Higiene Oral e Paralisia Cerebral

A Paralisia Cerebral é uma encefalopatia crónica não progressiva, estando incluídos neste grupo os pacientes que apresentam distúrbios de movimento ou de postura (paresias, hipercinesias e incoordenações).

Os pacientes com paralisia cerebral pelas alterações que estão inerentes à sua condição física estão sujeitos ao desenvolvimento das doenças causadas pela placa bacteriana, essencialmente a cárie dentária e a doença Periodontal. 

Esses problemas acontecem essencialmente por alguns motivos dos quais destacamos:

– O facto de serem regra geral respeitadores bucais, o que deixa a cavidade oral mais seca, diminuindo a acção preventiva da saliva. Isso faz por exemplo que as gengivas fiquem muito secas o que aumenta a possibilidade de hemorragia.

– Apresentam dificuldades na mastigação. Isto é mau por dois motivos. Por um lado não existe a estimulação da mastigação o que torna a auto limpeza oral que ocorre aquando da mastigação não ocorra com tanta eficiência. Com frequência a alimentação incluí alimentos pastosos e açucarados o que aumenta a propensão à cárie dentária. Um terceiro motivo é que se a higiene oral não for eficiente a comida ficará muito tempo na cavidade oral aumentando deste modo a acção das bactérias da placa bacteriana.

– Alguns dos medicamentos anti-convulsivos que ingerem com frequência provocam a hiperplasia gengival.

– Alterações a nível do tónus muscular e sensoriais com frequência fazem com que a abertura da boca torne difícil a higiene oral, como por exemplo o posicionamento da escova e a colocação do fio dentário.

– a ausência do controlo salivar pode fazer com que exista dificuldade em manter a quantidade ideal de saliva. Isso poderá fazer com que a quantidade de saliva presente na boca não seja suficiente para manter o pH normal da boca.

– Uma dieta rica em alimentos cariogénicos (essencialmente rica em açucares, tais como papas e xaropes).

Pelos motivos supracitados, existe a necessidade de motivar os cuidadores do paciente com Paralisia cerebral da necessidade de manutenção de uma boa higiene oral. Por vezes, a mesma pode ser difícil visto que a mesma deve ser realizada duas ou mais vezes ao dia, e as dificuldades com restantes tratamentos que o paciente precisa pode diminuir a vontade de se proceder à Higiene Oral. Para facilitar a Higiene Oral pode ser feito uso de uma pasta dentífrica em gel em vez de uma pasta convencional. Isto facilitará também o final da escorregam, visto que a ausência de espuma elimina a necessidade de se cuspir ou bochechar após a escovagem. O facto da mesma fazer menos espuma poderá facilitar os procedimentos orais. Regra geral, o paciente é colaborador, e pode ficar ansioso se não conseguir colaborar. Um aspeto muito importante na escovagem é um bom controlo da cabeça. O mesmo pode ser feito por se posicionar atrás do utente, e segurar a cabeça. Depois, é importante que a escova seja adequada à boca do utente. Na maioria dos casos, uma escova de criança é o ideal, visto que o seu menor tamanho facilita a entrada e movimentação da boca dentro da cavidade oral. Também torna mais fácil que o cuidador consiga chegar com a escova aos dentes posteriores e efetue uma correta higienizarão da região. Ao escovar é importante escovar bem a região do sulco gengival, que existe entre a gengiva e o dente. Além da escovagem é fundamental que a partir dos 7 anos, ou até antes, se use também o fio dentário. Este também poderá ser feito por se posicionar atrás do paciente e com os dedos médios segurar o fio dentário. Em casos em que é difícil para o cuidador esta técnica outros meios como o porta fio podem ser usados para complementar a escovagem. Semestralmente deverá ser avaliada a necessidade de se efetuar Flúor tópico, como por exemplo vernizes de flúor ou o ácido ortofosfórico.

Exige-se também a estes pacientes o acompanhamento por parte do profissional de saúde dentária. Em vista da maior susceptibilidade os períodos deverão ser um pouco menores que o convencional.

1692 Visualizações 1 Total
1692 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.