Igreja de Santo Agostinho, Moura

A igreja de Santo Agostinho está localizada na paróquia de Santo Agostinho, concelho de Moura, e junto ao Hotel de Moura e ex-Grémio da Lavoura, que inicialmente eram parte integrante de um convento existente, o Convento de São João de Deus (o terceiro da Ordem a ser constituído em Portugal e servindo tambémSt. Agostinho de Hospital).

Construída em 1965, crê-se que anteriormente já existia neste local uma pequena ermida de tijolo e telha vã, com o nome de ermida de Nossa Senhora da Glória. No entanto, a actual Igreja de Santo Agostinho, foi reedificada no ano de 1723.

No que consiste aos detalhes do seu exterior, especial atenção para a sua fachada com frontão contra-curvado ornamentado por molduras de cantaria e gárgulas de pedra. Na sua estrutura exterior podemos ainda observar três janelas desenhadas formando um triângulo. A sua torre sineira é de estrutura atarracada composta por quatro sinos.

Relativamente ao interior este templo cristão é composto por uma única nave, de abóbada de berço, composta por uma capela de cada lado e por um altar-mor:

  • Na capela do lado da Epístola, decorada em talha dourada, encontramos no centro uma pintura a óleo representando “A última Ceia” (de autoria de Pero Pinxt), e de cada lado da pintura várias imagens: Nossa Senhora de Fátima e o Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora da Conceição; deste lado encontram-se ainda sete pequenos quadros dos que compõem as 14 estações da Via Sacra, um quadro a óleo representativo de São Tiago a combater os Mouros e um pequeno batistério.
  • Na capela do lado do Evangelho, também decorada a talha dourada, encontramos os outros sete pequenos quadros que compõe a Via Sacra da Paixão de Jesus Cristo, uma imagem de Cristo carregando a cruz e imagens de São José e o Menino, São Expedito e Santa Rita de Cássia. Aqui também se encontra um batistério e um quadro a óleo de Cristo Crucificado e uma pintura de Santo António de Lisboa.
  • O Altar-mor, também de talha dourada, é constituído por imagens de São João de Deus com um doente ao colo, uma imagem de Cristo Crucificado, a imagem do padroeiro (Santo Agostinho) e uma imagem de Santa Terezinha.

Este monumento, que foi restaurado em 1968 com verbas estatais e de benfeitores da região é classificado como Conjunto de Interesse Público desde o ano de 2014.

 

791 Visualizações 1 Total
791 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.