Caxarias (Ourém)

Apresentação da vila de Caxarias e da sua freguesia: caracterização sócio-económica, história, heráldica, património histórico e edificado e património natural.

Apresentação da localidade de Caxarias

FOTO

(ainda não temos fotografia da localidade… ajude-nos enviando uma ou mais fotos desta localidade para que possamos colocar neste espaço… deverá ser uma fotografia da sua autoria e não deverá possuir direitos de autor… pode enviar para geral@knoow.net)

FICHA DA LOCALIDADE

Localidade: Caxarias
Classificação: Vila e Sede de Freguesia

População: 225 habitantes (Censos 2011)
Coordenadas: 39°42’33.8″N 8°31’54.9″W
País: Portugal
Distrito: Santarém
Concelho: Ourém
Freguesia: Caxarias

….

Caxarias é uma vila e sede de freguesia com o mesmo nome, pertencente ao concelho de Ourém, distrito de Santarém, Portugal. De acordo com os Censos de 2011 do INE, a população residente na vila de Caxarias era nesse ano de 225 pessoas. Quanto à freguesia, e novamente de acordo com os Censos de 2011, a população total da mesma é de 2.166 pessoas. A área total da freguesia é de 18,2 km2, dos quais 11% estão classificados como ocupação humana, 57% como ocupação florestal e 20% como ocupação agrícola.

Segundo estudos etimológicos, o topónimo ‘Caxarias’ é um derivado de ‘Caxaria’, que por sua vez provém do português arcaico, significando ‘terreno com carvalhos’.

Além de Caxarias, fazem parte da freguesia 19 outras localidades, nomeadamente: Abadia, Águas Formosas, Andrés, Balancho, Barreira, Carvoeira, Casais da Abadia, Castelo, Caxarias, Chã, Cogominho, Faletia, Pisão de Oleiro, Pisões, Pontes, Valados e Vendas.

História de Caxarias

A freguesia de Caxarias é relativamente recente, tendo sido criada em 9 de Junho de 1947 por separação da freguesia de Seiça, pelo decreto-lei n.º 36336. Contudo a sua história é muito antiga e o povoamento da região remonta a tempos pré-históricos, como comprovam vários achados do período neolítico, nomeadamente diversos machados de pedra lá encontrados. Os vales extremamente férteis, atravessados por ribeiras de caudal permanente, com destaque para a ribeira de Caxarais, foram certamente o principal fator de atração de populações para a região.

A primeira menção conhecida a Caxarias surge num documento datado de 1478, no qual a localidade é identificada como ‘Aldeia de Cacheyrias’. Neste mesmo documento é referido também um mosteiro que aí terá existido: a Abadia dos Tomaréis, à qual D. Afonso Henriques entregou carta de couto em Março de 1172, presumindo-se que a sua fundação tenha ocorrido um ou dois anos antes. Ao longo do tempo a abadia foi passando por diversos tipos de problemas, incluindo a expulsão de cónegos, vários abusos dos poderes reais, decadência, acabando por ser extinta em 1555.

A antiquíssima Feira de S. Bartolomeu (também conhecida como «Feira das Panelas») inaugurada no final do século XIII, e que na altura se realizava junto à Quinta dos Tomaréis, é também uma prova da importância e do desenvolvimento de Caxarias durante a Idade Média.

Contudo, o grande desenvolvimento da freguesia ocorre após a construção da Linha Ferroviária do Norte e a criação da Estação de Caxarias na segunda metade do século XIX. De facto, com a chegada do comboio, a região ganha um novo dinamismo e levam ao desenvolvimento de um importante pólo industrial com industrias em áreas tão diversas como as serrações de madeiras, as explorações de pedreiras, a cerâmica e a metalomecânica. Contudo, ao longo das décadas de 80 e de 90 do século XX, muitas destas indústrias entraram em declínio levando ao encerramento de diversas unidades industriais, entre as quais a Tijomel, considerada nos anos 60 como uma das melhores fábricas cerâmicas da Península Ibérica e que chegou a dar emprego a mais de 300 pessoas.

Em 1995, e tendo em conta o desenvolvimento e importância da localidade para a região, Caxarias é elevada a vila pelo decreto-lei 51/95 de Junho.

Património Histórico, Cultural e Natural

O principal local de interesse de Caxarias é, sem dúvida o belo vale da ribeira de Caxarias. A abundância de água e a fertilidade dos seus solos, conferem ao vale uma beleza incomum, com a vegetação verdejante a perder-se de vista. De salientar também a linda capela de Santo António localizada no álto’ de Caxarias, datada de meados do século XVII, mais precisamente de 1645, e também os Cruzeiros existentes em Caxarias e em Casais da Abadia. Por fim um referência para as antigas instalações da Tijomel, atualmente em estado avançado do degradação mas que ainda assim permitem observar a sua enorme imponência.

HeráldicaCaxarias-01

  • Armas – Escudo de azul, banda enxequetada de prata e vermelho, de duas tiras, acompanhado em chefe, à sinistra, de uma palma de ouro, posta em pala e, brocante, uma faca de punho vermelho e lâmina de prata, em ponta, duas burelas ondeadas de prata. Coroa mural de prata de quatro torres. Listel branco, com a legenda a negro, em maiúsculas ” CAXARIAS – OURÉM “.
  • Bandeira – Esquartelada de branco e vermelho. Cordão e borlas de prata e azul. Haste e lança de ouro.
  • Selo branco – Circular, com as peças do escudo sem a indicação de cores e metais, tudo envolvido por dois círculos concêntricos, onde corre a legenda: “Junta de Freguesia de Caxarias – Ourém”.

 

Festas e Romarias

Caxarias é muito pródiga em várias manifestações culturais e religiosas, destacando-se as diversas festas e romarias da localidade e da freguesia:

  • Festa em Honra de Nossa Sra. Da Fátima e Sagrado Coração de Jesus (Caxarias) –Terceiro fim de semana de Agosto
  • Festa em Honra de Santo António e Nossa Sra. Da Saúde (Caxarias) –Terceiro fim de semana de Abril
  • Festa em Honra de São Salvador e Santa Marta (Barreira) –Terceiro fim de semana de Setembro
  • Romagem e missa campal comemorativa da passagem da imagem de Nossa Sra. de Fátima (Casais da Abadia) – 19 de Junho
  • Feira Mensal (Caxarias) – Terceiro domingo do mês
  • Feira de São Bartolomeu “Feira das Panelas” (Caxarias) – Último fim de semana de Agosto (após dia 24)
  • Festas da Vila (Caxarias) –um fim de semana em Junho
  • Desfile de Carnaval (Caxarias) – Organização Agrupamento de Escolas Cónego Dr. Manuel Lopes Perdigão – Dia de Carnaval
  • Festival da Canção (Caxarias) – Organização Agrupamento de Escolas Cónego Dr. Manuel Lopes Perdigão – No mês de Junho
  •  Santos Populares / Marchas (Caxarias) – Organização Agrupamento de Escolas Cónego dr. Manuel Lopes Perdigão – No mês de Junho
  • Festival das Sopas (Caxarias) – Organização Centro Cultura Desporto de Caxarias
Este artigo faz parte do Portal de Ourém

….

Onde Comer Onde Dormir

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Onde se Divertir O que Visitar
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>

 

+ + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + +
+   Este artigo está a ser comentado na nossa página do Facebook   +
+ + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + +

1194 Visualizações 1 Total
1194 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.