Desenvolvimento psicomotor

O desenvolvimento psicomotor refere-se à maturidade na coordenação da criança, observada, principalmente na segunda infância.

Desenvolvimento psicomotor

O desenvolvimento psicomotor refere-se à maturidade na coordenação da criança, observada, principalmente na segunda infância.

O mesmo está diretamente relacionado com algumas variáveis como a idade gestacional e o nível sócio económico (NSE).

Pelos estudos levados a cabo por Cardoso, Castro-Magalhães e Barbosa (2011), compreendemos que o desenvolvimento psicomotor da criança é possível observar e avaliar tendo em conta alguns parâmetros: o NSE, o facto de ser ou não ser prematura e a forma como estas vaiáveis se traduzem em capacidades como a postura correta, a coordenação visomotora, entre outras características respeitantes às competências psicológicas e motoras.

Para fazer este tipo de avaliação é importante que o mesmo se realize durante a idade pré escolar, uma vez que é a fase em que a maioria destas capacidades começa a desenvolver-se mais significativamente (Cardoso, Castro-Magalhães, & Barbosa, 2011).

No entanto, o desenvolvimento psicomotor não depende apenas de questões biológicas e sociais, já que Campão e Cecconello (2008), ao realizar a sua investigação no âmbito do desenvolvimento psicomotor, perceberam a importância da educação física. Assim, esta disciplina mostra-se uma importante estratégia educativa já que a mesma acarreta várias atividades, jogos e brincadeiras que promovem o desenvolvimento da criança em vários aspectos, incluindo o psicomotor (Campão, & Cecconello, 2008).

É muito importante a participação neste tipo de atividades uma vez que, devido às benesses que trasem, promovem bastante o estilo de vida saudável da criança, tornando a sua vida, no geral, mais satisfatória (Campão, & Cecconello, 2008).

A influência do NSE e da idade gestacional

O foco dos estudos em relação ao desenvolvimento psicomotor infantil deve-se à relação entre este e o desenvolvimento da criança em outras áreas como a cognitiva e a psicossocial (Campão, & Cecconello, 2008).

No entanto, alguns estudos indicam que, para podermos avaliar corretamente a maturidade psicomotora de uma criança, é importante ter em conta não só as variáveis já mencionadas mas também o NSE e a idade gestacional com a qual estas nascem devido à influência da maturidade ou prematuridade durante o nascimento (Cardoso, Castro-Magalhães, & Barbosa, 2011).

É importante compreender que os movimentos da criança, começam e vão-se tornando cada vez mais complexos na fase infantil, pelo que é fundamental apostar num acompanhamento ajustado às suas necessidades no que concerne ao desenvolvimento físico, cognitivo e psicossocial (Campão, & Cecconello, 2008).

Esta fase situa-se na segunda infância, altura imediatamente anterior à entrada na escola, em que se dá a evolução psicomotora e começam a aparecer os primeiros traços de personalidade, o que significa que todos os processos relacionados com o desenvolvimento se tornam cada vez mais ligados entre si (Campão, & Cecconello, 2008).

Assim quando se observam alterações, devido a complicações no desenvolvimento da criança, como em muitos casos de prematuridade à nascença, as mesmas verificam-se em vários níveis, pelo que o psicomotor é um dos mais marcados, com dificuldades de coordenação visomotora e desempenho motor abaixo daquele que é considerado normal para a idade do indivíduo (Cardoso, Castro-Magalhães, & Barbosa, 2011).

É por estas razões que Cardoso, Castro-Magalhães e Barbosa (2011) recomendam a observação atenta do desenvolvimento de crianças prematuras até à idade escolar, junto de profissionais como o pediatra, o neurologista infantil e o terapeuta ocupacional.

De referir que é mais comum a existência destes atrasos em crianças que nascem em meios mais empobrecidos e sujeitas a desnutrição e stresse, o que se traduz em consequências negativas ao nível do seu desenvolvimento (Cardoso, Castro-Magalhães, & Barbosa, 2011). De acordo com as pesquisas levadas a cabo pelas autoras, podemos compreender que o NSE influencia com bastante significância o desenvolvimento psicomotor das crianças.

Uma vez que a criança vai ganhando mais força também é natural o iniciar de alguma independência pessoal como a higiene e a capacidade para se vestir, ou seja, vão-se adquirindo competências cada vez mais complexas (Campão, & Cecconello, 2008).

A capacidade de movimento psicomotor está ainda associada ao desenvolvimento neurológico que é responsável pelos movimentos mais complexos e pela capacidade de domínio corporal (Campão, & Cecconello, 2008).

Tendo em conta a importância das capacidades psicomotoras, é notório que o corpo é a forma mais usual de comunicação e de relação da criança com o resto do mundo (Campão, & Cecconello, 2008).

“É através dele que ela estabelece contato com o ambiente, que se engaja no mundo, que compreende o outro.” (Campão, & Cecconello, 2008).

Conclusão

Em jeito de conclusão percebemos que o desenvolvimento psicomotor das crianças depende significa e fundamentalmente da idade gestacional, do ambiente em que se insere, segundo o NSE.

No que concerne à idade gestacional, verifica-se que as crianças prematuras, habitualmente sofrem um atraso geral em relação ao seu desenvolvimento, sendo evidente o impacto que a prematuridade mostra no que concerne à questão psicomotora, quando comparadas com crianças não prematuras.

Quanto à questão do NSE, é notório também o impacto que o mesmo tem junto de crianças provenientes de famílias com baixa renda, por motivos de empobrecimento e desnutrição, à qual, muitas vezes estão sujeitas.

7699 Visualizações 1 Total

References:

  • Campão, Daiana dos Santos, & Cecconello, Alexandra Marques. (2008). A contribuição da educação física no desenvolvimento psicomotor na educação infantil. Revista Digital – Buenos Aires – Año 13 nº 123 – agosto de 2008;
  • Cardoso, Ana Amélia, Magalhães, Lívia de Castro, & Barbosa, Vanêssa Maziero. (2011). Desenvolvimento psicomotor m crianças pré-termo a termo na idade escolar. Journal of Human Growth and Development, 21(2), 2010-219. Recuperado em 06de outubro de 2016 de http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12822011000200004.
7699 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática