Alcoutim, Portugal

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Apresentação da vila e município de Alcoutim

Alcoutim é um município português localizado no distrito de Faro na região e sub-região do Algarve. É um município com 2 917 habitantes, de acordo com os censos de 2011, com quatro freguesias em 575,36 km².

O município é limitado a norte por Mértola, a leste por Espanha (municípios de El Granado, Sanlúcar de Guadiana e San Silvestre de Guzmán), a sudeste por Castro Marim, a sudoeste por Tavira e a oeste por Loulé e Almodôvar.  

As quatro freguesias do concelho de Alcoutim são Alcoutim e Pereiro, Giões, Martim Longo e Vaqueiros.

História do concelho de Alcoutim

Acredita-se que a presença humana no concelho de Alcoutim remonta ao Paleolítico Médio, tendo sido encontrado vestígios arqueológicos deste período na freguesia do Pereiro. No entanto, apenas durante o Neolítico é que as populações se fixaram, sendo possível verificar a presença de monumentos megalíticos um pouco por todas as freguesias, nomeadamente antas, menires ou cistas megalíticas.

Durante o período romano existem vários vestígios da presença deste povo na área do atual concelho, sobretudo na zona litoral, uma vez que o rio Guadiana exercia uma grande atração como via de penetração das rotas comerciais. Além disso, destaque ainda para a presença dos visigodos e, sobretudo, do povo islâmico.

Após a reconquista cristã Alcoutim é integrada no território português. D. Dinis atribuiu-lhe o foral a 9 de janeiro de 1304. Este foral foi reformado a 20 de março de 1520 por D. Manuel I.

Património

Está a pensar visitar este concelho do distrito de Faro? Não deixe de visitar os seguintes locais:

  • Barragem romana de Álamo (património arqueológico)
  • Fortaleza de Alcoutim (património militar)
  • Villa romana do Montinho das Laranjeiras (património arqueológico)
  • Castelo Velho de Alcoutim (património militar)
  • Ermida de Nossa Senhora da Conceição (património religioso)
  • Cerro do Castelo de Santa Justa (património arqueológico)
  • Igreja de Martim Longo (património religioso)

Gastronomia

A gastronomia alcouteneja é bastante diversificada, uma vez que a proximidade com o rio Guadiana e a agricultura permitem a presença de vários produtos endógenos. As propostas gastronómicas incluem cozido à montanheiro, açorda, ensopado, migas, arjamolhos, sopa de tomate, gaspacho, pratos de caça (lebre, javali, coelho, perdiz), e ainda pratos de carne (lampreia, enguia frita, ensopado de enguia, caldeirada, ovas de saboga fritas). A elaboração dos pratos é complementada com frutas, legumes e hortaliça e ainda ervas aromáticas em que se destacam poejo, coentros, hortelã ou salsa.

Na doçaria tradicional pode provar bolos de massa de pão, alfarroba, figo, laranja, amêndoa, os nógados, filhós, folares e azevias. Não deixe ainda de provar a aguardente de figo e medronho, o figo-da-índia e o mel.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município celebrou o seguinte Protocolo de Geminação:

  • Blain (França)

Brasão da cidade

Alcoutim

O brasão da cidade é um escudo de vermelho com o grifo “ALEO” em letras de ouro, circundado por ramos de oliveira frutados da sua cor. Em chefe um castelo de prata acompanhado por duas cabeças, uma de carnação branca coroada de ouro e outra de carnação negra com turbante de prata. A coroa mural é de prata de quatro torres e o listel é branco com a legenda VILA DE ALCOUTIM a negro.

Municípios do Distrito de Faro

Albufeira Alcoutim Aljezur Castro Marim
Faro Lagoa Lagos Loulé
Monchique Olhão Portimão São Brás de Alportel
Silves Tavira Vila do Bispo Vila Real de Santo António
80 Visualizações 1 Total
80 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.