch para projectar um novo recinto desportivo. Stamford Bridge foi quase totalmente reconstruído em 1905, e posteriormente foi oferecido ao Fulham FC.  Contudo, o clube londrino recusou a oferta, e acabou por ser o recém-formado Chelsea FC a mudar-se para o local.

Na altura, Stamford Bridge era constituído por uma bancada coberta de lugares sentados e um vasto espaço aberto nos restantes três lados. Estima-se que o recinto teria a capacidade para receber cerca de 100.000 pessoas. Poucas mudanças foram feitas até 1930, quando novos terraços foram construídos na zona Shed, e, nove anos depois, quando foi erguida uma pequena bancada de lugares sentados na zona Norte do estádio.

Stamford Bridge registrou sua maior assistência em 1935, durante uma partida entre o Chelsea e o Arsenal, os eternos rivais de Londres, com um total de 82,905 adeptos a assistir ao encontro.

Em 1965, os terraços do lado oeste foram substituídos por uma nova bancada coberta, com assentos. As remodelações continuaram em meados dos anos 1970, quando a antiga bancada principal foi demolida e substituída pela nova Bancada Oriente.

No entanto, a construção desta nova bancada acabou por ter um efeito de tal ordem sobre as finanças do Chelsea, que o clube viu-se praticamente à beira da falência. Os terrenos de Stamford Bridge acabaram por ser vendidos a promotores imobiliários, na sequência das dificuldades económicas, de forma a pagar algumas dívidas, que quase tinham resultado na expropriação do Chelsea, que teria assim de passar a jogar no estádio do Fulham ou do Queen Park Rangers.

Em 1992, o clube conseguiu recuperar finalmente a propriedade, no mesmo estado em que a vendeu, sem que fosse efectuada qualquer alteração durante esse período. Enquanto isso, tinha sido publicado o relatório Taylor (documento, cujo desenvolvimento foi supervisionado por Lorde Taylor de Gosforth, sobre as consequências e as causas do desastre de Hillsborough, em 1989, e que recomendava que todos os estádios principais fosse convertidos para um modelo apenas com lugares sentados) e Stamford Bridge encontrava-se num estado de necessidade urgente de reconstrução.

As obras começaram em 1994, com a demolição dos terraços Norte, que foram substituídos por uma nova bancada com assentos. Logo depois, o terraço de Shed End sofreu o mesmo destino.

A reconstrução da Bancada Ocidente começou em 1997 e foi, com alguns atrasos, completada em 2001. Ao mesmo tempo, a Bancada Oriente tinha sido submetida a uma extensa renovação.

 

Planos futuros

Stamford Bridge tem-se mantido com uma capacidade bastante limitada, apesar de todas as renovações, e, portanto, o Chelsea tem a ambição de expandir o estádio, ou mudar-se para um novo estádio. Em virtude de o local se encontrar rodeado por zonas de habitação, uma possível expansão será uma hipótese remota, difícil e dispendiosa, o que levou o clube a explorar eventuais locais no oeste de Londres para um novo estádio, sem sucesso.

1887 Visualizações 2 Total

References:

http://www.stadiumguide.com/stamfordbridge/

1887 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.