Casal dos Bernardos (Ourém)

Apresentação da localidade de Casal dos Bernardos (Ourém): caracterização sócio-económica e demográfica, história, património histórico e edificado e património natural.

Apresentação da localidade de Casal dos Bernardos

FOTO

(ainda não temos fotografia da localidade… ajude-nos enviando uma ou mais fotos desta localidade para que possamos colocar neste espaço… deverá ser uma fotografia da sua autoria e não deverá possuir direitos de autor… pode enviar para geral@knoow.net)

FICHA DA LOCALIDADE

Localidade: Casal dos Bernardos
Classificação: Aldeia/Lugar

População: 183 habitantes (Censos 2011)
Coordenadas: 39°45’39.0″N 8°31’42.5″W

País: Portugal
Distrito: Santarém
Concelho: Ourém
Freguesia: Rio de Couros e Casal dos Bernardos

 

Casal dos Bernardos é uma aldeia pertencente à freguesia ‘União de Freguesias de Rio de Couros e Casal dos Bernardos‘ (freguesia criada com a reorganização administrativa de 2013), pertencente ao concelho de Ourém, distrito de Santarém. De acordo com os Censos de 2011 do INE, a população residente na aldeia era nesse ano de 183 pessoas.

Antes da reorganização administrativa de 2013, a freguesia de Casal dos Bernardos ocupava uma área de 23,97 km2 e era constituída por 12 localidades, nomeamente: Casal dos Bernardos, Estreito, Salgueira de Cima, Salgueira do Meio, Salgueira de Baixo, Cacinheira, Várzea da Cacinheira, Casalinho, Valongo, Casais Galegos, Cova do Lobo e Casal dos Moleiros. Segundo os censos de 2011, a antiga freguesia de Casal dos Bernardos tinha uma população residente de 921 habitantes.

Situada no vale superior do rio Nabão e percorrida por alguns dos seus mais importantes afluentes, a região goza de terrenos extremamente férteis, cultivados desde a antiguidade.

História da Localidade e da sua antiga Freguesia:

As diversas ribeiras existentes na região, algumas de caudal permanente, que percorrem e alimentam vales extremamente férteis, propícios para a agricultura de regadio, deixam acreditar que Casal dos Bernardos tenha sido habitada desde tempos muito antigos. Os Romanos estiveram também presentes na região tal como o comprovam os vestígios arqueológicos relacionados com a exploração do ferro e que podem ser visitados no lugar de Casais Galegos.

E o próprio topónimo ‘Casal dos Bernardos’ (Bernardos era a designação dada aos monges da Ordem de Cister, em referência ao seu fundador, São Bernardo), juntamente com a tradição oral, sugere que durante a Idade Média os Monges Cistercienses terão tido presença na região. Há mesmo quem acredite que o célebre Mosteiro de Tomaréis, pertencente à Ordem de Cister e relacionado com o fidalgo Gonçalo Hermingues, cuja localização exata se desconhece, tenha tido a sua localização precisamente na colina onde atualmente se localiza o Casal dos Bernardos.

Na década de 60, o território da localidade conheceu uma profunda alteração: até essa data, o território do Casal dos Bernardos correspondia apenas à parte do atual território, situado na parte oeste do vale percorrido pela pequena ribeira com o mesmo nome. A partir da década de 60, e após a criação da freguesia, o território da localidade passa a incluir também a parte leste da ribeira do Casal dos Bernardos e a colina que na altura era praticamente desabitada, conhecida como o ‘Vale da Trapa’. É nesta colina que são construídos os edifícios públicos da localidade e da freguesia, nomeadamente a Capela de Santo António (mais tarde demolida e substituída por uma Igreja maior e mais moderna), o edifício da Junta de Freguesia, um Posto de Saúde e a Escola de 1º e 2º Ciclo.

Como freguesia, Casal dos Bernardos surgiu apenas em 1964, com o Decreto Lei n.º 45.669 de 18 de Abril, por desanexação da freguesia da Freixianda. Actualmente, e na sequência da reorganização administrativa de 2013, a Freguesia de Casal dos Bernardos uniu-se à vizinha Freguesia de Rio de Couros.

Locais de Interesse Turístico:

Os principais locais de interesse turístico são a Torre da antiga Igreja Matriz localizada no alto da colina onde fundada a localidade, e que é também o marco geodésico da região. Outro local de interesse é o miradouro do Marco do Covão, a partir do qual é possível obter um bela vista panorâmica sobre a região. Uma referência ainda para o parque de merendas e para os belos vales ribeirinhos onde podem ser efetuadas revigorantes caminhadas contemplando as paisagens verdejantes e observando alguns moinhos de água que ainda persistem junto às ribeiras.

Economia:

A fertilidade dos seus campos, irrigados por diversas ribeiras afluentes do rio Nabão, fizeram da agricultura uma das principais actividades da freguesia. Contudo, nos últimos anos a agricultura tem registado um declínio acentuado, limitando-se atualmente a um tipo de agricultura destinada ao próprio consumo e não como principal fonte de rendimento. Além da agricultura, surgiram durante o século XX diversas outras actividades tais como a construção civil, a produção de carvão vegetal, a carpintaria e a exploração florestal com destaque para a recolha de resina dos pinheiros. A quebra de muitas destas atividades levou à emigração em massa de grande parte da população, principalmente para França, levando também a uma quebra demográfica muito acentuada.

Festas, feiras e romarias:

A festa do Casal dos Bernardos é realizada todos os anos no primeiro Domingo de Agosto, sendo dedicada a Santo António, o patrono da antiga freguesia. A 8 de Dezembro é também realizada uma festa religiosa, em louvor a Nossa Senhora da Conceição. Nas localidades da antiga freguesia realizam-se também festas religiosas anuais na Cacinheira e no Estreito.

Uma referência ainda para a ‘Feira dos 27’, uma feira que antigamente era realizada todos os dias 27, mas que atualmente é realizada no primeiro Domingo de cada mês.

Heráldica

  • Brasão – escudo verde, banda enxaquetada de duas tiras de prata e vermelho, acompanhada em Casal-dos-Bernardoschefe de três espigas de milho e em ponta de um ramo de pinheiro com três pinhas, tudo de ouro. Coroa mural de três torres de prata.
  • Listel branco, com a legenda a negro, em maiúsculas: «CASAL DOS BERNARDOS – OURÉM».
  • Bandeira – branca. Cordão e borlas de prata e verde. Hasta e lança a Ouro.
  • Selo Branco – circular, com as peças do escudo sem a indicação de cores e metais, tudo envolvido por dois círculos concêntricos, onde corre a legenda: «Junta de Freguesia de Casal dos Bernardos – Ourém».
Este artigo faz parte do Portal de Ourém

Onde Comer Onde Dormir

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>

Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Onde se Divertir O que Visitar
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>
Gostaria de anunciar o seu estabelecimento aqui?
saiba como >>>

.

948 Visualizações 1 Total
948 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.