Onsen

Onsen são banhos termais das zonas balneárias públicas ou estalagens japonesas.

Onsen é a palavra japonesa para os banhos termais das zonas balneárias públicas ou estalagens japonesas. Sendo um país com muita atividade vulcânica o Japão tem centenas de onsens espalhados pelo território nipónico.

Durante o século XII os banhos públicos eram muito populares pelo facto de várias famílias não terem casa de banho nas suas residências e também por influência da religião budista. No século XVII os benefícios para a saúde tornaram-se conhecidos e embora as condições de vida da população tivessem melhorado ainda havia muitos viajantes a utilizar os onsen para se banharem. O primeiro onsen registado na história do Japão foi o Dogo Onsen situado na prefeitura de Ehime na ilha de Shikoku por volta do ano 712.

onsen

Um dos típicos onsen de exterior no Japão.

A presença dos onsen nas cidades japonesas é indicada em mapas por um símbolo específico ou o kanji para “água quente”. Estes assumem diversos formatos e podem estar ao ar livre ou em balneários cobertos. Tanto podem pertencer a um município do estado japonesa, ser administrados de forma privada ou como parte de algum hotel, ryokan ou hostel.

No inicio homens e mulheres banhavam-se nos mesmos espaços, mas durante a restauração Meiji foi estabelecida a separação por género com zonas exclusivas para homens e zonas exclusivas para mulheres. Em algumas vilas mais rurais do Japão ainda é possível encontrar onsen mistos, mas sempre com a opção de zonas separadas. As crianças podem usar ambos os espaços independentemente do sexo, desde que acompanhados por um adulto. As pessoas entram com toalha para cobrir as zonas íntimas, mas têm de mergulhar totalmente despidos colocando a toalha de lado. Nas principais cidades como Tóquio alguns locais obrigam a que as pessoas utilizem fatos de banho.

Regras gerais

Existem algumas regras obrigatórias que devem ser seguidas para quem entra num onsen e a maioria tem desenhos explicativos para facilitar também a interpretação por parte de estrangeiros:

  • • As pessoas devem lavar o corpo com agua corrente antes de entrar no onsen.
    • Os balneários têm pequenos bancos que devem ser usados para as pessoas lavaram as zonas intimas.
    • Na maioria dos locais é a pessoas que deve trazer sabonete, toalha e outros produtos de hygiene embora também possam ser comprados no local.
    • Os pertences têm de ser deixados em cacifos próprios para o efeito.
    • Em praticamente todos os onsen tirar fotografias ou filmas é proibido.
    • Entrar e sair deve ser feito com cautela devido ao piso escorregadio.
    • Alguns onsen reservam dias para cada género. Um dia para os homens e o seguinte para as mulheres e assim sucessivamente.
    • As toalhas não devem tocar nem ser mergulhadas na água termal.
    • A toalha deve ser colocada for a da zona de banho ou na cabeça.
    • É proibido nadar.
    • As pessoas devem secar-se antes de voltar aos balneários.
    • Alguns onsen têm zonas de massagem, leitura ou de refeições que devem ser usadas preferencialmente depois do banho.
    • As tatuagens devem ser tapadas com pensos próprios para o efeito. Em alguns locais é mesmo proibida a entrada a pessoas com tatuagens por receio de ligação à Yakuza.

Embora milhares de japoneses utilizem os onsen podem surgir alguns efeitos secundários como aumento da pressão arterial. Também surgiram casos de legionela e outras doenças infecciosas que aumentaram a supervisão estatal sobre estes locais por profissionais de higiene e saúde. Os onsen também avisam as pessoas com feridas ou cicatrizes recentes para não se banharem. Nos onsen em que a água não é mudada todos os dias é usado cloro para prevenir a propagação de bactérias.

264 Visualizações 1 Total
264 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.