Piroclasto

Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Conceito de Piroclasto

Um Piroclasto (do grego pyro (fogo) + klastos (fragmento)) é um fragmento de material expelido por um vulcão, em estado pastoso, e que solidifica no seu trajecto pelo ar antes de atingir a superfície ou arrancados por abrasão e já em estado sólido das condutas vulcânicas.

Dependendo da dimensão destes fragmentos, os piroclastos podem ter diferentes classificações:

  • Cinza vulcânica – quando os fragmentos não ultrapassam os 2 mm de diâmetro; resultam da pulverização de rochas pré-existentes ou da solidificação de magma muito fragmentado;
  • Lapilli (cascalho) – fragmentos com dimensão compreendida entre os 2 mm e os 64 mm; muitas vezes atingem a superfície  já consolidados ou resultam da solidificação no ar;
  • Bomba vulcânica – fragmentos com dimensão entre 64 mm e 1 metro, sendo o resultado da solidificação de lava durante o seu percurso aéreo;
  • Clasto ou bloco – fragmentos de rocha, com dimensão superior a 64 mm, expelidos na forma sólida, e cuja configuração final resulta da fragmentação aérea ou da colisão com a superfície.

Os piroclastos de maior dimensão acumulam-se na área circundante da cratera, formando, juntamente com as lavas, o cone vulcânico. Por vezes estes piroclastos agregam-se em rochas piroclásticas, quer por consolidação através de processos de litificação por efeito da água e da pressão (formando palagonitos e tufos vulcânicos), quer por processos de soldadura entre grãos em estado de semi-fusão (formando rochas como os ignimbritos).

332 Visualizações 2 Total
332 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.