Crenças e valores parentais

Crenças e valores parentais são as ideias que os mesmos transmitem aos seus filhos e que vão influenciar tanto o comportamento dos pais como o desenvolvimento dos filhos.

Crenças e valores parentais são as ideias que os mesmos transmitem aos seus filhos e que vão influenciar tanto o comportamento dos pais como o desenvolvimento dos filhos.

Para Pacheco e Mata (2013) entende-se como crenças e valores parentais as ideias que os mesmos estabelecem com os filhos e que entendem como verdadeiras, provenientes do histórico individual e das normas culturais de cada família.

Muitos estudos procuram entender a construção das crenças e valores parentais no que concerne à sua influência no desenvolvimento do indivíduo, no entanto, ainda com alguma escassez, o que leva à necessidade de fomentar a procura de informação e análise acerca do tema (Kobarg, Sachetti, & Vieira, 2006).

É importante compreender que o comportamento dos pais não acontece aleatoriamente, o que significa que ele é o produto de todo um conjunto de crenças e valores que se organizam e produzem o mesmo, o que os leva a ter determinada forma de gestão da educação dos seus filhos (Kobarg, Sachetti, & Vieira, 2006).

Alguns autores referem ainda os valores socioculturais que são, significativamente importantes quando pretendemos entender estas relações de crenças e valores dos pais (Pacheco, & Mata, 2013).

Os valore e as crenças parentais, para além disso, estão ainda ligados à cultura dos pais, a qual é transmitida de umas gerações para outras, o que produz o desenvolvimento do indivíduo de acordo com a cultura em que se insere (Kobarg, Sachetti, & Vieira, 2006).

Toda esta relação existente entre valores, crenças, comportamento dos filhos, comportamento dos pais e relação entre si, permitem-nos compreender de forma mais eficaz o desenvolvimento e até a evolução cultural bem como a forma como tudo vai afetar as práticas de todos no ambiente (Kobarg, Sachetti, & Vieira, 2006).

Conclusão

Podemos entender as crenças e os valores parentais segundo o seu histórico e as ideias transmitidas de geração para geração, o que vai gerar comportamento. Este comportamento reflete-se na educação dada aos filhos e na forma como influencia o desenvolvimento humano.

Assim, as crenças e os valores parentais são, segundo a informação disponível nos estudos, a base que vai produzir o comportamento e a relação entre pais e filhos.

5 Visualizações 1 Total

References:

  • Kobarg, Ana P. R., Sachetti, Vírginia A. R., & Vieira, Mauro L.. (2006). Valores e crenças parentais: reflexões teóricas. Journal of Human Growth and Development, 16(2), 96-102. Recuperado em 15 de agosto de 2019, de http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12822006000200010&lng=pt&tlng=pt.
  • Pacheco, Patrícia, & Mata, Lourdes. (2013). Literacia Familiar: Crenças de pais de crianças em idade pré-escolar e características das práticas de literacia na família. Análise Psicológica, 31(3), 217-234. Recuperado em 15 de agosto de 2019, de http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0870-82312013000300001&lng=pt&tlng=pt.
5 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.