Rio de Couros (Ourém)

Apresentação da localidade de Rio de Couros (Ourém): caracterização sócio-económica e demográfica, história, património histórico e edificado e património natural.

Apresentação da localidade de Rio de Couros

FOTO

(ainda não temos fotografia da localidade… ajude-nos enviando uma ou mais fotos desta localidade para que possamos colocar neste espaço… deverá ser uma fotografia da sua autoria e não deverá possuir direitos de autor… pode enviar para geral@knoow.net)

FICHA DA LOCALIDADE

Localidade: Rio de Couros
Classificação: Aldeia/Lugar e Sede de Freguesia

População: 441 habitantes (Censos 2011)
Coordenadas: 39°43’39.9″N 8°29’50.1″W
País: Portugal
Distrito: Santarém
Concelho: Ourém
Freguesia: Rio de Couros e Casal dos Bernardos

….

Rio de Couros é uma aldeia e sede da freguesia ‘União de Freguesias de Rio de Couros e Casal dos Bernardos‘ (freguesia criada com a reorganização administrativa de 2013), pertencente ao concelho de Ourém, distrito de Santarém. De acordo com os Censos de 2011 do INE, a população residente na aldeia era nesse ano de 441 pessoas.

Antes da reorganização administrativa de 2013, a freguesia de Rio de Couros era constituída por 15 localidades, nomeadamente: Rio de Couros, Casal do Ribeiro, Sandoeira, Carvalhal de Cima, Carvalhal do Meio, Carvalhal de Baixo, Águas Formosas, Casal dos Secos, Casal Domingos João, Engenhos, Casal de Baixo, Marta, Soalheira, Valongo e Castelejo. Segundo os censos de 2011, a antiga freguesia de Rio de Couros tinha uma população residente de 1.877 habitantes. A área total da freguesia são 21 km2, dos quais 8% com ocupação humana, 31% com ocupação agrícola e 58% com ocupação florestal. De acordo com a tradição oral, a nome Rio de Couros terá origem no facto de terem existido na região oficinas de curtumes, sendo que as peles (couros) dos animais colocadas a secar junto à ribeira.

Situada no vale superior do rio Nabão e percorrida por alguns dos seus mais importantes afluentes, a freguesia goza de terrenos extremamente férteis, cultivados desde a antiguidade.

História da Localidade:

O sarcófago romano exposto na escadaria junto à Igreja e é uma prova clara da ocupação muito antiga da região. Muito próximo da actual Rio de Couros terá mesmo existido uma vila romana chamada Villa Rouquel.

No início do séc. XIV (antes de 1325) foi criada uma feira franca na localidade por ordem de D. Dinis, sendo a mesma confirmada em 1367 por D. Fernando o que mais uma vez confirma a importância regional da localidade.

A freguesia é muito antiga, tendo surgido por desanexação da freguesia da Freixianda por ordem de D. Álvaro de Alranches, Bispo de Leiria em 1728 ou 1729. Actualmente, e na sequência da reorganização administrativa de 2013, a Freguesia de Rio de Couros uniu-se à vizinha Freguesia de Casal dos Bernardos.

Lendas:

Porque a história também se faz de lendas, e as lendas são uma importante referência na formação da identidade das regiões e das suas populações, contamos aqui a lenda de Rio de Couros (a qual se pode ler no painel da Igreja). Segundo esta lenda, Gaspar Moreira, da Câmara de El Rei D. Sebastião, tendo sido feito prisioneiro dos Mouros por ocasião da Batalha de Alcácer Quibir, invocou a ajuda da N.ª Sr.ª da Natividade (outrora N.ª Sr.ª de Rio de Couros), padroeira de Rio de Couros, e que e por ela terá sido salvo.

Locais de Interesse Turístico:

Os principais locais de interesse turístico são a Torre da antiga Igreja Matriz, a Igreja Matriz localizado no alto de uma colina e com a sua arquitectura em formato hexagonal. De referir ainda o sarcófago romano colocado na escadaria junto à Igreja e que atesta a antiguidade do povoado. Quanto ao património natural, merece destaque a Lagoa de Rio de Couros (também conhecida por Barreiro). Ainda na freguesia de Rio de Couros merecem visita o sítio arqueológico da Sandoeira e as ruínas da mina de carvão no lugar de Fonte da Moura, que teve grande importância para a economia da região durantes a década de 40 e década de 50 do séc. XX, e que constitui um belo exemplar da história industrial nacional.

Economia:

A fertilidade dos seus campos, irrigados por diversas ribeiras afluentes do rio Nabão, fazem da agricultura uma das principais actividades da freguesia. Além da agricultura, surgiram durante o século XX diversas outras actividades como as minas de carvão, a indústria de cerâmica e mais tarde as fábricas de móveis, construção civil, indústria de materiais de construção, entre outras.

Festas, feiras e romarias:

Em Rio de Couros realiza-se a mais antiga feira franca do Concelho de Ourém e uma das mais antigas de Portugal: a feira que todos os anos se realiza no dia 8 de Setembro, conhecida como a Festa dos Cestos. A par da Feira, é também realizada uma festa dedicada a Nossa Senhora da Natividade, padroeira de Rio de Couros.

Realiza-se também uma importante e muito concorrida festa no dia 15 de Agosto dedicada a Nossa Senhora da Assunção, a qual atrai milhares de emigrantes e residentes na região.

Além das festas realizadas na localidade de Rio de Couros, realizam-se ainda outras festas em localidades da freguesia, nomeadamente em Casal do Ribeiro, Carvalhal  do Meio e Sandoeira.

Heráldica

  • Brasão – escudo de vermelho, uma faina ondada de prata azul, de três tiras, acompanhada em chefe de uma aberta de ouro e, em ponta, de duas peles de couro abertas, de prata.
  • Coroa mural de prata de três torres. Listei branco com a legenda a negro: «RIO DE COUROS-OURÉM».
  • Bandeira – branca.
  • Cordão e borlas de prata e vermelho.
  • Haste e lança de ouro.
  • Selo – branco circular, com as peças do escudo sem a indicação de cores e metais, tudo envolvido por dois círculos concêntricos, onde corre a legenda «Junta de Freguesia de Rio de Couros – Ourém».
Este artigo faz parte do Portal de Ourém

Onde Comer Onde Dormir

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Onde se Divertir O que Visitar
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>

988 Visualizações 1 Total
988 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática