Cólera

Descrição da doença Cólera, os principais sintomas, as causas, os métodos de prevenção e tratamento…

Cólera- descrição da doença

cólera

Cólera é uma doença infeciosa bastante grave causada por bactérias. Esta infeção ocorre no intestino delgado e deve-se à bactéria Vibrio cholerae responsável pela produção de uma toxina que induz o intestino a produzir um liquido rico em sais minerais, causando diarreias. Esta doença é endémica em muitos países, no entanto, a primeira epidemia teve lugar na Índia.

A falta de tratamento pode levar à morte em poucas horas, sendo estimado que por ano morrem cerca de 200000 pessoas dos 5 milhões de casos de contração desta doença. A identificação da doença é feita através da cultura de bactérias provenientes do liquido retirado das fezes.

A doença tem grande prevalência em zonas como Ásia, Médio Oriente, África e América Latina, considerados países em desenvolvimento, devido às condições miseráveis em que os seus habitantes vivem, assim como campos de refugiados ou pessoas deslocadas onde as condições não são as mais adequadas. Esta doença ocorre particularmente nas épocas quentes, pois propiciam-se as condições ótimas para a sua proliferação.

A ocorrência é mais frequente em crianças ou pessoas com deficiência na produção de ácidos estomacais (acido clorídrico), por terem menos defesas. Os habitantes de locais com grande predominância da doença podem começar a desenvolver alguma resistência à doença.

Causas e prevenção

As principais causas para contaminação pela bactéria da cólera são o consumo de água não potável, a ausência de um saneamento básico. O tratamento dos resíduos domésticos em particular dos excrementos humanos, assim como o tratamento da água consumida pela população reduz consideravelmente a propagação desta doença.

O consumo de alimentos bem cozinhados, em particular mariscos e legumes, assim como a lavagem de alimentos consumidos crus, como frutas também diminui a prevalência da cólera na população. A correta lavagem das mãos e o consumo de água engarrafada ou fervida quando existe duvidas da proveniência da água são formas de diminuir o risco de contaminação. Os insetos contaminados também podem comportar-se como transmissores da doença, pois podem agir como hospedeiros da bactéria.

A presença da bactéria em água ou alimentos é feita através de culturas bacterianas, assim como PCR , mas estes testes apenas são realizados em caso de suspeita, o que pode deixar passar muitos casos em que a contaminação não é detetada preventivamente.

Sintoma

Os sintomas podem demorar a ocorrer, por vezes apenas 14 dias depois da contaminação, facilitando o contagio. Na maioria dos casos os sintomas começam a surgir entre as 12 horas e cerca de 3 dias depois da infeção, apresentando inicialmente um quadro comum a diversas outras infeções.

Um dos principais sintomas é a ocorrência de diarreias aquosas severas e intensas, vómitos bastante líquidos, levando o doente a apresentar um elevado grau de desidratação. A diarreia surge subitamente, sendo muito aquosas e não possuindo cor.

A perda de líquidos e sais pode ser muito grande, em casos mais agudos da doença. Outros sintomas podem ser: sede extrema, cãibras musculares e diminuição ou mesmo incapacidade para urinar, devido à grande desidratação presente no organismo.

A perda de água leva ao surgimento de enrugamento da pele e olhos muito encovados. A falta de tratamento pode levar a insuficiência renal, debilidade, choque e por fim coma. Com um tratamento a bactéria pode abandonar o indivíduo em algumas semanas, mas em alguns casos estes tornam-se portadores permanentes podendo infetar outras pessoas.

Tratamento

cólera

cólera

A maior parte dos casos pode ser tratada apenas através de hidratação por via oral, ou no caso dos doentes mais graves pode ser necessário recorrer a hidratação por via intravenosa, geralmente num hospital onde será administrado soro.

Restituindo os líquidos que foram perdidos devido à ocorrência da diarreia e de vómitos. A ingestão de alimentos sólidos só é possível a partir do momento em que os vómitos pararem e o apetite retorne. A primeira preocupação é restituir a água perdida pelo doente.

No caso de a doença ser detetada precocemente, o doente pode fazer um tratamento com antibióticos, no sentido de eliminar as bactérias que se encontrem no organismo, fazendo desaparecer os sintomas em cerca de 48 horas. A deteção precoce é bastante importante fazendo com que a taxa de mortalidade diminua para os 1%.

188 Visualizações 1 Total

References:

Cólera. CUF Online. Consultado em : Janeiro 31 2019, em https://www.saudecuf.pt/mais-saude/doencas-a-z/colera

(2019) Cholera World Health Organization. Consultado em : Janeiro 31 2019, em https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/cholera

(2018) Cholera – Vibrio cholerae infection. Centers for Disease Control and Prevention Consultado em : Janeiro 31 2019, em https://www.cdc.gov/cholera/general/index.html

188 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática