Transfobia nas escolas

A transfobia nas escolas diz respeito à agressividade e violência contra pessoas trans, em contexto escolar.

A transfobia nas escolas diz respeito à agressividade e violência contra pessoas trans, em contexto escolar. Trata-se de uma situação preocupante que muito tem trazido graves consequências para a vida destes indivíduos.

São vários os estudos realizados acerca da transfobia nas escolas devido ao padrão de ambiente que habitualmente nelas está presente, no qual, a grande maioria das vezes, assistimos a comportamentos agressivos e preconceituosos com inclusão de violência contra indivíduos transexuais.

Em grande parte das situações de violência e agressão, os indivíduos transexuais chegam mesmo a desenvolver problemas de saúde mental graves, porque os efeitos da vitimização de que são alvo, não têm a devida atenção por parte das instituições de ensino (Caldas, Sauaia, Almeida, & viana, 2013).

Este tipo de comportamento inaceitável acontece devido aos padrões de aprendizagem pelos quais o ser humano passa, dentro dos quais, se fala em heteronormatividade, a qual foca única exclusivamente a questão binária de homem e mulher. Na grande parte dos manuais escolares, verifica-se que não há qualquer referência às pessoas não heterossexuais, o que aumenta a discriminação contra quem é trans e reprime stes indivíduos (Caldas, Sauaia, Almeida, & viana, 2013).   A transfobia nas escolas, acontece, desta forma, devido à falta de informação adequada que leva a que indivíduos não pertencentes ao padrão sofram abusos, violência e agressividade, o que lhes provoca graves problemas ao nível do seu desenvolvimento, chegando mesmo a desistir da escola.

É por esse motivo que as escolas devem ser promotoras da informação adequada acerca da transexualidade, no sentido de abolir com a violência contra indivíduos transexuais e promover a cidadania (Caldas, Sauaia, Almeida, & viana, 2013).

Conclusão

A transfobia nas escolas tem como base a falta de formação e informação existente quer entre alunos quer entre professores, devido ao padrão binário homem/mulher, do qual se fala exclusivamente quando se aborda estas questões. Deste modo o que acontece é que o indivíduo trans acaba por ser vítima de todo o tipo d agressão e violência, o que lhe causa graves transtornos de desenvolvimento, principalmente mental, chegando mesmo a desistir da escola. É portanto fundamental investir na formação acerca deste tema para que se possa promover a cidadania no contexto escolar.

336 Visualizações 1 Total

References:

336 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.