Forte de São Sebastião

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

O Forte de São Sebastião localiza-se na vila, freguesia e concelho de Castro Marim, no distrito de Faro, em Portugal. O forte ocupa o local onde anteriormente terá existido uma ermida dedicada a São Sebastião. É um exemplar de excelente conservação do que foi o processo de renovação do sistema defensivo da vila algarvia em meados do século XVII. 

O forte está implantado a sul do monte do Castelo, na serra do Cabeço. 

História do Forte de São Sebastião 

O forte foi erguido durante a Guerra da Restauração da independência portuguesa, principalmente sob o reinado de D. João IV. A construção terá sido iniciada 1641. Tinha como objetivo complementar e modernizar a defesa do antigo castelo medieval, que estava mais vulnerável a partir do alto da colina onde se localiza a ermida de São Sebastião. A construção foi da autoria do engenheiro militar Francisco de Sousa Lobo. 

Após a edificação foi legado ao castelo por meio de uma cerca. O conjunto incluia quatro baluartes, duas portas e um revelim. 

O terramoto de 1755 afetou severamente o Forte de São Sebastião. Consequentemente, na segunda metade do século XVIII iniciaram-se intervenções de reparação. 

No final dos anos 90 estava em avançado estado de degradação. Assim, em 2004 a Câmara Municipal de Castro Marim iniciou um projeto de reconstrução integral e consolidação do forte e respetivas muralhas. O projeto desenvolveu-se em três fases de intervenção. 

forte de são sebastião em castro marim

Características

O forte é um exemplar de arquitetura militar moderna, de implantação urbana, num outeiro sobranceiro a Castro Marim. É um forte isolado cuja fachada principal abre para um amplo terreiro. 

Este monumento de arquitetura militar apresenta planta poligonal orgânica, ou seja, adaptada ao terreno, com cinco baluartes. O portão principal está voltado para norte, na direção da vila, e comunica diretamente com o antigo castelo por uma cortina de muralhas. No seu interior estão restos de habitações de planta retangular a norte, adossadas à muralha de um lado e do outro da porta principal. Destas restam apenas as paredes. Uma porta dá acesso ao piso superior no reduto central. 

42 Visualizações 1 Total
42 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.