Europeu 88

O ano da “Laranja Mecânica”

UEFA_Euro_1988_logo.svg Edição: Participantes: 8

Organizador: UEFA

Anfitrião: RF Alemanha

Campeão: Holanda

Vice-Campeão: União Soviética

Melhor Marcador: Marco Van Basten– 5 golos (Holanda)

Melhor Guarda-Redes: Hans Van Breukelen (Holanda)

Melhor Jogador: Marco Van Basten (Holanda)

Total de Jogos: 15 partidas

Total de Golos: 34 golos marcados

Assistência Total: 849,884 pessoas

O Campeonato da Europa de 1988 teve lugar na República Federal da Alemanha e foi conquistado pela selecção holandesa, pela primeira vez na sua história. O triunfo permanece ainda como a única conquista internacional da formação laranja, numa prova que decorreu entre 10 e 25 de Junho. Este foi, sem dúvida, um campeonato que marcou de forma inesquecível a história dos holandeses, apelidados de “Laranja Mecânica”, depois de terem ficado afastado das duas provas: Europeu de 1984 e Mundial de 1986. Johan Cruyjf, Frank Rijkaard, Ruud Guillit e Marco Van Basten foram os rostos mais destacados da brilhante campanha holandesa. Este último foi inclusivamente o melhor marcador e o melhor jogador do torneio, apesar de uma temporada perdida devido a lesão. O avançado holandês por pouco não falhou a presença na fase final, sendo que foi preciso o seu velho amigo Johan Cruyff convencê-lo a seguir viagem para a Alemanha.

Portugal voltou a não participar, depois da boa prestação que teve quatro anos antes, no Euro 84.

1599619_w2

Van Basten – a grande figura do Europeu – esteve para não participar na prova

 

 

Fase de qualificação

Depois da polémica no Mundial de 1986 no México, no famoso caso “Saltillo” que culminou com uma greve dos jogadores devido aos prémios de jogo, a selecção portuguesa voltou a falhar a presença na fase final de um campeonato da Europa pela 7ª vez. A selecção portuguesa apresentou-se nos jogos iniciais da fase de qualificação sem os jogadores que estiveram no México e acabou por terminar em 3º lugar do grupo, atrás de Itália e Suécia.

Com a RF Alemanha já apurada como anfitriã da prova, as trinta e duas selecções membros da UEFA foram divididas em 7 grupos de qualificação (quatro com cinco equipas e três com quatro equipas), dos quais os primeiros classificados se apuraram directamente para a fase final. Apuraram-se Espanha, Itália, URSS, Inglaterra, Holanda, Dinamarca e Rep. Irlanda.

As principais ausências foram a França, que era a campeã em título depois de ter conquistado o Euro 84 em casa, e a Checoslováquia, que começava a perder fulgor no futebol europeu. A selecção gaulesa foi terceira no seu grupo de apuramento, atrás da URSS e da República Democrática Alemã, tornando-se no primeiro detentor do troféu a não conseguir o apuramento, desde que o torneio foi remodelado em 1980.

 

Fase de grupos

Com os dois grupos repletos de grandes selecções, quase todas candidatas a uma presença na final, a grande desilusão foi a Inglaterra. Os britânicos perderam todos os três jogos, frente a Holanda, Irlanda e URSS, ficando no último lugar com zero pontos. URSS (1º) e Holanda (2º) foram os apurados para as meias-finais, sendo que os holandeses haveriam de vingar a única derrota sofrida no torneio (1-0, com a URSS na fase de grupos), na final da competição.

No grupo 1, RF Alemanha e Itália dominaram, sem qualquer derrota, concedendo apenas um empate entre si (1-1), em Dusseldorf. As equipas terminaram em igualdade pontual (ambas com 5 pontos), e os alemães garantiram o 1º lugar graças a terem mais um golo marcado. A Espanha, finalista de 84, ficou em 3º com apenas uma vitória sobre a Dinamarca, que foi última com zero pontos.

 

Grupo 1
Equipas J V E D GM GS DG Pts
1 República Federal da Alemanha R.F. Alemanha 3 2 1 0 5 1 4 5
2 Itália Itália 3 2 1 0 4 1 3 5
3 Espanha Espanha 3 1 0 2 3 5 -2 2
4 Dinamarca Dinamarca 3 0 0 3 2 7 -5 0
Grupo 2
Equipas J V E D GM GS DG Pts
1 URSS URSS 3 2 1 0 5 2 3 5
2 Holanda Holanda 3 2 0 1 4 2 2 4
3 República da Irlanda Rep.  Irlanda 3 1 1 1 2 2 0 3
4 Inglaterra Inglaterra 3 0 0 3 2 7 -5 0

 

Meias-finais

R.F. Alemanha República Federal da Alemanha 1-2 Holanda Holanda

URSS URSS 2-0 Itália Itália

A vitória da Holanda, no encontro das meias-finais, contra a República Federal da Alemanha foi a sua primeira frente ao seu vizinho desde 1956, marcando o fim de uma série que de sete derrotas e três empates e que já durava há 32 anos.

Os festejos após as meias-finais foram considerados a maior concentração pública na Holanda desde as celebrações que marcaram o fim da II Grande Guerra Mundial, em 1945.

Na outra meia-final, a URSS bateu a Itália (2-0) e garantiu um lugar na final de Munique, liderados pelo guarda-redes Rinat Dasaev.

 

Final

Holanda Holanda  2-0 URSS URSS

Marco Van Basten assinou um dos melhores golos de sempre em finais de campeonatos da Europa, com um remate cruzado de primeira, que fez a bola passar por cima de Dasaev, entrando junto ao poste contrário. O russo e o holandês estiveram na corrida pelo prémio da Bola de Ouro nesse ano e este golo histórico acabou por ser decisivo na atribuição do prémio ao Van Basten.

Nesta ocasião, a União Soviética tornou-se a primeira equipa a somar quatro presenças na final, sofrendo a sua terceira derrota consecutiva, naquela que seria a sua última participação enquanto União Soviética – posteriormente seria constituída como Rússia.

Derrotada (2-0) pela Holanda no jogo decisivo disputado em Munique, a União Soviética permanece como a única equipa que perdeu em três finais do Campeonato da Europa.

A Holanda festejou a sua vitória final com um desfile de barco pelos canais de Amesterdão, com o mesmo a ser visto por cerca de um milhão de pessoas. Muitos barcos afundaram-se devido ao peso das pessoas que dançavam sobre as suas coberturas.

 

 

Pódio

Holanda Holanda

URSS URSS

República Federal da Alemanha R.F. Alemanha

Itália Itália

 

1499987_w2 1599537_w2

Rijkaard e Gullit levantam a taça

 

Equipa do Torneio

URSS Rinat Dasayev (URSS)

Itália Giuseppe Bergomi (Itália)

Holanda Ronald Koeman (Holanda)

Holanda Frank Rijkaard (Holanda)

Itália Paolo Maldini (Itália)

Itália Giuseppe Giannini (Itália)

República Federal da Alemanha Lothar Matthäus (Alemanha)

Holanda Jan Wouters (Holanda)

Holanda Ruud Gullit (Holanda)

Itália Gianluca Vialli (Itália)

Holanda Marco van Basten (Holanda)

1447 Visualizações 2 Total

References:

http://www.publico.pt/noticia/alemanha-1988-1189819

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=1988/standings/index.html

1447 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática