Castelo de Amieira

Apresentação do Castelo de Amieira: localização geográfica, evolução histórica e características de um monumento em estilo gótico do concelho de Nisa

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

O Castelo de Amieira situa-se na freguesia e vila de Amieira do Tejo, no concelho de Nisa, no distrito de Portalegre, na região do Alentejo. 

A antiga povoação integrava uma linha de defesa da fronteira na margem sul do rio Tejo, denominada Linha do Tejo. Era uma das onze vilas que a Ordem dos Hospitalários tinha na região. 

Rodeado pelo casario, o castelo de Amieira localiza-se numa zona baixa, uma vez que na altura não tinha funções estratégicas mas residenciais. É considerado um modelo de castelo português no estilo gótico. 

A visita ao castelo apenas é possível mediante pedido. A chave do castelo está ao cuidado do Posto de Turismo. 

História do Castelo de Amieira

No contexto da Reconquista Cristã da Península Ibérica, em 1232 D. Sancho II doou um conjunto de terras à Ordem de São João do Hospital de Jerusalém, incluindo a vila de Amieira. Cerca de um século mais tarde a vila foi fortificada, já no reinado de D. Afonso IV

A edificação do castelo é atribuída ao prior D. Frei Álvaro Gonçalves Pereira, pai do futuro Condestável D. Nuno Álvares Pereira

Ao longo dos séculos foram desenvolvidas obras de modernização, nomeadamente nos reinados de D. João II e de D. Manuel I. No interior do recinto foram erguidas edificações residenciais durante a Guerra da Restauração da Independência. Contudo, estas foram abaladas pelo terramoto de 1755. 

A 10 de novembro de 1922 o castelo de Amieira foi classificado como Monumento Nacional.

Castelo de Amieira

Por Adriao – Obra do próprio, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=5747953

Características do monumento

O castelo, de pequenas dimensões, tem planta no formato retangular. Com um enquadramento urbano, situa-se numa cota de 200 metros acima do nível do mar. 

As muralhas são ameadas e reforçadas nos ângulos por quatro sólidas torres, assim como pela Torre de Menagem. De menores proporções, a torre de menagem tem planta quadragular e defende a porta da barbacã. A torre de menagem tem janelas, sendo uma geminada e outra com arco pontiagudo e moldura de toros. No interior do castelo abre-se a praça de armas, onde se localiza a cisterna e alguns vestígios de habitações. O conjunto é complementado por fosso e uma sólida barbacã de planta quadrangular. 

Fora dos muros do castelo de Amieira ergue-se a Capela de São João Baptista, com portão em arco de volta perfeita com aduelas almofadadas. 

7 Visualizações 2 Total
7 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.