Europeu 2012

Espanha até ao fim

Slogan: “A Criar História Juntos”

 

UEFA_Euro_2012_logo.svg Edição: 13ªParticipantes: 16

Organizador: UEFA

Anfitrião: Polónia e Ucrânia

Campeão: Espanha

Vice-Campeão: Itália

Melhor Marcador: Fernando Torres – 3 golos

Melhor Guarda-Redes: Iker Casillas (Espanha)

Melhor Jogador: Iniesta (Espanha)

Total de Jogos: 31 partidas

Total de Golos: 76 golos marcados

Assistência Total: 1,440,896 pessoas

 

1837950_w2

O Euro 2012 fechou um ciclo de ouro para a Espanha

 

O Campeonato Europeu de Futebol de 2012 foi novamente organizado por dois países em conjunto, pela terceira vez na história da competição – Polónia e Áustria – e foi de novo conquistado pela selecção espanhola. A Espanha venceu pela segunda vez consecutiva, conquistando o seu terceiro título europeu. Esta foi a melhor fase da formação castelhana, que venceu três provas internacionais seguidas: Euro 2008, Mundial 2010 e Euro 2012.

A fase de qualificação iniciou-se em 2010 e a fase final do torneio foi disputada entre 8 de Junho e 1 de Julho de 2012.

 

Fase de qualificação

Com Polónia e Ucrânia já apuradas como anfitriãs da prova, as restantes 51 selecções membros da UEFA que participaram no apuramento foram divididas em 9 grupos de qualificação (6 com 6 equipas e 3 com 5 equipas). Apuraram-se directamente os primeiros classificados de cada grupo e o melhor segundo classificado de todos os grupos.

Portugal conseguiu a qualificação apenas no Play-off, frente à Bósnia, com um empate a zero fora e uma goleada por 6-2 em casa. Na fase de grupos de apuramento, a equipa orientada por Paulo Bento (que substituiu Carlos Queirós logo no início da campanha) tinha ficado em 2º lugar no Grupo H, atrás da Dinamarca, graças a uma derrota por 2-1 em Copenhaga na última jornada.

Esta foi a primeira participação de Montenegro no apuramento para um campeonato da Europa, após a sua independência em 2006 e inscrição na UEFA em 2007.

Apuraram-se dos respectivos grupos:

Alemanha (Grupo A),

Rússia, (Grupo B),

Itália (Grupo C)

França (Grupo D)

Holanda (Grupo E)

Grécia (Grupo F)

Inglaterra (Grupo G)

Dinamarca (Grupo H)

Espanha (Grupo I).

Apurou-se como melhor segunda classificada:

Suécia. (Grupo E)

Apuraram-se nos Play-offs:

Portugal (Grupo H)

Croácia (Grupo F)

Rep. Checa (Grupo I)

Rep. Irlanda (Grupo B)

 

Fase de grupos

Grupo A (País Anfitrião: Polónia)

Equipas J V E D GM GS DG Pts
1 Rep. Checa Rep. Checa 3 2 0 1 4 5 -1 6
2 Grécia Grécia 3 1 1 1 3 3 0 4
3 Rússia Rússia 3 1 1 1 5 3 2 4
4 Polónia Polónia 3 0 2 1 2 3 -1 2

Grupo B (País Anfitrião: Ucrânia)

Equipas J V E D GM GS DG Pts
1 Alemanha Alemanha 3 3 0 0 5 2 3 9
2 Portugal Portugal 3 2 0 1 5 4 1 6
3 Dinamarca Dinamarca 3 1 0 2 4 5 -1 3
4 Holanda Holanda 3 0 0 3 2 5 -3 0

Grupo C (País Anfitrião: Polónia)

Equipas J V E D GM GS DG Pts
1 Espanha Espanha 3 2 1 0 6 1 5 7
2 Itália Itália 3 1 2 0 4 2 2 5
3 Croácia Croácia 3 1 1 1 4 3 1 4
4 República da Irlanda Rep. Irlanda 3 0 0 3 1 9 -8 0

Grupo D (País Anfitrião: Ucrânia)

Equipas J V E D GM GS DG Pts
1 Inglaterra Inglaterra 3 2 1 0 5 3 2 7
2 França França 3 1 1 1 3 3 0 4
3 Ucrânia Ucrânia 3 1 0 2 2 4 -2 3
4 Suécia Suécia 3 1 0 2 5 5 0 3

 

A fase final do torneio disputou-se com entre 16 equipas, divididas em 4 grupos, nos quais os dois primeiros classificados se apuravam para os quartos-de-final.

Portugal disputou o Grupo B, o chamado “Grupo da Morte”, com três campeões europeus: Alemanha (1972, 1980 e 1996), Holanda (1988) e Dinamarca (1992). A selecção portuguesa entrou a perder no jogo inaugural, frente à Alemanha por 1-0, mas venceu os dois jogos seguintes com a Dinamarca, por 3-2, e com a Holanda, por 2-1. Frente aos nórdicos Portugal só conseguiu a vitória aos 87 minutos, isto depois de ter estado a ganhar por 2-0 e se ter deixado empatar a 10 minutos do fim. Contra a Holanda, na última jornada, uma vitória garantiu o apuramento, apesar de Portugal ter entrado a perder, com um golo de Van der Vaart aos 14 minutos. A equipa laranja foi a grande desilusão da prova, perdendo todos os jogos da fase de grupos, apenas dois anos depois de ter chegado à final do Mundial 2010.

