Matateu

Matateu foi um dos melhores jogadores do Belenenses e da Selecção Nacional, na década de 50 e 60, sendo um dos avançados com mais golos no campeonatos.

Biografia de Matateu

Matateu foi um dos melhores jogadores nacionais do Belenenses e da Selecção Nacional, na década de 50 e 60, sendo um dos avançados com mais golos no campeonatos, com mais de 200 marcados pelo clube belenense.

Matateu, lenda do Belenenses

Matateu, lenda do Belenenses

De nome próprio, Sebastião Lucas da Fonseca mas mais conhecido por Matateu, nasceu em território moçambicano, na antiga cidade de Lourenço Marques a 26 de Julho de 1927. Os primeiros toques numa bola foram numa equipa chamada João Albasini, onde foi treinado pelo pai de Mário Coluna, aos 16 anos de idade. Quatro anos mais tarde, é contratado pela equipa do 1º de Maio, clube filial da equipa do Belenenses. Em 1950, mudou-se para uma equipa com melhores condições, a Manjacaze, e no final do primeiro jogo, o árbitro do encontro, João Belo, convida-o a ir jogar para o Belenenses. Outras equipas de Portugal estavam interessadas no concurso do atleta mas a rapidez de processos na contratação de Matateu levou a contratação do jovem a bom porto para a equipa lisboeta. Em 1951, estreia-se pela equipa da Cruz de Cristo e logo no primeiro jogo pelo clube, marca dois golos na vitória do Belenenses frente ao Sporting, por 4 a 3. Tornava-se o ídolo da massa associativa logo no primeiro jogo e assim seria durante muito tempo. Desde esse ano de 1951 e 1960, Matateu foi a figura dos adeptos do Belenenses e da selecção nacional e, portanto, foi um ídolo ainda antes da chegada de Eusébio.

Eusébio e Matateu

Eusébio e Matateu

Marcou 195 golos nesse período, sendo considerado o melhor marcador nas épocas de 52/53 e 54/55 no campeonato da I Divisão. Aliás, nesse ano de 1955 teve muito perto de conquistar o título nacional e só não o ganhou devido a um erro de um árbitro que não validara um golo seu no jogo decisivo do campeonato, frente ao Sporting dando o campeonato ao Benfica. Um mês depois, jogou num particular frente à Inglaterra e fez recair sobre si os holofotes, marcando um dos golos da vitória da selecção nacional, frente aos ingleses, algo impensável na altura. Pela selecção, tem 27 internacionalizações com 13 golos marcados e um historial dentro da selecção que não foi tão bom pois deram a ideia de que o jogador não era tão bom como quando jogava pela equipa do Belenenses, embora os números desmintam essa ideia. Depois de ganhar a Taça de Portugal, ao Sporting, marcando um golo para conquistar o único título da sua carreira. Depois disso, começou a fase descendente da sua carreira. Nas épocas seguintes, baixou o seu rendimento no que toca aos golos e para agravar, no início de época de 1962, fractura a perna no decorrer de um jogo particular. Esteve toda essa temporada de 62/63 sem jogar, numa recuperação longa e dolorosa. Ainda ficou mais uma época no Belenenses, mas já não era o mesmo jogador dos seus tempos áureos e segue para a equipa do Atlético que estava na II Divisão. Matateu ajudou a equipa a subir para a I Divisão e permaneceu uma época, terminando a sua actuação na I Divisão na época de 66/67. Ainda assim, jogou por outras equipas, nomeadamente, o Gouveia (67/68) e Amora (68/69) que estavam em divisões inferiores. Contudo, emigrou para o Canadá no inicio da década de 70, onde jogos numa equipa da comunidade portuguesa no país. Não esteve muito tempo, regressando a Portugal, para jogar no Grupo Desportivo de Chaves.

Estilo inconfundível de Matateu

Estilo inconfundível de Matateu

Em 1972, voltou ao Canadá para visitar um amigo e acabou por ficar por lá. Novamente, jogava num clube de portugueses da cidade de Victoria, jogando até ao ano de 1982, quando contabilizava 55 anos de idade. Apenas veio a Portugal em duas situações. Quando recebeu a medalha de Ordem de Mérito Desportivo em 1987 e mais tarde, em 1994, quando assistiu a um jogo do Belenenses. Faleceu a 27 de Janeiro de 2000, no Canadá. Com o Belenenses no coração.

919 Visualizações 1 Total
919 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática