ONU (Organização das Nações Unidas)

A Organização das Nações Unidas (ONU) é uma organização que reúne praticamente todos os países do mundo criada para zelar pela cooperação e paz mundial e pela defesa dos direitos do homem.

A Organização das Nações Unidas (ONU) é uma organização que reúne praticamente todos os países do mundo criada para zelar pela cooperação e paz mundial e pela defesa dos direitos do homem.

A Sociedade da Nações foi uma organização que foi pensada da mesma forma como a ONU, contudo não teve sucesso devido a não ter força armada para ajudar em alguns conflitos e os Estados Unidos não faziam parte da lista de membros da organização. Contudo, a Grã-Bretanha, os Estados Unidos e a União Soviética sentiram necessidade de pensar numa nova organização para evitar novos conflitos internacionais. Em 1943, foi decidida a criação da Organização das Nações Unidas e em 1945, 51 membros assinavam a Carta fundadora da Organização das Nações Unidas em São Francisco, Estados Unidos, sendo que regularmente foram acolhidos outros países, chegando a um total de 193 membros, actualmente. Cada país dá a sua contribuição económica para a Organização sendo determinada mediante os seus recursos. Desde a sua criação que a sua acção não teve o impacto desejado na atenuação dos conflitos sobretudo, no decorrer da Guerra Fria que se instalou entre Estados Unidos e União Soviética e que de certa forma paralisou a sua actuação, à excepção da Guerra da Coreia, onde se conseguiu fazer a intervenção militarizada. A ONU só conseguiu alargar a sua actuação a partir do momento que Mikhail Gorbatchev chegou a presidente da União Soviética e iniciou a Perestroika que levou ao desaparecimento do comunismo da Europa em 1985. Por isso mesmo, grande fatia do orçamento era mais direccionado para o desenvolvimento económico e social dos países do Terceiro Mundo do que para o estabelecimento da paz mundial.

Deste então para cá, a ONU exerceu várias acções militares tendo em conta o estabelecimento da paz em várias regiões do globo, tendo sucessos e insucessos. De destacar pela positiva a acção no El Salvador, na Namíbia, no Camboja e no Kuwait, mas a sua acção foi infrutífera na Somália e no território dos Balcãs, no conflito jugoslavo, assim como em Ruanda, aquando do genocídio de 1994. Mais recentemente, as intervenções para a paz decorrem em territórios africanos e asiáticos. As acusações de americanos e britânicos sobre má gestão e corrupção criaram uma má reputação e obrigaram os vários secretários-geral a fazer reformas na instituição sob pena de corte da subvenção que era dada por esses e outros países. Em 2003, essa má reputação foi acentuada devido à inabilidade por parte da ONU face à invasão americana ao Iraque, isto porque não foi dada autorização por parte do Conselho de Segurança para essa opção.

A ONU tem sede permanente em Nova Iorque mas conta com escritórios em Genebra, Viena e Nairóbi e conta com vários organismos internos, sendo estes cinco os mais relevantes da sua actuação. O Secretariado-geral é a face visível da ONU e o que lidera toda a organização propondo-se a ser um elemento dissuasor de conflitos e ajudando à resolução dos mesmos. Eleito por um período de cinco anos através de votação na Assembleia Geral por proposta do Conselho de Segurança. O Conselho de Segurança é o órgão decisor da ONU sobre as acções do organismo e de eventuais sanções militares e económicas que possam existir. É composto por onze membros sendo cinco deles permanentes (Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, França e China), sendo que os restantes são eleitos pela Assembleia Geral por dois anos. Os cinco membros permanentes dispõem de direito de veto sobre as decisões tomadas. A Assembleia Geral é composta por todos os membros da Organização, com direito a voto único, as sessões decorrem, salvo reuniões extraordinárias, de Setembro a Dezembro, onde são emitidas recomendações sobre qualquer assunto que ali pode ser discutido. O Tribunal Internacional de Justiça tem sede em Haia, na Holanda e julga os conflitos decorrentes entre Estados ou sobre dirigentes desses Estados agressores. O Conselho Económico e Social é o órgão responsável pela coordenação de toda a actividade das organizações que compõem a ONU. Além destes organismos, a ONU conta com uma série de outras corporações internas que controlam, analisam e resolvem problemas específicos da sociedade mundial. Os mais conhecidos são a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), UNICEF (Fundo das Nações Unidas para as crianças), FMI (Fundo Monetário Internacional), BIRD (Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento) e a OMS (Organização Mundial de Saúde).

882 Visualizações 1 Total
882 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.