Estádio San Nicola

stadio-san-nicola Descrição: Estádio multiusos

Proprietário: FC Bari

País: Itália

Cidade: Bari

Clube: FC Bari

Capacidade: 58,270 lugares

Relvado: Relva natural (105 x 68 m)

Data de Construção: 1987

Descrição

San Nicola é um estádio multiusos localizado em Bari, na Itália. É propriedade do clube italiano FC Bari, sendo por isso o local onde a equipa disputa os seus jogos em casa, e tem capacidade para quase sessenta mil pessoas.

É considerado um estádio 4 Estrelas pela UEFA e é o quarto maior estádio na Itália.

 

História

O estádio San Nicola foi construído entre 1987 e 1990 para servir como um dos palcos dos jogos Campeonato do Mundo de Futebol de 1990, que se realizou em Itália

O complexo desportivo foi oficialmente inaugurado a 3 de Junho de 1990, com um jogo de futebol entre as equipas do Bari e do AC Milan, que a formação da casa venceu por 2-0. O San Nicola veio substituir o antigo estádio do de Bari, o “Stadio Comunale”, também chamado “Estádio da Vitória”.

O estádio foi apelidado em homenagem a São Nicolau, padroeiro da cidade, na sequência dos resultados um referendo, em que os cidadãos de Bari escolheram o nome.

Durante o Campeonato Mundial de 1990, o complexo de San Nicola recebeu um total de cinco jogos, entre os quais três encontros da fase de grupos, uma partida dos oitavos-de-final, entre a Checoslováquia e a Costa Rica (4-1), e a disputa do terceiro e quarto lugares, que opôs Itália e Inglaterra (2-1).

Um ano mais tarde, em 1991, o San Nicola foi o palco da final da Liga dos Campeões, entre o Estrela Vermelha e o Olímpico de Marselha, que só foi decidido nos penáltis a favor da equipa sérvia, depois de um empate sem golos.

Em 1997, recebeu os XIII Jogos Mediterrânicos, incluindo a cerimónia de abertura, todas as provas de atletismo e outros eventos.

O complexo foi projectado pelo arquitecto italiano Renzo Piano e foi apelidado de “nave espacial”, por causa das semelhanças no seu formato. O projecto original não incluiu uma pista de atletismo, que viria no entanto a ser adicionada mais tarde, a pedido do italiano Comité Olímpico CONI.

Uma das principais preocupações no projecto prende-se com a facilidade de circulação, um dos fatores mais importantes na construção de um estádio destas dimensões, tanto a circulação externa (acesso e saída) quanto interna. O estádio San Nicola tem sua bancada superior separada por módulos em forma de “pétalas”, vinte e seis no total, cada uma com sua saída e escadaria, o que facilita a mobilidade.

É, de facto, um dos estádios mais significativos em termos de segurança, no que diz respeito aos momentos de saída e emergência. Trata-se, ainda assim, de um estádio construído na década de 90, ano em que foi inaugurado e, portanto, tem critérios que vieram a tornar-se desactualizados pelas constantes mudanças nas exigências. Até porque o estádio San Nicola acabou por se tornar demasiado grande para a dimensão da equipa do Bari, o que juntamente com uma falta de manutenção resultou num estado muito deteriorado. O clube italiano tem, portanto, considerado a hipótese de reconstruir o estádio numa versão mais pequena. No entanto, faltam os fundos para fazê-lo.

O San Nicola não deixa, ainda assim, de ser um projecto com condições de inspirar e de ser uma referência para a construção de novas arenas desportivas, em termos arquitectónicos.

2711 Visualizações 2 Total

References:

http://www.stadiumguide.com/sannicola/

http://www.fcbari1908.club/stadio/storia-san-nicola/

https://estadiosdomundo.wordpress.com/estadios-referencia/estadios-elite-uefa/stadio-san-nicola/

2711 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.