Afetividade na educação

A afetividade na educação acarreta todas as bases que constroem o desenvolvimento da nossa personalidade e está fortemente ligada à família.

A afetividade na educação acarreta todas as bases que constroem o desenvolvimento da nossa personalidade e está fortemente ligada à família.

A afetividade na educação é altamente influenciada pela família e um dos primeiros ambientes onde a criança convive, pelo que nascem aqui os primeiros padrões de vida, os primeiros modelos e questões culturais. (Rabecinni, & Parra, 2015).

É também através da afetividade que muito do conhecimento que vamos adquirindo ao longo da nossa educação, nos vai formando enquanto seres humanos (Moquera, & Stobaus, 2006).

Por acarretar todas estas significativas características, também constrói as nossas primeiras tendências comportamentais, que, por sua vez, irão gerar as reações consequentes que se associam à afetividade através dos laços interpessoais que se criam. É portanto pela afetividade na educação que o ser humano é constituído, no campo das sensações, sentimentos e conflitos, que serão aprendidos a gerir (Rabecinni, & Parra, 2015).

“… é ao sistema educativo, juntamente com a família, a que é confiada o ensino, para que haja aprendizagem das normas de convivência elementares para viver em sociedade” (Mosquera, & Stobaus, 2006, p 130).

Assim podemos dizer que estas duas variáveis que constituem setores importantes na vida da criança, podem levar a um desenvolvimento saudável, nas relações que se aprende a estabelecer, ou pelo contrário, provocar dificuldades no seu desenvolvimento de acordo com a forma como são construídas (Rabecinni, & Parra, 2015).

Algumas das características que formam a personalidade que são altamente influenciadas pela afetividade na educação, são a autoestima, o autoconceito, as relações sociais, etc (Rabecinni, & Parra, 2015).

Conclusão

A afetividade na educação influencia todas as outras áreas e a construção de cada uma delas. Sentimentos, emoções, sensações, valores, princípios, estão todos associados à afetividade que está inevitavelmente ligada à forma como somos educados, habitualmente no nosso seio familiar. Ela pode acontecer de forma saudável, quando a construção de todas estas características acontece de forma ajustada, ou ser prejudicada por fatores prejudiciais associados ao nosso contexto familiar.

  • Mosquera, J.J.M, & Stobaus, C.D. (2006). Afetividade: a manifestação de sentimentos na educação. Porto Alegre – RS, ano XXIX, N. 1 (58), p. 123-133 jan/ar. 2006. Disponível em http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/438/
  • Rabecinni, M.G:S, & Parra, C.R. (2015). O PAPEL DA AFETIVIDADE NA APRENDIZGAGEM INFANTIL. PSICOLOGIA.PT O PORTAL DOS PSICÓLOGOS.
139 Visualizações 1 Total
139 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.