Caxarias (Ourém)

Apresentação da vila de Caxarias e da sua freguesia: caracterização sócio-económica, história, heráldica, património histórico e edificado e património natural.

Apresentação da localidade de Caxarias

FOTO

(ainda não temos fotografia da localidade… ajude-nos enviando uma ou mais fotos desta localidade para que possamos colocar neste espaço… deverá ser uma fotografia da sua autoria e não deverá possuir direitos de autor… pode enviar para geral@knoow.net)

FICHA DA LOCALIDADE

Localidade: Caxarias
Classificação: Vila e Sede de Freguesia

População: 225 habitantes (Censos 2011)
Coordenadas: 39°42’33.8″N 8°31’54.9″W
País: Portugal
Distrito: Santarém
Concelho: Ourém
Freguesia: Caxarias

….

Caxarias é uma vila e sede de freguesia com o mesmo nome, pertencente ao concelho de Ourém, distrito de Santarém, Portugal. De acordo com os Censos de 2011 do INE, a população residente na vila de Caxarias era nesse ano de 225 pessoas. Quanto à freguesia, e novamente de acordo com os Censos de 2011, a população total da mesma é de 2.166 pessoas. A área total da freguesia é de 18,2 km2, dos quais 11% estão classificados como ocupação humana, 57% como ocupação florestal e 20% como ocupação agrícola.

Segundo estudos etimológicos, o topónimo ‘Caxarias’ é um derivado de ‘Caxaria’, que por sua vez provém do português arcaico, significando ‘terreno com carvalhos’.

Além de Caxarias, fazem parte da freguesia 19 outras localidades, nomeadamente: Abadia, Águas Formosas, Andrés, Balancho, Barreira, Carvoeira, Casais da Abadia, Castelo, Caxarias, Chã, Cogominho, Faletia, Pisão de Oleiro, Pisões, Pontes, Valados e Vendas.

História de Caxarias

A freguesia de Caxarias é relativamente recente, tendo sido criada em 9 de Junho de 1947 por separação da freguesia de Seiça, pelo decreto-lei n.º 36336. Contudo a sua história é muito antiga e o povoamento da região remonta a tempos pré-históricos, como comprovam vários achados do período neolítico, nomeadamente diversos machados de pedra lá encontrados. Os vales extremamente férteis, atravessados por ribeiras de caudal permanente, com destaque para a ribeira de Caxarais, foram certamente o principal fator de atração de populações para a região.

A primeira menção conhecida a Caxarias surge num documento datado de 1478, no qual a localidade é identificada como ‘Aldeia de Cacheyrias’. Neste mesmo documento é referido também um mosteiro que aí terá existido: a Abadia dos Tomaréis, à qual D. Afonso Henriques entregou carta de couto em Março de 1172, presumindo-se que a sua fundação tenha ocorrido um ou dois anos antes. Ao longo do tempo a abadia foi passando por diversos tipos de problemas, incluindo a expulsão de cónegos, vários abusos dos poderes reais, decadência, acabando por ser extinta em 1555.

A antiquíssima Feira de S. Bartolomeu (também conhecida como «Feira das Panelas») inaugurada no final do século XIII, e que na altura se realizava junto à Quinta dos Tomaréis, é também uma prova da importância e do desenvolvimento de Caxarias durante a Idade Média.

Contudo, o grande desenvolvimento da freguesia ocorre após a construção da Linha Ferroviária do Norte e a criação da Estação de Caxarias na segunda metade do século XIX. De facto, com a chegada do comboio, a região ganha um novo dinamismo e levam ao desenvolvimento de um importante pólo industrial com industrias em áreas tão diversas como as serrações de madeiras, as explorações de pedreiras, a cerâmica e a metalomecânica. Contudo, ao longo das décadas de 80 e de 90 do século XX, muitas destas indústrias entraram em declínio levando ao encerramento de diversas unidades industriais, entre as quais a Tijomel, considerada nos anos 60 como uma das melhores fábricas cerâmicas da Península Ibérica e que chegou a dar emprego a mais de 300 pessoas.

Em 1995, e tendo em conta o desenvolvimento e importância da localidade para a região, Caxarias é elevada a vila pelo decreto-lei 51/95 de Junho.

Património Histórico, Cultural e Natural

O principal local de interesse de Caxarias é, sem dúvida o belo vale da ribeira de Caxarias. A abundância de água e a fertilidade dos seus solos, conferem ao vale uma beleza incomum, com a vegetação verdejante a perder-se de vista. De salientar também a linda capela de Santo António localizada no álto’ de Caxarias, datada de meados do século XVII, mais precisamente de 1645, e também os Cruzeiros existentes em Caxarias e em Casais da Abadia. Por fim um referência para as antigas instalações da Tijomel, atualmente em estado avançado do degradação mas que ainda assim permitem observar a sua enorme imponência.

HeráldicaCaxarias-01

  • Armas – Escudo de azul, banda enxequetada de prata e vermelho, de duas tiras, acompanhado em chefe, à sinistra, de uma palma de ouro, posta em pala e, brocante, uma faca de punho vermelho e lâmina de prata, em ponta, duas burelas ondeadas de prata. Coroa mural de prata de quatro torres. Listel branco, com a legenda a negro, em maiúsculas ” CAXARIAS – OURÉM “.
  • Bandeira – Esquartelada de branco e vermelho. Cordão e borlas de prata e azul. Haste e lança de ouro.
  • Selo branco – Circular, com as peças do escudo sem a indicação de cores e metais, tudo envolvido por dois círculos concêntricos, onde corre a legenda: “Junta de Freguesia de Caxarias – Ourém”.

 

Festas e Romarias

Caxarias é muito pródiga em várias manifestações culturais e religiosas, destacando-se as diversas festas e romarias da localidade e da freguesia:

  • Festa em Honra de Nossa Sra. Da Fátima e Sagrado Coração de Jesus (Caxarias) –Terceiro fim de semana de Agosto
  • Festa em Honra de Santo António e Nossa Sra. Da Saúde (Caxarias) –Terceiro fim de semana de Abril
  • Festa em Honra de São Salvador e Santa Marta (Barreira) –Terceiro fim de semana de Setembro
  • Romagem e missa campal comemorativa da passagem da imagem de Nossa Sra. de Fátima (Casais da Abadia) – 19 de Junho
  • Feira Mensal (Caxarias) – Terceiro domingo do mês
  • Feira de São Bartolomeu “Feira das Panelas” (Caxarias) – Último fim de semana de Agosto (após dia 24)
  • Festas da Vila (Caxarias) –um fim de semana em Junho
  • Desfile de Carnaval (Caxarias) – Organização Agrupamento de Escolas Cónego Dr. Manuel Lopes Perdigão – Dia de Carnaval
  • Festival da Canção (Caxarias) – Organização Agrupamento de Escolas Cónego Dr. Manuel Lopes Perdigão – No mês de Junho
  •  Santos Populares / Marchas (Caxarias) – Organização Agrupamento de Escolas Cónego dr. Manuel Lopes Perdigão – No mês de Junho
  • Festival das Sopas (Caxarias) – Organização Centro Cultura Desporto de Caxarias
Este artigo faz parte do Portal de Ourém

….

Onde Comer Onde Dormir

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Onde se Divertir O que Visitar
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>

 

+ + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + +
+   Este artigo está a ser comentado na nossa página do Facebook   +
+ + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + + +

1129 Visualizações 1 Total
1129 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática