Engraulidae (Anchovas), Família

As anchovas são peixes pertencentes à família Engraulidae que compreende, pelos menos, 140 espécies.

 

Engraulidae (Anchovas), Família
Reino Filo Classe Ordem Família Género Espécie
Animalia Chordata Actinopterygii Clupeiformes Engraulidae 16 géneros 140 espécies

 

As anchovas são peixes Actinopterígeos pertencentes à ordem dos Clupeiformes e à família Engraulidae. Esta família compreende cerca de 140 espécies distribuídas por 16 géneros.

Dusky_anchovy_(_Anchoa_lyolepis_)

Anchoa lyolepis. Espécime do Golfo do México.

Características gerais

São peixes prateados, pequenos (a maioria com menos de 40 centímetros) e delgados, de formato alongado e redondos no eixo transversal. Possuem uma única barbatana no centro da região dorsal. A cauda é simétrica e exibem pequenas barbatanas pares e uma barbatana anal. O focinho é longo e pontiagudo e projecta-se para além da mandíbula inferior. Os olhos são grandes e posicionam-se anteriormente, conferindo a estes animais um amplo campo de visão.

Comportamento

As anchovas são animais gregários que se juntam em numerosos cardumes e efectuam migrações em busca de recursos alimentares e de locais de reprodução. Alimentam-se de plâncton (como por exemplo, krill, copépodes e larvas de decápodes). As espécies maiores têm dentes bem desenvolvidos e conseguem comer peixes de maiores dimensões, enquanto as espécies mais pequenas são filtradoras e alimentam-se do zooplâncton microscópico.

A maioria das espécies está adaptada a habitats marinhos principalmente em ecossistemas tropicais, subtropicais ou temperados. Apenas cerca de 15% das espécies de anchova colonizam sistemas de água doce ou salobra. As suas populações encontram-se distribuídas pelos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico, e bacias hidrográficas (mares ou rios) a eles associados. A maioria das espécies já catalogadas pelo ‘IUCN  – International Union for Conservation of Nature’ possui um estatuto de conservação ‘Pouco preocupante’.

A maioria das espécies de anchovas reproduz-se na Primavera e no Verão e efectua movimentos migratórios neste período para os locais de reprodução. Em termos gerais, os movimentos migratórios de Outono e Inverno destinam-se à procura de fontes abundantes de alimento. A época reprodutiva é longa e as fêmeas podem acasalar até 20 vezes na mesma temporada.

1388 Visualizações 1 Total

References:

  • The IUCN Red List of Threatened Species. Version 2015-4. <www.iucnredlist.org>. Downloaded on 17 December 2015.
  • Davis, T.; E. DelaTorre and A. Raub 2011. “Engraulis mordax” (On-line), Animal Diversity Web. Accessed December 17, 2015 at http://animaldiversity.org/accounts/Engraulis_mordax/
1388 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.