Estádio Mineirão

estadio-mineirao Descrição: Estádio de Futebol

País: Brasil

Cidade: Belo Horizonte

Clube: Cruzeiro EC

Capacidade: 62 mil lugares

Relvado: natural (105 x 68m)

Inauguração: 5 de Setembro de 1965

Reinauguração:3 de Fevereiro de 2013

Descrição

O Mineirão, oficialmente chamado Estádio Governador Magalhães Pinto, é um estádio de futebol localizado em Belo Horizonte, no Estado de Minas Gerais, no Brasil, com capacidade para 62 mil pessoas. O recinto é o palco dos jogos em casa do clube Cruzeiro EC.

A bancada superior tem capacidade para cerca de 39 mil torcedores e a inferior possui 23 mil assentos. Os sectores do estádios, estão divididos por cores – roxo, vermelho, laranja e amarelo – e possuem portões amplos, espaços de alimentação e sinalização visual.

O Estádio Governador Magalhães Pinto possui 98 camarotes, com 2024 assentos com vista privilegiada para o relvado, divididos em lotes de 18, 20, 44, 45, 62 e 64 lugares.

O Mineirão possui duas entradas principais: Esplanada Sul e Norte e conta com seis portões que dão acesso às dependências internas.

O complexo desportivo é administrado pela Minas Arena, uma Sociedade de Propósito Específico criada por meio de uma parceria público-privada (PPP) com o Governo de Minas, para executar as obras de modernização e gestão, durante 25 anos.

São mais de 360 câmaras de vigilância que monitorizam toda movimentação nas dependências do estádio antes, durante e após a realização dos eventos. Nos jogos de futebol funciona no estádio o Complexo de Defesa Social e Justiça Criminal, instalado para auxiliar o Poder Judiciário e tem competência para julgar as causas de menor potencial ofensivo.

O Mineirão possui tecnologia instalada em todo o seu complexo, como parte do processo de modernização. Como destaque, o sistema de iluminação inteligente, que permite o controle automático da intensidade da luz, possibilitando economizar até 30% de energia. Todas as portas do Estádio possuem controle de acesso e em todos os ambientes foram instalados detectores de incêndio.

Em parceria com a Cemig, foi construída no estádio uma Usina Solar Fotovoltaica que tem capacidade de gerar 1.600 MWH/ano de energia, o que equivale ao consumo médio de 1.200 casas. O sistema é composto por 6.000 células de silício cristalino instaladas em 9.500 metros quadrados de área na cobertura do estádio.

O Mineirão é o único estádio do país a receber o selo Platinum do Leadership in Energy and Environmental Design (LEED), órgão responsável pela certificação que é utilizada em 143 países para incentivar a transformação dos projectos, obra e operação das edificações, sempre com foco na sustentabilidade.

 

História

O projecto de construção do Mineirão começou mais de 25 anos antes da sua inauguração. Na década de 1940, dirigentes, empresários, atletas e jornalistas começaram os primeiros passos para concretizar a ideia de construir um campo que acompanhasse a evolução do futebol mineiro, em Belo Horizonte.

As obras de construção do estádio tiveram início em 1960, num terreno cedido pela Universidade Federal de Minas Gerais, na região da Pampulha. 7.200 operários trabalharam na construção, que a determinada altura decorreu dia e noite, sem parar, de modo a cumprir com o prazo estipulado. Terminadas as obras, a capacidade original era de 130.000 lugares.

O estádio foi inaugurado em 5 de Setembro de 1965, com um jogo entre a Selecção Mineira e o River Plate, da Argentina, perante cerca 73.000 pessoas, com música, fogos e para-quedistas. Na partida inaugural, os “mineiros” venceu por 1-0, com um golo de Buglê, jogador do Atlético.

Um mês depois, no primeiro clássico entre Atlético e Cruzeiro, uma confusão e confrontos generalizados interromperam a partida, quando o Cruzeiro vencia por 1-0.

A 18 de Janeiro de 1966, nome do “Estádio Minas Gerais”  foi alterado para “Estádio Governador Magalhães Pinto”.

Três anos depois, a 28 de Setembro de 1969, registou-se o maior público da história dos clássicos no Mineirão, com 97.928 espectadores pagantes, num encontro em que o Cruzeiro venceu o Atlético, por 2 a 1.

Ao longo das décadas, o estádio recebeu várias decisões de competições brasileiras e internacionais, desde o Mundial de clubes à Copa dos Libertadores.

Com a atribuição do Campeonato do Mundo de 2014 ao Brasil a cidade de Belo Horizonte foi uma das cidades seleccionadas para receber a organização da prova, o que levou o governo de Minas Gerais a apresentar um projecto de modernização do estádio.

Além dos eventos desportivos, o Mineirão foi também palco de outros espectáculos, como Elton John e Paul Mc Cartney, em 2013.

 

1625 Visualizações 2 Total

References:

http://www.stadiumguide.com/mineirao/

 

1625 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.