Homo, género

Descrição do género Homo, as suas principais características, o seu habitat preferencial e um pouco da história do seu surgimento…

Homo, género – descrição

Homo (ser humano)
Reino Filo Classe Ordem Família Género Espécie
Animalia Chordata Mammalia Primates Hominidae Homo

 

Distrib. Geográfica Estatuto Conserv. Habitat Dieta Predação  Longevidade
cosmopolita extinto/ uma única espécie viva cosmopolita hominívoro predador de topo  80  – 100 anos

 

Características Físicas
Anatómicas sofreu grandes alterações ao longo dos milénios de existência
Dimorfismo Sexual O macho é maior que a fêmea
Tamanho 1,oo m – 1,80 m adulto
Peso 25 kg – 90 kg adulto

 

Homo corresponde a um género de seres vivos que inclui o ser humano, assim como outros seres que lhe são muito próximos. Este género deverá ter surgido há cerca de 3,2 milhões de anos, tendo existido varias espécies diferentes cujo ancestral comum pode ter sido o Australopithecus. Por sua vez este terá se formado após uma separação da linhagem que veio dar origem aos chimpanzés.

Charles Darwin representou a evolução deste género e em particular da sua espécie mais prolifera, o Homo sapiens sapiens, como uma linha evolutiva continua, mas na verdade esta trata-se de uma árvore com diferentes ramos terminais, em que um é o ser humano.

Os investigadores acreditam que o inicio do género Homo deu-se com as primeiras utilizações da pedra para a construção de instrumentos, isto é, os Homem do paleolítico terão sido os primeiros exemplo deste género a ter surgido do planeta e a parti destes foram ocorrendo alterações no desenvolvimento humano, até ao surgimento do que é considerado Homem moderno. O seu surgimento enquadra-se particularmente com o inicio da glaciação do Quaternário.

Todas as espécies pertencentes a este género acreditam-se extintas, com exceção do ser humano, visto o ultimo sobrevivente conhecido ter se extinguido há cerca de 12 milhões de anos (Homo floresiensis). Ainda não se sabe muito bem de que forma o ser Humano se relaciona com os outros hominídeos.

O surgimento do Homem atual é sustentado por duas hipóteses diferentes, por um lado os investigadores acreditam que um grupo de Homo sapiens primitivo saiu de África e conquistou o território de todas as outras espécies acabando por levar à sua extinção. Por outro lado, certos investigadores acreditam que o ser humano atual terá surgido da evolução de populações instaladas em diferentes territórios num tipo de evolução paralela convergente.

Principais características:

Exemplos do género Homo

Exemplos do género Homo

A principal característica deste género é o grande tamanho dos seus cérebros. Outras características prendem-se por exemplo com o surgimento da lateralidade, isto é, uma diferenciação entre o lado direito e esquerdo do cérebro, o que levou ao aumento do crânio destes indivíduos e altera as características fisionómicas faciais, como o queixo reduzido.Os seus polegares são oponíveis permitindo a criação de objetos, inicialmente de pedra, assim como o seu manuseamento

O tamanho destes indivíduos varia consoante a espécie, tendo sido encontrados membros com baixa estatura cerca de 1 metro e outros com estatura muito elevadas, cerca de 2 metros. Os machos e as fêmeas apresentam dimorfismo, sendo que o macho é geralmente maior e mais forte do que a fêmea. .

Os seres humanos são dos poucos seres vivos que utilizam uma locomoção bípede na vertical, isto é, caminhar com duas pernas e de forma ereta. A sua forma de locomoção deu origem a um esqueleto muito particular que apresenta uma curvatura na região lombar, por forma a aguentar a pressão da gravidade, sem que a coluna sofra um grande impacto, ao mesmo tempo que permite ao ser humano andar e não saltar como outros organismos bípedes (canguru).

A sua dentição também é particular, neste género, sendo constituída por três tipos diferentes de dentes cujas funções de adequam ao tipo de alimentação praticada pelos seus membros (hominívoro). A primeira dentição a surgir é perdida sendo substituída por outra definitiva. No entanto, outras espécies dentro deste género apresentavam tipos de alimentação diferentes.

A reprodução é interna, ocorrendo a geração de um ou dois filhos por cada gestação. O período fértil ocorre todos os meses, não ocorrendo necessariamente sempre fecundação, se esta não ocorrer a fêmea passa por um período de menstruação.

