Europeu 1960

O primeiro campeonato da Europa

UEFA_Euro_1960_logo.svg Edição: 

Participantes: 4

Organizador: UEFA

Anfitrião: França

Campeão: União Soviética (URSS)

Vice-Campeão: Jugoslávia

Melhor Marcador: Valentin Ivanov [URSS] (2 golos)

Melhor Guarda-Redes: Lev Yashin

Total de Golos: 17 golos marcados

Assistência Total: 78, 958 pessoas

Image2

Final do Europeu 1960 disputada entre URSS e Jugoslávia

 

O Campeonato Europeu de Futebol de 1960 foi o primeiro a ser organizado pela UEFA, com a presença de quatro selecções, tendo sido conquistado pela União Soviética. Foi o início do sonho idealizado pelo francês Henri Delaunay, dirigente da Federação Francesa de Futebol, que começou a ser pensado em 1927. Com a criação da UEFA em 1954, o projecto ganhou pernas para andar e, apesar do pouco entusiasmo de algumas federações, o aval foi concedido três anos depois, no congresso do organismo que tutela o futebol europeu.

A França foi o país escolhido para receber a fase final da prova, na qual participaram mais três selecções além dos anfitriões: Jugoslávia, União Soviética e Checoslováquia. Dezassete selecções participaram na qualificação.

A realização da prova só foi possível devido a várias inscrições de última hora, evitando que a estreia da competição não acontecesse devido à escassez de selecções presentes, cujo total não atingia o mínimo de 16 equipas pretendido. Ainda assim, registaram-se algumas ausências de peso, como a Itália, a República Federal da Alemanha e a Inglaterra.

 

A fase de qualificação

A fase inicial do Europeu de 1960 arrancou com 17 equipas, com um formato de eliminatórias jogadas a duas mãos – em casa e fora – até às meias-finais. Na fase preliminar foi disputado apenas uma eliminatória entre duas equipas: República da Irlanda e Checoslováquia, que culminou com o apuramento da selecção de leste.

 

República da Irlanda 2-0 Checoslováquia

Checoslováquia 4-0 República da Irlanda

Resultado das duas mãos: 4-2

 

Oitavos-de-final

O primeiro jogo dos oitavos-de-final foi disputado em Moscovo a 28 de Setembro de 1958, entre a União Soviética e a Hungria, perante 100,572 adeptos, no Estádio Lenine. O encontro terminou com a vitória dos russos por 3-1, tendo Anatoli Ilyin marcado o primeiro golo aos quatro minutos. Um resultado de 4-1 no conjunto dos dois jogos garantiu a passagem da URSS à fase seguinte, a caminho do título.

Os anfitriões golearam a selecção da Grécia no segundo jogo da eliminatória, na maior goleada da prova, por 7-1.

Portugal começou bem, conseguindo o apuramento para os quartos-de-final frente à RD Alemanha.

 

Portugal 3-2 R.D. Alemanha

R.D. Alemanha 0-2 Portugal

Resultado das duas mãos: 5-2

 

URSS 3-1 Hungria

Hungria 0-1 URSS

Resultado das duas mãos: 1-4

 

Grécia 1-1 França

França 7-1 Grécia

Resultado das duas mãos: 2-8

 

Roménia 3-0 Turquia

Turquia 2-0 Roménia

Resultado das duas mãos: 2-3

 

Bulgária 1-1 Jugoslávia

Jugoslávia 2-0 Bulgária

Resultado das duas mãos: 1-3

 

Checoslováquia 5-1 Dinamarca

Dinamarca 2-2 Checoslováquia

Resultado das duas mãos: 7-3

 

Espanha 3-0 Polónia

Polónia 2-4 Espanha

Resultado das duas mãos: 7-2

 

Áustria 5-2 Noruega

Noruega 0-1 Áustria

Resultado das duas mãos: 6-2

 

 

Quartos-de-final

Nos quartos-de-final, a União Soviética acabou por beneficiar de uma situação caricata, ao vencer a eliminatória frente à Espanha por falta de comparência. A situação resultou da decisão controversa do General Franco de impedir a selecção espanhola de jogar.

Portugal foi eliminado frente à Jugoslávia, em grande parte devido a uma goleada sofrida no primeiro jogo, por 5-1. A vitória em casa de pouco serviu para as ambições lusas.

 

Checoslováquia 3-0 Roménia

Roménia 0-2 Checoslováquia

Resultado das duas mãos: 5-0

 

URSS – Espanha

Espanha – URSS

Jogo perdido por falta de comparência

 

Jugoslávia 5-1 Portugal

Portugal 2-1 Jugoslávia

Resultado das duas mãos: 6-3

 

Áustria 2-4 França

França 5-2 Áustria

Resultado das duas mãos: 4-9

 

Meias-finais

A fase final do Europeu de 1960, que se iniciou nas semi-finais, foi disputada em França, com a presença de URSS, França, Jugoslávia e Checoslováquia. Se dúvidas houvesse quanto à qualidade e mérito dos russos em chegar a esta fase, depois da forma como se apurou nos quartos-de-final, depressa ficaram desfeitas com uma vitória clara por 3-0, contra os checoslovacos.

Os anfitriões foram derrotados frente À Jugoslávia por 5-4, no jogo que ainda detém o recorde de golos marcados nas fases finais

 

França 4-5 Jugoslávia

Checoslováquia 0-3 URSS

 

Terceiro e Quarto lugar

A França, depois de ter falhado a presença da final, não conseguiu entrar no pódio, ao perder contra a Checoslováquia, na partida de atribuição do 3º e 4º lugar.

 

Checoslováquia 2-0 França

 

Final

Graças ao lendário guarda-redes russo Lev Yashin, A URSS conseguiu impedir que os jugoslavos materializassem mais que um golo, apesar de terem dominado praticamente todo o encontro.

Slava Metreveli marcou o golo que levou o jogo para prolongamento, numa fase em que a Jugoslávia acusou algum cansaço. Viktor Ponedelnik, com um cabeceamento certeiro, viria a dar o primeiro e único troféu aos soviéticos.

 

URSS 2-1 Jugoslávia

URSS vence no prolongamento

1552 Visualizações 2 Total

References:

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=1960/matches/round=160/index.html

1552 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.