No Grupo A, Rep. Checa e Grécia passaram aos quartos-de-final, com os gregos a qualificarem-se no 2º lugar, à frente da Rússia, graças ao confronto directo.

Espanha e Itália apuraram-se sem surpresa no Grupo C, tal como Inglaterra e França no Grupo D.

 

Quartos-de-final

Rep. Checa Rep. Checa 0-1 Portugal Portugal

Alemanha Alemanha 4-2 Grécia

Espanha Espanha 2-0 França França

Inglaterra Inglaterra 0-0 Itália Itália (2-4 pens)

 

Philipp Lahm, Sami Khedira, Miroslav Klose e Marco Reus marcaram os golos na 15ª vitória seguida da Alemanha em jogos oficiais, desta feita eliminando a Grécia.

Portugal venceu a Rep. Checa num jogo em que foi claramente superior. Cristiano Ronaldo acertou duas vezes no poste antes de confirmar o apuramento de Portugal para as meias-finais, a 11 minutos do fim.

Xabi Alonso assinalou da melhor forma o seu 100º jogo pela Espanha, ao marcar os golos frente à França que confirmaram a passagem às meias-finais.

A Inglaterra voltou a cair na marcação de grandes penalidades, agora contra a Itália. A maldição dos penáltis persegue os ingleses, que apenas em 1996 conseguiram ganhar um desempate desta forma, frente à Espanha.

 

Meias-finais

Portugal Portugal 0-0 Espanha Espanha (4-5 pens)

Itália Itália 2-1 Alemanha Alemanha

A selecção portuguesa foi eliminada pela campeã em título, pela primeira vez nos penáltis. Nas outras duas ocasiões em que desempatou pela marca dos 9,15m, Portugal venceu, ambas contra a Inglaterra (Euro 2004 e Mundial 2006). Bruno Alves acertou na trave antes de Cesc Fàbregas confirmar a Espanha na final, depois de um jogo com poucas oportunidades e muitos nervos.

A Itália surpreendeu ao afastar a Alemanha. Dois golos de Mario Balotelli, apontados na primeira parte, ajudaram a Itália a marcar encontro com a Espanha na final de domingo, em Kiev. Özil marcou o golo de honra para os germânicos já nos descontos.

 

Final

Espanha Espanha 4-0 Itália Itália

A selecção espanhola venceu pela segunda vez consecutiva o Campeonato da Europa, ao bater a Itália na final do UEFA EURO 2012 com quatro golos sem resposta. David Silva (14’), Jordi Alba (41’), Fernando Torres (84’) e Juan Mata (88’) foram os autores dos tentos que fizeram a Espanha ganhar o terceiro título internacional consecutivo.

Vicente del Bosque tornou-se no primeiro treinador da história do futebol a conquistar a Taça dos Clubes Campeões Europeus, Campeonato da Europa e Campeonato do Mundo.

 

Pódio

Espanha Espanha

Itália Itália

Portugal Portugal

Alemanha Alemanha

 

Melhores Marcadores

3 Golos:

Espanha Fernando Torres

Rússia Alan Dzagoev

Croácia Mario Mandžukić

Alemanha Mario Gomez

Itália Mario Balotelli

Portugal Cristiano Ronaldo

2 Golos:

Ucrânia Andriy Shevchenko

Dinamarca Nicklas Bendtner

Suécia Zlatan Ibrahimović

Dinamarca Michael Krohn-Dehli

 

Os melhores do Torneio

Guarda-Redes                             

Espanha Iker Casillas

Alemanha Manuel Neuer

Itália Gianluigi Buffon

Defesas

Alemanha Philipp Lahm

Portugal Fábio Coentrão

Portugal Pepe

Espanha Jordi Alba

Espanha Gerard Piqué

Espanha Sergio Ramos

Médios

Espanha Xabi Alonso

Espanha Sergio Busquets

Espanha Andrés Iniesta

Espanha Xavi Hernández

Espanha Cesc Fábregas

Alemanha Sami Khedira

Alemanha Mesut Özil

Itália Andrea Pirlo

Itália Daniele De Rossi

Inglaterra Steven Gerrard

Avançados

Espanha David Silva

Itália Mario Balotelli

Suécia Zlatan Ibrahimović

Portugal Cristiano Ronaldo

 

Árbitros principais da prova:

Turquia Cüneyt Çakır

Suécia Jonas Eriksson

Hungria Viktor Kassai

Holanda Björn Kuipers

França Stéphane Lannoy

Portugal Pedro Proença

Itália Nicola Rizzoli

Eslovénia Damir Skomina

Alemanha Wolfgang Stark

Escócia Craig Thomson

Espanha Carlos Velasco Carballo

Inglaterra Howard Webb

 

 

2029 Visualizações 2 Total

References:

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2012/standings/index.html

 

2029 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.