Diferentes espécies:

Exemplo do género Homo

Exemplo do género Homo

Uma das primeiras espécies a surgir foi o Homo habilis há cerca de 2,5 milhões de anos, estes foram os primeiros seres a conseguir criar instrumentos que lhes permitia realizar tarefas, como por exemplo, caçar ou pescar. Estes artefactos eram produzidos em pedra, tendo este homem ficado conhecido pode homem da pedra.

Outras espécies foram surgindo, mas o Homo ergaster é o primeiro a possuir semelhanças físicas com o homem atual. Estes seres já possuíam a habilidade de produzir fogo, assim como de criar armas, o que lhes permitiu aumentar o seu território, saindo de África e passando para outros continentes.

Com os últimos avanços na tecnologia cada vez mais espécies de hominídios têm sido encontradas por Antropologistas (cientistas que estudas a evolução do ser humano), no entanto,  ainda não se encontrou o elo entre o Homem atual e o Homem mais primitivo.

O Homo neanderthalensis surgiu antes da espécie Homo sapiens, sendo que alguns cientistas acreditam que estas duas espécies cruzaram-se dando origem a descendência (verificado por estudos genéticos). As razões que levaram à extinção desta espécie mantêm-se desconhecidas.

Os avanços na investigação cientifica levam os investigadores a crer que as diferentes espécies que foram surgindo dentro do género Homo podem não passar de subespécies, pois em analises de ADN mitocondrial e nuclear foram encontrados vestígios das diferentes espécies na mesma amostra. No entanto, ainda há muito a estudar sobre a evolução do ser humano.

Habitat:

Exemplo género Homo

Exemplo género Homo

Estudos recentes levam a crer que o ser humano terá surgido inicialmente nas planícies do que atualmente se designa por deserto do Calaári, localizado na África Austral, acreditando-se que posteriormente as povoações terão migrado tanto para o norte, como para o sul do continente.

Os Neandertais (Homo neanderthalensis) apenas foram encontrados na Europa e em parte do Oriente Médio, não existindo vestígios da sua presença na África.

Nas planícies africanas, alguns indivíduos puderam ter utilizado as árvores para se esconderem, mantendo-se longe dos predadores, mas a evolução da espécie e o aumento das suas capacidades fez com que estes seres se expandissem para outras regiões, passando a existir seres humanos em todos os continentes. Ao estenderem o seu território passaram a abrigar-se em cavernas ou tendas constituídas por madeira e pele de animais.

Apesar de ter se admitido durante muitos anos que o ser humano teria surgido apenas em África, atualmente alguns investigadores acreditam que estes terão surgido em varias regiões diferentes, sem que tivesse ocorrido interações, demonstrando que os membros do género Homo são seres muito mais complexos e que se adaptam bem a diferentes habitats, o que torna estas espécies cosmopolitas, no entanto, algumas podem estar mais adaptadas ao frio, enquanto outras ao clima quente.

Ao longo do tempo as diferentes espécies saíram de África e foram-se dirigindo para diferentes partes do mundo. Um exemplo destas movimentações são os esqueletos do Homo erectus foram encontrados na Indonésia e na China.

Os membros deste grupo acabam por povoar não só a Europa, como as Américas, assim como as ilhas do Pacifico e do Mediterrâneo. Estes chegaram tão a Norte como a Sibéria e tão a sul como a Antártida.

416 Visualizações 1 Total

References:

Rossetti, Victor (2016) A Origem Do Género Homo E As Possíveis Transições. Categoria Geral, Ciências Biológicas, Primatas E Evolução Humana. Netnature. Consultado em: Julho 31, 2018, em Https://Netnature.Wordpress.Com/2016/09/21/A-Origem-Do-Genero-Homo-E-As-Possiveis-Transicoes/

Binghamton University. (2015, August 31). Human Body Has Gone Through Four Stages Of Evolution. Sciencedaily. Consultado em: Julho 31, 2018, em Https://Www.Sciencedaily.Com/Releases/2015/08/150831163841.Htm

(2016). Homo. Encyclopædia Britannica, Inc. Consultado em: Julho 31, 2018, em Https://Www.Britannica.Com/Topic/Homo

Homo (genus). (2008). new World Encyclopedia Consultado em: Julho 31, 2018, em Http://Www.Newworldencyclopedia.Org/Entry/Homo_(Genus)

416 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática