Estádio Emirates (Emirates Stadium)

transferir Descrição: Estádio de Futebol

País: Inglaterra

Cidade: Londres

Proprietário: Arsenal FC

Capacidade: 60,361 lugares sentados

Relvado: Relva natural (105 x 68 m)

Data de Construção: 2006

Descrição

O Emirates é um estádio de futebol localizado em Londres, Inglaterra, que pertence ao clube Arsenal FC, um dos principais emblemas da Liga de Futebol Inglesa.

O novo estádio veio substituir a anterior casa do Arsenal, o Highbury Park, que se tinha tornado demasiado pequeno (com capacidade para menos de 40 mil pessoas) e sem possibilidades de expansão, devido a encontrar-se cercado por zonas de habitação.

O Emirates é visto por muitos como uma referência de topo no desenvolvimento e projectos de estádios no Reino Unido e Europa, com um design que rompe com as tradições do “estilo inglês”. O design do novo estádio assemelha-se bastante com o do Estádio da Luz, do Sport Lisboa e Benfica, no seu interior, devido ao formato e cor com que foi projectado. O complexo é constituído por três pisos, sob uma cobertura translúcida de policarbonato, que cobre as bancadas mas não o relvado. Na zona subterrânea, o Emirates possui dois pisos que acomodam instalações, como cozinhas comerciais, balneários, e centros de imprensa e educação.

transferir (1) images transferir (2)

História

O Emirates Stadium abriu oficialmente no dia 23 de Julho de 2006 e a primeira partida a ser disputada no novo estádio foi um jogo particular de homenagem a Dennis Bergkamp, entre uma equipa do Arsenal e um conjunto do Ajax.

Os primeiros planos para a construção de um novo estádio foram apresentados no final de 1990, tendo sido considerada também a possibilidade de uma mudança para o novo Estádio de Wembley.

No final, foi escolhido um local a apenas algumas centenas de metros de distância de Highbury Park, e, depois de alguns atrasos, a construção do estádio começou em 2004. O orçamento total do projecto ascendeu a mais de 500 milhões de euros. O financiamento do projecto revelou-se um desafio, em virtude de o Arsenal não ter recebido quaisquer subsídios públicos por parte do governo para a construção do recinto.

A primeira fase de demolição ficou completa em Março de 2004 e dois meses depois as estruturas das bancadas norte, este e oeste encontravam-se erguidas.

O novo recinto do Arsenal presta também homenagem ao antigo estádio, com os escritórios da direcção a serem nomeados “Casa Highbury”.

Em Agosto de 2009, o clube deu início ao programa “Arsenalisação” do Estádio Emirates, depois de ouvir o feedback dos adeptos em fórum. A intenção foi transformar o estádio num baluarte visível de todas as coisas relacionadas com o Arsenal, através de uma variedade de meios criativos e artísticos. Entre as primeiras mudanças foram colocados assentos brancos na bancada inferior ao nível do relvado, que formam o desenho de um canhão – símbolo do clube.

“O Espírito de Highbury” – um santuário com a imagem de cada jogador que jogou pelo Arsenal em Highbury durante os seus 93 anos de existência – foi erguido no final de 2009 fora do estádio, no extremo sul. Oito grandes murais no exterior do estádio foram instalados, cada um representando quatro lendas do Arsenal abraçados, de tal forma que o efeito do projeto concluído resulta em 32 lendas abraçando todo estádio.

Devido à concorrência do vizinho Estádio de Wembley, o Estádio Emirates nunca recebeu a selecção nacional inglesa, mas tem sido palco frequente de jogos particulares da selecção brasileira de futebol.

Além de funcionar como um estádio de futebol, o Emirates é também utilizado como centro de conferências e palco de espectáculos musicais. Alguns dos artistas de renome que passaram pelo local, foram Bruce Springsteen (2008),  Coldplay (2012), Muse e Green Day (2013).

 

Planos de desenvolvimento e expansão

A partir de 2008, a lista de bilhetes de época firmou-se nas 40 mil pessoas e o potencial de expansão do estádio Emirates tornou-se um tópico comum de debate entre os adeptos do Arsenal. Os potenciais métodos de expansão poderão incluir assentos mais pequenos, uma vez que o Emirates é conhecido pelos seus bancos espaçosos, substituir a actual cobertura por um novo piso de cadeiras e construir um telhado novo.

4162 Visualizações 2 Total

References:

http://www.stadiumguide.com/emirates/

4162 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.