Maxillopoda, Classe (Maxilópodes)

Os Maxillopoda constituem uma classe de crustáceos (Filo Arthropoda) com apêndices torácicos reduzidos e sem apêndices abdominais.

Os Maxillopoda constituem uma classe de crustáceos (Filo Arthropoda) com apêndices torácicos reduzidos e sem apêndices abdominais. São animais que apresentam um plano corporal segmentado em 5 regiões cefálicas, 6 torácicas, 4 abdominais e a região do télson, geralmente, com um apêndice caudal. Os toracómeros podem surgir fundidos com a região cefálica. Os apêndices torácicos são, normalmente, biramificados, e os segmentos abdominais não apresentam os apêndices locomotores típicos dos crustáceos. Podem exibir uma carapaça, porém, nalgumas formas esta estrutura encontra-se reduzida. Possuem olhos medianos simples e olhos compostos laterais.

Existem mais de 26.000 espécies de Maxilópodes descritas. A maioria são pequenos crustáceos, com excepção das cracas, que podem atingir grandes dimensões. São, geralmente, reconhecidos pelos seus corpos pequenos (especialmente pelo abdómen reduzido) e pela ausência de um conjunto completo de apêndices locomotores.

O facto de os organismos deste grupo apresentarem uma redução em determinados caracteres relativamente a outros grupos de crustáceos, como a redução das dimensões corporais, ou a diminuição no número de apêndices locomotores e do seu grau de especialização, levou alguns investigadores a considerarem que a neotenia poderá ter sido o motor da evolução deste grupo. De certa forma, sob diversos aspectos, os adultos deste grupo assemelham-se a formas incipientes pós-larvares com  uma maturidade sexual precoce.

1593 Visualizações 1 Total

References:

Brusca, Richard C.  and Brusca, Gary J. (2002). Invertebrates. Sinauer Associates, 2ª Edição.

1593 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.