Bonasa bonasia (Galinha-do-mato)

A Galinha-do-mato (Bonasa bonasia) é uma ave associada a ecossistemas florestais. Pode também ser comumente designada por perdiz-avelã.

Caracterização de Bonasa bonasia (Galinha-do-mato)

 

Bonasa bonasia (Galinha-do-mato)
Reino Filo Classe Ordem Família Género Espécie
Animalia Chordata Aves Galliformes Phasianidae Bonasa B. bonasia

 

Distrib. Geográfica Estatuto Conserv. Habitat Dieta Predação  Longevidade
Escandinávia até aos Balcãs. Leste da França, Itália e Espanha. Pouco preocupante. Florestas de coníferas e mistas. Rebentos, botões e sementes de plantas. Ameaça humana e fragmentação de habitat. Aproximadamente 7 anos.

 

Características Físicas
Anatómicas Macho com crista cinza e garganta preta. Corpo malhado com dorso acinzentado. Peito com malhas castanhas e pretas. Abdómen branco com malhas pretas. Cauda preta na extremidade.
Dimorfismo Sexual Macho com crista maior e garganta preta.
Tamanho 35-37 cm.
Peso 315-490 g.

 

A Galinha-do-mato (Bonasa bonasia) é uma ave da ordem dos Galliformes. É também comumente designada por ‘perdiz-avelã’. Trata-se de uma espécie associada a habitats florestais caracterizados pela ocorrência de coníferas (gimnospérmicas), bétulas e amieiros.

 

Tetrastes_bonasia

Bonasa bonasia

Características físicas

O macho apresenta uma coroa castanha e cinzenta. A região superior do corpo exibe malhas cinzentas. O uropígio e a cauda são listrados. A garganta é preta com margens brancas e o peito e abdómen apresentam-se malhados. O bico é curto, grosso e cinzento, e as patas curtas e cinzentas. As fêmeas exibem tons mais avermelhados do que os machos. Não apresentam o bibe (garganta) preto. Os juvenis são mais claros e avermelhados do que os adultos.

Comportamento

Estes animais efectuam os ninhos em covas no solo. Colocam entre 6 a 10 ovos castanhos e pintalgados num tom mais escuro. A postura é efectuada entre os meses de Maio e Junho, e o período de incubação dura 20 dias. As crias nascem já activas e cobertas de penugem.

Estas aves efectuam voos planos e directos. Após o voo, podem pousar em campo aberto, na vegetação ou no solo. Também podem caminhar. Organizam-se em grupos constituídos até cinco indivíduos. Vocalizam através de assobios. Durante as exibições nupciais batem as asas de forma ruidosa, enquanto emitem um chamamento sibilante.

1459 Visualizações 1 Total

References:

  • Gooders, John. (2003). Guia de campo das aves de Portugal e da Europa. Temas e debates, 4ª Edição.
  • Bruun, Bertel. (1993). Aves de Portugal e Europa. FAPAS.

 

1459 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.