Sabugal, Portugal

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da vila e município do Sabugal

Sabugal é um município português localizado no distrito da Guarda, na região do Centro e sub-região da Beira Interior Norte. É um município com 12 544 habitantes, de acordo com os censos de 2011, com 30 freguesias em 822,70 km². O município é limitado norte por Almeida, a leste por Espanha, a sul por Penamacor, a sudoeste pelo Fundão, a oeste por Belmonte e a noroeste pela Guarda.

As 30 freguesias do concelho do Sabugal são Águas Belas, Aldeia da Ponte, Aldeia da Ribeira, Vilar Maior e Badamalos, Aldeia do Bispo, Aldeia Velha, Alfaiates, Baraçal, Bendada, Bismula, Casteleiro, Cerdeira, Foios, Lajeosa e Forcalhos, Malcata, Nave, Pousafoles do Bispo, Pena Lobo e Lomba, Quadrazais, Quintas de São Bartolomeu, Rapoula do Côa, Rebolosa, Rendo, Ruvina, Ruivós e Vale das Éguas, Sabugal e Aldeia de Santo António, Santo Estêvão e Moita, Seixo do Côa e Vale Longo, Sortelha, Souto, Vale de Espinho, Vila Boa e Vila do Touro.

História

Na região é possível encontrar vários vestígios da presença humana na região. De facto, a Idade do Bronze foi um período áureo, com vestígios de povos em Vilar Maior, no Sabugal, na Serra Gorda, no Castelejo, no Cabeço das Fráguas e em Vila do Touro, por exemplo. Da Idade do Ferro existem vestígios dos povoados fortificados, como os castros da Serra das Vinhas, dos Castelos de Ozendo, do Cabeço de São Cornélio e da Serra da Opa. De uma forma militarmente planificada, no final do século I a.C., os romanos ocuparam o vale superior do rio Côa.

No final do século XII Afonso IX de Leão desanexa uma extensão da área de Ciudad Rodrigo e funda aí um novo concelho, escolhendo para a sede a povoação do Sabugal.

No século XIX a reforma administrativa dividiu o território nacional e a extinção dos concelhos de Alfaiates e Vila do Touro (em 1836) e de Sortelha e Vilar Maior (em 1855). Estes concelhos foram integrados no concelho do Sabugal.

Património edificado

O património religioso do concelho inclui:

  • Cruzeiro da Aldeia da Ponte
  • Convento de Sacaparte
  • Capela de Santa Casa da Misericórdia de Alfaiates
  • Cruzeiro de Sacaparte
  • Igreja Matriz de Vilar Maior
  • Igreja de Santa Maria do Castelo de Vilar Maior

Em termos de património militar podemos identificar:

Em relação ao património civil existe:

  • Ponte antiga da Aldeia da Ponte
  • Pelourinho de Alfaiates
  • Pelourinho do Sabugal
  • Pelourinho de Sortelha
  • Ponte de Sequeiros
  • Pelourinho de Vila de Touro
  • Ponte de Sequeiros
  • Pelourinho de Vilar Maior
  • Ponte medieval sobre o rio Cesarão

Gastronomia

A gastronomia tradicional da região é marcada pelos enchidos, pelos caldos, pelo cabrito e borrego, pelo coelho bravo, pelo javali, pela truta do rio Côa e pelos queijos. Na doçaria destaca-se o arroz doce, as filhós, as farófias, o bolo saloio, os biscoitos esquecidos, as papas de milho, a tapioca e o mel.

Brasão da cidade

Sabugal

O brasão da cidade é um escudo de vermelho, com um castelo de prata acompanhado de dois sabugueiros de verde, floridos de prata, tudo sobre um terrado de sua cor cortado por um rio de prata aguado de azul, em chefe duas chaves de ouro em aspa. A coroa mural é de prata de quatro torres e o listel é branco com os dizeres VILA DO SABUGAL a negro.

Municípios do Distrito da Guarda

Aguiar da Beira Almeida Celorico da Beira Figueira de Castelo Rodrigo Fornos de Algodres
Gouveia Guarda Manteigas Mêda Pinhel
Sabugal Seia Trancoso Vila Nova de Foz Côa
124 Visualizações 1 Total
124 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.