Romance

Romance é um gênero literário que situa-se, na prosa, junto ao conto e à novela.

O que é o romance?

Romance refere-se, nos estudos literários, a dois gêneros de produção escrita na literatura. Inicialmente esse tipo de prosa era uma composição poética, que podia ser lírica ou histórica, mas transmitida pela tradição oral, cujo autor era comumente anônimo. Equivale à balada medieval. Como manifestação literária moderna,  é simplesmente uma composição em prosa.

O romance moderno é um gênero narrativo, assim como o são o conto e a novela. Há muitas dúvidas, mesmo entre especialistas em literatura, a respeito das diferenças entre romance e novela. Há um consenso, no entanto, que a novela apresenta um texto com uma concatenação de ações individualizadas; já no romance, existem ações em paralelo.

As personagens em um romance são mais desenvolvidas que as apresentadas por outros gêneros em prosa, além de aparecerem em maior número. Essas personagens têm perfis psicológicos mais aprofundados e a interação entre elas ocorre com maior complexidade. A noção de tempo e espaço também se diversifica nesse gênero em comparação aos outros, uma vez que é costume que haja uma maior variação temporal e espacial na prosa romanesca.

romance

O romance tornou-se uma preferência enquanto gênero no Romantismo, o que o conectou a essa escola literária. A partir de então, o Realismo e os demais movimentos literários usufruíram esse tipo de estrutura em prosa como estrutura preferencial para as narrativas.

Considera-se que a obra Dom Quixote de La Mancha tenha sido o precursor do romance moderno. A tentativa de Miguel de Cervantes de fazer uma paródia dos romances de cavalaria não só produziu uma das maiores obras literárias da história como auxiliou a firmar o terreno para o desenvolvimento de um novo gênero literário.

A modernidade e o romance se encontraram em Balzac. Esse gênero atingiu a maturidade literária com nomes como Proust, Faulkner e Joyce, nos séculos XIX e XX. Em meados do século XX o romance entrou em crise. Muitos escritores começaram a romper com os padrões estabelecidos pelo romantismo e pelo realismo. A estrutura romanesca, então, deixou de se preocupar com as formas como o tempo, o espaço e as personagens eram tratadas.

Alguns grandes romancistas:

  • James Joyce
  • William Faulkner
  • Michel Proust
  • Charles Bukowski
  • Honoré de Balzac
  • Julio Cortázar
  • José Saramago
  • Gabriel García Márquez
  • Jorge Luís Borges
  • Jorge Amado
  • Machado de Assis
403 Visualizações 2 Total

References:

MOISÉS, Massaud. Dicionário de termos literários. São Paulo: Cultrix, 1974, p.400.

403 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.