Estádio Maracanã

maracana2

Descrição: Estádio de Futebol

País: Brasil

Capacidade: 78,838 lugares

Data de Construção: 1950

Site Oficial: http://www.maracana.com/

 

 

O Estádio Maracanã, oficialmente nomeado Estádio Mário Filho Jornalista, foi construído por ocasião do Campeonato Mundial de Futebol de 1950, que teve lugar no Brasil, com a intenção de ser o maior estádio de futebol do mundo. Propriedade do Governo do Estado do Rio de Janeiro, é um dos estádios mais míticos no mundo do futebol, conhecido pela sua dimensão e história, e é a “casa” de clubes como Flamengo e Fluminense, ocasionalmente usado também por outras equipas do Rio de Janeiro, tais como Vasco da Gama e Botafogo. Neste momento, a exploração do recinto está entregue a uma empresa concessionária.

 

História

A construção começou em 1948 e ficou concluída quase dois anos depois, sendo inaugurado a 16 de Junho de 1950, com um jogo particular entre duas selecções de jogadores do Rio de Janeiro e São Paulo (resultado: 1-3).

Oito dias depois, o Maracanã recebeu o jogo inaugural do Mundial, entre Brasil e México, que a equipa “canarinha” venceu por 4-0. Durante a competição, recebeu mais quatro partidas na fase de grupos e três na segunda fase, incluindo a grande final da competição, em que a equipa da casa foi derrotada pela selecção uruguaia, que viria a conquistar o seu segundo título mundial. A assistência oficial nesse encontro foi de cerca de 173,000 pessoas, mas estima-se que mais de 200,000 pessoas tenham assistido ao encontro ao vivo no estádio.

Em 1969, dezanove anos depois, viria a receber oficialmente o maior número de espectadores num jogo de futebol num encontro ente o Brasil e o Paraguai, rondando novamente a marca dos 200,000 adeptos (199,854) nas bancadas.

Pelo meio, em 1966, o nome do recinto foi oficialmente mudado para “Estádio Mário Filho Jornalista”, devido à morte do repórter, a 17 de Setembro desse ano, que foi consagrado como o maior jornalista desportivo de todos os tempos no Brasil. Mário Filho terá sido um dos grandes influenciadores para que o estádio fosse construído no bairro do Maracanã e com a dimensão de maior recinto do mundo. No entanto, apesar da homenagem, o nome Maracanã continua a ser o mais utilizado.

O estádio manteve-se praticamente inalterado até à década de 90, quando um acidente mortal obrigou a alterações nas medidas e condições de segurança e a uma redução substancial da sua capacidade de lugares. Pouco tempo depois, acabaria por ser convertido num espaço apenas com lugares sentados.

Com a nomeação do Brasil para anfitrião do Campeonato do Mundo de Futebol de 2014, o local foi a escolha lógica para receber novamente a final da competição, 64 anos depois. As obras massivas de remodelação começaram em 2010 e o renovado Mário Filho Jornalista reabriu a 2 de Junho de 2013, com uma capacidade de 79,000 lugares e uma nova cobertura, tornando-se o 26º maior estádio do mundo. O jogo de inauguração foi disputado entre as selecções do Brasil e Inglaterra (2-2). O recorde de assistência no novo estádio, desde então, é de 74,738, na final do Mundial de 2014, entre Alemanha e Argentina (1-0).

Desde o golo inaugural de Didi, o inventor da “folha-seca” (quando a bola é rematada e faz uma curva no ar), ao milésimo golo de Pelé, passando pelos golos que emocionaram o mundo nos dois Mundiais que recebeu, o Maracanã tem sido palco de momentos marcantes.

obras-maraca-1estadio-municipal-1950-r1Image1

 

 

 

 

(Construção do recinto original)

 

 

Outros eventos

Além de provas e encontros de futebol, o recinto do Rio de Janeiro foi também palco de vários espectáculos desportivos e não só. Em 1951 recebeu o combate entre o japonês Masahiko Kimura, campeão mundial de judo, e Hélio Gracie, o maior lutador de jiu-jitsu e luta livre no Brasil. Em 1952, foi palco da actuação dos Harlem Glotrotters, a famosa equipa de basquetebol americana e, em 1983, uma partida histórica de voleibol entre o Brasil e a URSS (União Soviética), que bateu os recordes de público pagante: 95,887.

Outros eventos não-desportivos tiveram lugar no Maracanã, como as actuações de Frank Sinatra, Paul McCartney, Tina Turner, Sting, Rolling Stones e o Festival Rock in Rio, entre muitos outros.

 

foto1estadio-do-maracana-rock-in-rio

 

 

 

 

(Frank Sinatra e Rock in Rio)

5038 Visualizações 2 Total

References:

http://www.maracana.com/

http://www.stadiumguide.com/maracana/

http://globoesporte.globo.com/

5038 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática