Pólos terrestres

Descrição do conceito de Pólos terrestres, as principais características, os locais onde se encontram e os seus principais habitantes…

Pólos Terrestres – descrição

pólos terrestres

Pólos terrestres (Antártida)

Pólos terrestres são a designação atribuída às regiões mais a norte e mais a sul do Planeta Terra. Estes podem ser geográficos ou magnéticos. Os pólos geográficos correspondem aos extremos do eixo da Terra, consideradas como o Pólo Norte e o Polo Sul, estes pólos são considerados exatamente opostos, estando unidos por uma linha imaginária designada eixo terrestre e são fixos, não mudando de local com a a rotação da Terra.

Atualmente estas regiões encontram-se cobertas por mantos gelo permanente, criado na última idade do gelo, no entanto, considera-se que o clima do pólo Norte é relativamente mais quente que o clima encontrado no Polo Sul.

O Planeta Terra possui na sua constituição uma elevada de metais, o que a torna favorável a formação de um campo eletromagnético, levando a Terra a agir como um íman gigante. Este campo eletromagnético é o que se utiliza para orientar as bússolas, pois indica o Pólo Norte e o Pólo Sul magnéticos, estes pólos mudam lentamente de posição, no entanto, mantêm-se sempre a uma determinada distancia (1600 km) dos pólos geométricos, nunca se encontrando exatamente opostos um ao outro.

Ao longo de milénios, devido ao campo magnético da Terra, os pólos magnéticos trocaram de lugar diversas vezes, tendo havido alturas na história do Planeta em que o Pólo Norte magnético coincidiu com o Pólo Sul geográfico e o Pólo Sul magnético correspondia ao Pólo Norte geográfico.

Pólo Norte

O pólo Norte encontra-se para região mais a norte do nosso planeta, encontrando-se no extremo oposto ao Pólo Sul, localizando-se a cerca de 4087 metros abaixo do nível médio das águas do mar. Devido à inclinação do sol e do planeta , o pólo norte passa por períodos em que é dia o dia todo ou noite a noite toda, esta alternância ocorre de 6 em 6 meses. Isto é, durante 6 meses é sempre dia e nos 6 meses seguintes será sempre noite, não havendo um fuso horário oficial, pois praticamente não é habitado.

O clima do pólo norte caracteriza-se por temperaturas baixas durante todo o ano, apesar de se conseguir distinguir duas estações do ano, o verão onde as temperaturas são mais elevadas, enquanto o inverno tem temperaturas extremamente baixas.

No pólo norte encontra-se a região designada de Ártico, também designada por circulo polar Ártico, esta região possui geralmente temperaturas abaixo dos 10 ºc, nos meses mais quentes, enquanto no inverno esta pode atingir temperaturas de -60ºc.

A precipitação ocorre normalmente sobre a forma de neve, havendo longos períodos do ano em que não ocorre precipitação, no entanto, encontra-se a presença de ventos fortes que provocam tempestades de neve. As regiões mais costeiras apresentam temperaturas mais moderadas do que as encontradas no interior do ártico.

Durante a maior parte do ano o Pólo Norte encontra-se coberto por uma extensa camada de neve, particularmente durante o inverno, no entanto, no verão, nas zonas limítrofes do ártico, é possível ver algumas vegetação particularmente Tundra, estando presente bétulas e salgueiros nas regiões mais quentes, no entanto, as espécies predominantes são de pequeno porte, geralmente líquenes e musgos.

Este tipo de ecossistema não é muito rico em fauna, sendo um habitat muito precário e instável, no entanto, alguns animais associados são focas, ursos polares e raposas do Ártico, mas não possui uma grande diversidade de formas de vida.

Segundo estudos recentes, as temperaturas do Pólo Norte encontram-se a aumentar além do que seria de esperar para a época do ano. Este aumento de temperatura tem levado à diminuição da camada de gelo presente, destruindo desta forma inúmeros habitats e aumentando o nível médio da água do mar.

Pólo Sul

O Pólo Sul é um dos dois pontos onde o eixo imaginário da Terra cruza a superfície do planeta. Este situa-se a cerca de 2992 metros acima do nível médio das águas. Assim como o Pólo Norte, também o Polo Sul apresenta um fenómeno designado por sol da meia noite, isto é, durante parte do ano o sol brilha durante 24h por dia, na outra metade do ano é noite o dia todo, no entanto, este fenómeno é inverso, quando é noite no Pólo Sul é dia no Pólo Norte, devido à inclinação do eixo terrestre.

O Pólo Sul também não coincide com o Pólo Sul magnético, pois este, assim como o pólo norte sofrem variações anualmente, não possuindo um ponto fixo, devido ao campo eletromagnético da terra.

No Polo Sul localiza-se o continente da Antártida que corresponde a uma massa extensa de gelo, com uma espessura que pode atingir os 2700 metros, apesar de a sua localização ter variado ao longo da história do planeta devido ao que é defendido pela teoria da deriva dos continentes.

Este pólo possui um dos climas mais frios, podendo atingir temperaturas de -80 graus centígrados. O seu clima é desértico frio, raramente ocorrendo precipitação, mesmo sobre a forma de neve, no entanto, podem ocorrer algumas tempestades de neve. Neste pólo não é comum encontrar vegetação e fauna nativa desta região devido ao clima presente, mas por vezes algumas aves podem surgir. Os principais habitantes destas regiões são microorganismos considerados extremofilos ,pois dão preferência aos climas extremamente frios ou extremamente quentes, sendo conhecidos diversos microorganismos nesta região, alguns conservados no gelo permanente e outros ativos, mais à superfície da neve.

O Pólo Sul encontra-se sobre uma massa de gelo permanente (Antartida) pelo que foi possível instalar no local uma estação de monitorização. A atual estação foi estabelecida em 1956 pelos Estados Unidos da América e encontra-se em plena atividade desde essa altura, recebendo investigadores e cientistas de todas as nacionalidades e das varias áreas do conhecimento. No entanto, devido ao movimento ligeiro do gelo torna-se difícil a realização de trabalhos muito minuciosos.

670 Visualizações 1 Total

References:

Tarduno, John; Hare, Vincent (2017). Does an anomaly in the Earth’s magnetic field portend a coming pole reversal? The Conversation Trust (UK) online article. Consultado em: Novembro 30, 2017, em http://theconversation.com/does-an-anomaly-in-the-earths-magnetic-field-portend-a-coming-pole-reversal-47528

Evers, Jeannie editor (2011). North Pole. Geographic North Pole. National Geographic Society. Consultado em: Novembro 30, 2017, em https://www.nationalgeographic.org/encyclopedia/north-pole/

South Pole. (2016) Encyclopædia Britannica, inc. Consultado em: Novembro 30, 2017, em https://www.britannica.com/place/South-Pole

670 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática