Fundão, Portugal

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da vila e município de Fundão

Fundão é um município português localizado no distrito de Castelo Branco, na região do Centro e sub-região da Cova da Beira. É um município com 29 213 habitantes, de acordo com os censos de 2011, com 23 freguesias em 700,20 km². O município é limitado a norte por Covilhã, Belmonte e Sabugal, a leste por Penamacor e Idanha-a-Nova, a sul por Castelo Branco, a sudoeste por Oleiros e a oeste por Pampilhosa da Serra.

As 23 freguesias do concelho do Fundão são Alcaide, Alcaria, Alcongosta, Alpedrinha, Barroca, Bogas de Cima, Capinha, Castelejo, Castelo Novo, Enxames, Fatela, Grande Fundão (Fundão, Valverde, Donas, Aldeia de Joanes e Aldeia Nova do Cabo), Janeiro de Cima e Bogas de Baixo, Lavacolhos, Orca, Pêro Viseu, Póvoa de Atalaia e Atalaia do Campo, Silvares, Soalheira, Souto da Casa, Telhado, Três Povos, Vale de Prazeres e Mata da Rainha

História

Na freguesia do Telhado existe um povoado pré-histórico que possivelmente será o mais antigo desta região, que se estima ter cerca de sete mil anos.

Desde o ano 1000 a.C. até à sua destruição pelos romanos existia no topo do Monte de São Brás um castro lusitano. Posteriormente foi substituído por uma villa. Julga-se que esta villa foi substituída por uma mansão senhorial fortificada na Alta Idade Média.

O topónimo Fundão foi pela primeira vez referido num documento em 1307 e, mais tarde, em 1314 e 1320, referindo-se a 32 casas.

Enquanto centro urbano o Fundão surge com os cristãos-novos, assim como os concelhos vizinhos Belmonte e Covilhã. Foram os migrantes judaicos que permitiram ao Fundão assumir as dimensões de uma cidade verdadeira.

Em 1580 os notáveis da cidade deram o seu apoio ao Prior do Crato, D. António,  contra as pretensões de D. Filipe II, rei de Espanha. Nesse ano elevaram unilateralmente o Fundão a vila. O concelho foi fundado em 1747 por D. João V.

A 19 de abril de 1988 o Fundão foi elevado a cidade.

Património

Em relação ao património religioso do concelho não deixe de visitar:

  • Igreja Matriz de Aldeia de Joanes
  • Capela do Leão e fonte monumental
  • Igreja de Fatela
  • Igreja da Misericórdia do Fundão
  • Igreja da Póvoa da Atalaia

No património de âmbito arqueológico podemos mencionar:

  • Ponte romana de Peroviseu
  • Castro da Covilhã Velha
  • Vias antigas em Alpedrinha e Castelo Novo

Além destes locais, é importante ter em conta os seguintes sítios:

  • Fontes de mergulho
  • Pelourinho de Alpedrinha
  • Centro histórico de Alpedrinha
  • Pelourinho de Atalaia do Campo
  • Aldeia Histórica de Castelo Novo
  • Pelourinho de Castelo Novo
  • Pelourinho do Fundão
  • Casa da Orca
  • Fonte de Mergulho do Goducho
  • Casa Pinto
  • Palácio do Picadeiro
  • Praia Fluvial de Janeiro de Cima
  • Museu Arqueológico do Fundão
  • Centro de Interpretação de Moagem do Centeio

Gastronomia

Um aspeto relevante para a gastronomia local são os produtos endógenos, nomeadamente a castanha, o azeite, os cogumelos, o queijo, os enchidos, mas principalmente a cereja, apelidada de “ouro vermelho”.

Como pratos principais destacam-se as migas de grão, as migas de vinha de alho, o ensopado de borrego, os peixinhos da horta, a feijoada de lebre, as beringelas com ovos, o arroz de tordos, o arroz à moda do Fundão, o bacalhau à lagareiro, o cabrito assado e o borrego assado. Para a doçaria destaca-se o arroz-doce, o pão-de-ló, o pão leve, o bolo finto, os bolos de soda, o bolo de sementinhas, os esquecidos, os biscoitos, os borrachões, as broas de leite, as cavacas, a tigelada e o leite-creme.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município celebrou os seguintes Protocolos de Geminação:

Brasão da cidade

Fundao

O brasão da cidade é um escudo de prata, com um castanheiro de verde frutado de ouro, troncado e arrancado de negro, acompanhado em chefe por dois grupos de três pêras de verde sustidas e folhadas do mesmo esmalte. Em contra-chefe um terrado negro, realçado de verde, formando duas encostas que acompanham o tronco do castanheiro. O terrado cortado por três faixas ondadas, duas de prata e uma de azul. A coroa mural é de cinco torres de prata e o listel é branco com a legenda CIDADE DE FUNDÃO a negro.

Municípios do Distrito de Castelo Branco

Belmonte Castelo Branco Covilhã Fundão
Idanha-a-Nova Oleiros Penamacor Proença-a-Nova
Sertã Vila de Rei Vila Velha de Ródão
155 Visualizações 1 Total
155 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.