Luiz Inácio Lula da Silva

Luiz Inácio Lula da Silva foi um político e sindicalista brasileiro de esquerda. Ele governou o Brasil entre 2002 e 2010, sendo sucedido por Dilma Rousseff.

Quem é Luiz Inácio Lula da Silva?

O termo Lula refere-se a alcunha dada ao ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva. Filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), ele foi o 35º presidente a governar o Brasil. Ficou no cargo entre 2003 e 2010, completando dois mandados consecutivos.

Lula foi o terceiro presidente a ser eleito de forma direta após a Ditadura Militar. E o único homem nordestino a atingir o cargo mais elevado do país.

É conhecido por sua trajetória como sindicalista e metalúrgico. Foi um dos fundadores e organizadores, junto com Fidel Castro, do Foro de São Paulo, que congrega parte dos movimentos políticos de esquerda da América Latina e do Caribe, em 1990. Além disso, fundou o Bolsa Família e o programa Fome Zero, ambos reconhecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Luiz Inácio Lula da Silva

Biografia

Lula nasceu dia 27 de outubro de 1945, em Cataés, Pernambuco. É o sétimo de oito filhos de Aristides Inário da Silva e Eurídice Ferreira de Melo. O casal de lavradores iletrados era muito pobre e mal conseguia alimentar a família. Seu pai abandonou sua mãe, poucos dias antes de nascer, para tentar a vida em Santos. Na cidade paulistana, Aristides teve mais dez filhos.

Quando Lula tinha apenas sete anos, sua mãe decidiu ir com ele e seus irmãos atrás de Aristides. Ao chegar no Guarujá, onde Lula passou boa parte de sua vida, eles tiveram de dividir uma casa com a outra família de Aristides. Entretanto, Eurídice não quis ficar com o ex-marido a longo prazo e acabou-se por mudar novamente com seus oito filhos para a capital de São Paulo.

Por conta disso, Luiz Inácio Lula da Silva não teve muito contato com seu pai e só ficou sabendo de sua morte, em 1978, por terceiros, dias depois do facto. E, por conta da infância difícil, ele teve de começar a trabalhar com doze anos. Então, Lula não frequentou a escola como deveria. Aos 14, teve a carteira assinada pela primeira vez. Em 1961, fez um curso de tornearia mecânica, largou de vez a escola e dedicou-se a metalúrgica.

Em 1964, Lula perdeu um dedo em um equipamento mecânico. Quando o acidente ocorreu, a empresa em que trabalhava se recusou a ajudá-lo e levou-o ao hospital horas depois. Por conta disso, Lula foi indenizado em 350 mil cruzeiros, moeda brasileira da época. Com o dinheiro, ele comprou um terreno para sua mãe.

Em 1966, Lula já era um grande nome na metalúrgica paulista e encaminhava-se para o sindicalismo. Durante a ditadura, sob influência de seu irmão José Ferreira da Silva, Lula começa a militar junto do Partido Comunista Brasileiro (PCdoB). Durante toda a década de 1970, Lula ocupou diversos cargos sindicais, sendo preso e cassado como dirigente sindical em 1980, com base na Lei da Segurança Nacional.

Ficou conhecido nacionalmente pela maior greve dos metalúrgicos da história do Brasil. Foi também o primeiro presidente do Partido dos Trabalhadores (PT).

Luiz Inácio Lula da Silva

Na política

Luiz Inácio Lula da Silva concorreu às eleições para o governo de São Paulo, em 1982, e perdeu. Em 1984, participou, ao lado de Ulisses Guimarães, Fernando Henrique Cardoso, Eduardo Suplicy, Tancredo Neves, entre outros, da campanha Diretas Já, que clamava pela volta de eleições presidenciais diretas no país.

O movimento não teve sucesso e as eleições presidenciais de 1985 foram feitas por um Colégio Eleitoral de forma indireta. Lula e o PT abstiveram-se de participar desta eleição. O processo indicou o governador de Minas Gerais Tancredo Neves, que participou ativamente na campanha das Diretas Já, como novo presidente do Brasil.

Com a morte de Tancredo Neves, antes da sua posse como presidente em 1985, assume a presidência o vice José Sarney. Lula e o PT decidem firmar uma posição independente, mas logo se encontram no campo da oposição ao novo governo.

Em 1989, realizou-se a primeira eleição direta desde o golpe militar de 1964. Lula concorreu, mas perdeu para Fernando Collor de Mello. Em 1994, Lula voltou a tentar a presidência, porém perdeu para Fernando Henrique Cardoso, que foi reeleito em 1998.

Somente em outubro de 2002 que Lula conseguiu chegar a presidência do Brasil. Foi sucedido por Dilma Rousseff, também do PT.

522 Visualizações 1 Total

References:

Paraná, Denise. (2008). Lula, o filho do Brasil. São Paulo, Fundação Perseu Abramo.

522 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.