Cultura

Apresentação do conceito de Cultura; a origem do termo; a evolução do conceito ao longo dos séculos; o significado do termo Cultura nos dias de hoje; exemplos de manifestações de cultura…

Apresentação do conceito / significado de Cultura

O termo cultura, que provém do latim cultūra ou cultus, faz referência à acção de cultivar o espírito humano e as faculdades intelectuais do homem. A sua definição foi evoluindo ao longo dos anos: desde a época do Iluminismo, a cultura passou a ser associada à civilização e ao progresso. É um conceito que surgiu a meados do século XVII, mas só no XIX começou a ganhar a forma e definição que conhecemos hoje em dia.

No século XX, o termo surgiu como um conceito central da antropologia, abrangendo todos os fenómenos humanos que não são o resultado total de genética. Especificamente, o termo “cultura” na antropologia americana tem dois significados: a evoluída capacidade humana para classificar e representam as experiências com símbolos e actuar com imaginação e criatividade; e as diferentes formas em que as pessoas vivem em diferentes partes do mundo, representando as suas experiências e actuando de forma criativa.

A cultura é tudo aquilo produzido pela humanidade, seja no plano concreto ou no plano imaterial, desde artefactos e objectos até ideais e crenças. É todo complexo de conhecimentos e toda habilidade humana empregada socialmente. Além disso, é também todo comportamento aprendido, de modo independente da questão biológica.

É o conjunto de manifestações artísticas, sociais, linguísticas e comportamentais de um povo ou civilização. Portanto, fazem parte da cultura de um povo as seguintes actividades e manifestações: música, teatro, rituais religiosos, língua falada e escrita, mitos, hábitos alimentares, dança, arquitectura, invenções, pensamentos, formas de organização social, etc.

A cultura é, o processo pelo qual o ser humano acumula as experiências que vai sendo capaz de realizar, discerne entre elas, fixa as de efeito favorável e, como resultado da acção exercida, converte em ideias as imagens e lembranças, a principio coladas as realidades sensíveis, e depois generalizadas, deste contacto inventivo com o mundo natural. O mundo da cultura [espiritual] destaca-se, assim, aos poucos do mundo material e começa a tomar contornos definidos no pensamento humano.” (VIEIRA PINTO, 1985, p.123).

É um conjunto de saberes, experiências, faculdades e conhecimentos acumulados por um indivíduo, por um grupo, por um povo ou por uma civilização, referindo-se especificamente ao seu estado de desenvolvimento intelectual.

traditional_musical_group_136308082

Por exemplo: o Cante Alentejano é uma musical tradicional Portuguesa e faz parte da Cultura Portuguesa

Tanto a arte como o artista são produtos da história e da cultura, e como tal, são o espelho de uma época e de uma sociedade determina.

A cultura é definida nas ciências sociais como um conjunto de ideias, comportamentos, símbolos e práticas sociais, aprendidos de geração em geração através da vida em sociedade. Podendo dizer-se que se trata da herança social da humanidade ou ainda, de forma específica, de uma determinada variante da herança social.

A sua principal característica é o mecanismo adaptativo, que consiste na capacidade que os indivíduos têm de responder ao meio de acordo com mudança de hábitos, mais até que possivelmente uma evolução biológica.

A cultura é um conceito que está sempre em desenvolvimento, pois com o passar do tempo ela é influenciada por novas maneiras de pensar inerentes ao desenvolvimento do ser humano.

961 Visualizações 1 Total

References:

EAGLETON, Terry. A ideia de cultura. 2ª ed. Editora UNESP. São Paulo, 2011

EDGAR, Andrew; SEDGWICK, Peter. Teoria cultural de A a Z: conceitos-chave para entender o mundo contemporâneo. Contexto. São Paulo, 2003

KUPER, Adam. Cultura: La versión de los antropólogos – Volume 112 de Paidós básica. Grupo Planeta (GBS), 2001

LARAIA, Roque de Barros. Cultura um conceito antropológico. Jorge Zahar. Rio de Janeiro, 2003

VIEIRA PINTO, Álvaro. Teoria da Cultura. In: Ciência e existência: problemas filosóficos da pesquisa científica. Paz e Terra. Rio de Janeiro, 1985

961 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.