Ser Humano

Conceito de ser humano, o seu surgimento, a sua evolução e o que o torna diferente dos outros animais…

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Ser Humano – Conceito

Ser humano e a sua genetica

Ser humano e a sua genética

Ser humano é a designação comum dada aos elementos da espécie Homo sapiens. Este é uma espécie de primatas bípede, isto é, que se desloca em dois pés e não em quatro como a maioria dos animais. O surgimento do ser humano tem vindo a ser discutido há séculos e apesar de a ciência lhe atribuir um surgimento aceitável suportado por factos comprovados, essa teoria tem várias lacunas o que levou ao surgimento de diversas  outras teorias quanto ao seu surgimento.

As religiões que foram surgindo ao longo dos séculos atribuíram lhes um inicio diferente que nem sempre é suportado pelas evidencias cientificas. No entanto, esses inícios não deixam de ser considerados como verdadeiros pelos seus crentes.

Atualmente apenas o ser humano representar a única espécie de primatas bípedes do género Homo, tendo no passado existido um grande número de espécies pertencentes a este género, que por diversas razões foram desaparecendo.

Evolução:

evolução do Homem

evolução do Homem

O estudo da evolução do ser humano não pode ocorrer sem o estudo de outros indivíduos pertencentes ao mesmo género (normalmente designados por hominídeos), que acabaram por se extinguir devido a várias razões, como por exemplo o Australopithecus ou mesmo o Homo erectus.

Ao contrario do que se acreditava no tempo de Darwin a evolução do Homem não sucedeu em linha reta de uma espécie para outra, mas tal como acontece com outras espécies o seu desenvolvimento deu-se devido a sucessivas divergências entre membros do mesmo género formando quase uma árvore, no entanto, há diversos elos perdidos nesta evolução.

Alguns cientistas desenvolveram a teoria que o ser humano derivava do gorilas e do chimpanzé por serem primatas com grande proximidade genéticas aos seres humanos, mas na verdade existiu um ancestral comum que deu origem tanto aos chimpanzés, aos gorilas, como ao ser humano.

O ser humano adquiriu diversas alterações anatómicas, morfológicas e comportamentais, tendo-se tornado num animal diferente devido ao desenvolvimento do seu cérebro, ao surgimento da fala, e a capacidade de criar instrumentos. Acredita-se que inicialmente o ser humano movia-se como um chimpanzé utilizando os quatro membros.

No entanto, segundo alguns investigadores, os seres humanos, que viviam em savanas, forma obrigados a descer das árvores e passar a viver nas ervas altas, exigindo que o ser humano se torna-se bípede para poder observar os seus predadores por cima do mato.

Algumas teorias desenvolvidas ao longo dos anos afirmam que o ser humano deslocou-se para regiões perto de água, enriquecendo assim a sua alimentação, com peixe e moluscos, o que ser acredita ter contribuído para o desenvolvimento cerebral.

As capacidades intelectuais dos seres humanos permitiram que estes modificassem o seu próprio habitat, favorecendo a colonização de todos os continentes pelo Homem, visto este com o auxilio da tecnologia ter adquirido uma grande capacidade adaptativa às diferentes características climáticas, deixando de estar completamente dependente do ambiente.

História da Humanidade:

Humanidade

Humanidade

Algumas evidencias cientificas indicam que o ser humano terá surgido numa zona do continente Africano que se denomina o crescente fértil, esta região situava-se na zona leste de África. O ser humano terá aparecido nas planícies africanas há cerca de 350 mil anos, no entanto, só há cerca de 50 mil anos adquiriram as características que hoje atribuímos ao homem moderno.

Após o seu surgimento o ser humano viu-se obrigado a espalhar-se por varias regiões de África procurando comida e abrigo, posteriormente o ser humano acaba por se distribuir por outras zonas do globo aproveitando as boas condições climáticas e a ligação que ainda existia entre os diferentes continentes.

Há cerca de 10 mil anos, os seres humanos viviam como povoações nómadas viajando à procura de alimentos e melhores condições de vida, mas a melhoria das condições atmosféricas permitiu a estes indivíduos permanecer num único local de desenvolver a agricultura.

Após o desenvolvimento da agricultura, os seres humanos tornaram-se sedentários, passando a ter mais tempo para se dedicarem a tarefas como a tecelagem e o artesanato, assim como atividades mais intelectuais, desenvolvendo a capacidade introspetiva e de raciocínio abstrato, tornando-se no que é hoje considerado o Homem moderno.

Apesar do seu desenvolvimento ao longo dos séculos e das diversas eras que foram surgindo, como por exemplo a era industrial ou a era tecnológica (em que vivemos), isso não impediu que o seu comportamento se tornasse negligente para com o ambiente.

Desde o uso de bombas atómicas até à poluição do ambiente e a destruição de habitats, o comportamento do ser humano tem sido muito prejudicial, não só para os outros seres vivos mas também para si próprio.

O organismo humano:

ser humano

ser humano

O ser humano do ponto de visto biológico é composto por vários sistemas que interagem em conjunto para formar um organismo equilibrado e estável capaz de funcionar, quando estes sistemas se encontram em desequilibro o ser humano passa a demonstrar sinais de problemas.

Entre os diversos sistemas podem ser mencionados por o sistema digestivo, o sistema respiratório, o sistema circulatório, o sistema urinário, o sistema linfático, o sistema nervoso e o sistema reprodutor.

O funcionamento destes sistemas contribui para uma vida saudável do ser humano. As dimensões e o aspeto exterior dependem do conjunto de genes que cada indivíduo possui, sendo essa combinação única para cada indivíduo.

O ser humano deve ser então estudado e visto sobre diferentes perspetivas, pois apesar de se tratar de um ser único e coeso é composto por diferentes partes o que o torna num ser complexo. Este sendo o único ser vivo com consciência da sua própria mortalidade é afetado a nível social e psicológico por essa realidade.

Ao mesmo tempo apesar de ser um ser individual com a capacidade de sobreviver sozinho, ele é implicitamente social, necessitando de se inserir numa comunidade por forma a se desenvolver melhor.

Apesar de os genes seres determinantes para o desenvolvimento de um ser humano (cada célula possui um par de 23 cromossomas), as condições ambientais e sociais em que o indivíduo cresce são também determinantes para o desenvolvimento de um ser equilibrado.

O ciclo de vida do ser humano é muito semelhante ao de qualquer outro mamífero, iniciando-se na infância, passando pela adolescência, vida adulta e por fim velhice, sendo que a esperança média de vida ronda os 80 a 90 anos, dependendo do sexo e da região onde o ser humano vive.

Este desenvolve-se dentro do corpo da mãe, ao contrario da maior das outras espécies, ao nascer o bebe encontra-se muito indefeso sendo necessária a proteção dos progenitores.

Segundo o tipo de alimentação que o ser humano faz, este é considerado omnívoro (comem carne, peixe, vegetais, frutos, sementes, raízes…), no entanto, algumas membros desta espécie preferem fazer dietas especificas como por exemplo os vegetarianos que dão preferencial a uma alimentação baseada em vegetais.

557 Visualizações 1 Total

References:

Tillich, Paul. (2010). A concepção de homem na filosofia existencial. Revista da Abordagem Gestáltica, 16(2), 229-234. Consultado em: fevereiro 28, 2018, em http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-68672010000200014

Queiroz, Débora (2016). O que é ser humano?. Artigo online. Universo Racionalista. Consultado em: fevereiro 28, 2018, em https://universoracionalista.org/o-que-e-ser-humano/

(2018) Human being. Encyclopædia Britannica, inc. Consultado em: fevereiro 28, 2018, em https://www.britannica.com/topic/human-being

557 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática