Poluição atmosférica

Conceito de poluição atmosférica, as principais características, as fontes de emissão, os problemas que causa, assim como algumas medidas de minimização…

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Poluição atmosférica – conceito

Poluição atmosférica

Poluição atmosférica

Poluição atmosférica corresponde à poluição do ar, isto é, corresponde a todos os compostos que de forma intencional ou não atingem a atmosfera interagindo com os gases que a compõem, formando substancias que podem ser tóxicas para o organismo humano e para o ambiente.

Este tipo de poluição diz respeito a mudanças na constituição da atmosfera que têm impacto na natureza e na saúde dos seres vivos.

Fontes da poluição:

A poluição atmosférica pode ter fontes naturais, como por exemplo os gases libertados pelos seres vivos ao respirar ou ao realizarem a sua digestão, ou mesmo os gases libertados após uma erupção vulcânica. No entanto, estas fontes não são os principais responsáveis de contaminação do ar, apesar de muito associada à revolução industrial, antes da sua ocorrência já eram conhecidos problemas de poluição em varias cidades.

A maior fonte de contaminação atmosférica com os gases libertados pelas fábricas, assim como pelos escapes dos carros. A produção industrial, a obtenção e o dispêndio de eletricidade também têm vindo a contribuir para o aumento da poluição do ar.

Esta poluição é constituída por gases, partículas sólidas (poeiras) ou liquidas libertadas para o ar que interagem com elementos já presentes na atmosfera. Estas partículas quando em pequenas quantidades não causam realmente problemas, no entanto, com o desenvolvimento da revolução industrial e todas as inovações que lhe seguiram a quantidade de partícula libertadas tornou-se cada vez maior até que se atingiu um estado de rutura.

Uma das formas mais visíveis associadas à poluição atmosférica é o smog, isto é, um nevoeiro muito espesso que impossibilita a respiração e muitas vezes a visibilidade, além de ter um cheiro desagradável. No entanto, nem todas as formas de poluição atmosférica são visíveis.

Problemas:

Poluição atmosférica

Poluição atmosférica

Os problemas causados pela poluição atmosférica podem ser diretos ou indiretos, isto é, a poluição atmosférica causa sérios problemas tanto de saúde como no ambiente, ao mesmo tempo que os produtos desta poluição são responsáveis pela ocorrência de diversos problemas ambientais e de saúde.

A poluição atmosférica causa geralmente problemas a nível respiratório, como asma, rinites, bronquites ou mesmo cancro nos pulmões ou noutras partes do sistema respiratório. Este tipo de poluição também pode contribuir para o surgimento de problemas de pele tanto no ser humano e nos animais, assim como problemas cardiovasculares.

A poluição do ar leva a uma aumento do efeito de estufa, contribuindo consequentemente para o aquecimento global, favorecendo uma maior ocorrência de tornados, tempestades, terramotos. O aquecimento do ambiente leva ainda ao degelo dos pólos, levando por sua vez à subida do nível das águas do mar. A elevada quantidade de água doce a interagir com água salgada também contribui para problemas a nível do ambiente aquático, como a morte de algumas espécies de peixes.

A emissão de gases poluentes para a atmosfera leva à destruição da camada do ozono, assim como aumenta a probabilidade de ocorrência de chuvas acidas.

A camada do ozono é destruída, pois o ozono reage com algumas substancias sendo transformado em oxigénio atómico que se liga a outras substancias formando muitas vezes ácidos que se precipitam sob a forma de chuvas acidas.

Essas chuvas acidas contribuem para a destruição de prédios através da erosão, a contaminação dos solos e a destruição das culturas e das florestas devido à ação do acido precipitado. Esta poluição afeta consideravelmente os ecossistemas seja pela destruição de habitats, seja pelos problemas de saúde que causa tanto à fauna como à flora com que entra em contacto.

Medidas para diminuição da poluição:

A poluição em geral e a atmosférica em particular não se mantêm onde foram produzidas, dispersando-se ao longo do tempo, podendo atingir grandes distâncias o que torna difícil determinar onde terá ocorrido a contaminação, logo sendo quase impossível determinar o responsável.

Uma vez que a poluição atmosférica não respeita fronteiras geográficas nem políticas, os vários países assinaram acordos e passam legislação de forma a conter a poluição que cada um produz. O protocolo de Quioto, assim como muitos outros acordos realizados aos mais diversos níveis governamentais pretendem que as emissões de gases tóxicos particularmente o dióxido de carbono sejam reduzidas permitindo que o ar respirado esteja mais limpo.

O mercado de carbono foi outra medida implementada com o intuito de permitir que os países que necessitam de produzir mais carbono comprem percentagens maiores, favorecendo os países que não produzem tanto e que podem vender essas cotas.

Além das medidas tomadas pelos governos, nos diversos países, também os cidadãos podem tomar medidas na sua vida que contribuam para a diminuição da poluição do ar, como por exemplo utilizar transportes públicos, reduzindo a utilização do automóvel, ou mesmo desligar as luzes quando não são necessárias.

998 Visualizações 1 Total

References:

(2017). Mongólia, um país coberto pelo fumo das chaminés. Routers. Poluição. Jornal Público online. Consultado em: Janeiro 31, 2018 em https://www.publico.pt/2017/02/11/fotogaleria/mongolia-um-pais-coberto-pelo-fumo-das-chamines-369946

(2017). Poluição atmosférica: A poluição atmosférica é prejudicial para a saúde humana e o ambiente. European Environment Agency. Consultado em: Janeiro 31, em https://www.eea.europa.eu/pt/themes/air/intro

(2006). Estratégia Temática Sobre Poluição Atmosférica. Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Desenvolvimento Regional Instituto do Ambiente. Amadora Portugal.

Nathanson, Jerry A. (2015). Air pollution control. Encyclopædia Britannica, inc. Consultado em: Janeiro 31, em https://www.britannica.com/technology/air-pollution-control

998 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.