Grupo Desportivo de Chaves

O Grupo Desportivo de Chaves (GD Chaves) é um clube português sediado na cidade de Chaves, no distrito de Vila Real.

Fundação: 27 de setembro de 1949

Cidade/país: Chaves, Portugal

Estádio: Estádio Municipal de Chaves

Cor equipamento principal: camisola e calções azuis com azul com riscas bordeaux

Epíteto: Flavienses, transmontanos

História:

No dia 27 de setembro de 1949 o Flávia Sport Clube venceu o Campeonato Distrital, que lhe permitiu o acesso à 3ª Divisão. Com esta vitória, os dois clubes rivais da cidade de Chaves – Atlético Clube Flaviense e Flávia Sport Clube) fundiram-se, nascendo o Grupo Desportivo de Chaves (GD Chaves).

Após a fundação do clube o principal, a subida à 2ª Divisão Nacional aconteceu na época 1952/53 com a vitória no Campeonato Regional. Nessa época, o GD Chaves terminou em sétimo lugar, num campeonato disputado por 10 equipas. A época 1952/53 ficou ainda marcada pela criação da primeira escola de jogadores, por iniciativa do treinador Fonseca da Silva, e pelo início da construção de uma bancada no Estádio Municipal de Chaves. Apesar de a temporada seguinte ter sido de descida, o clube transmontano regressou logo no ano seguinte à 2ª Divisão.

Na década de 60 o clube enfrentou algumas dificuldades financeiras e desportivas, acabando por cair de novo para a 3ª Divisão. Entre as várias adversidades que o clube enfrentou nesta época, um facto de destaque na época 1967/68, com uma vitória inédita por 4-3 frente ao FC Porto.

A subida de divisão aconteceu apenas na época 1972/73, depois do polémico “caso Lourosa”. Após várias épocas na 2ª Divisão, as ambições do clube começavam a passar pela subida à 1ª Divisão. Foi finalmente na temporada 1984/85, após ter vencido o União da Madeira por 3-4, que o clube conquistou pela primeira vez um lugar no principal escalão do futebol português. Esta data é marcante, uma vez que, pela primeira vez, Trás-os-Montes tinha um clube na 1ª Divisão Nacional. A época seguinte foi de sucesso e a equipa conseguiu o sexto lugar na classificação final e disputou os quartos-de-final da Taça de Portugal.

Na temporada seguinte, mais um feito de relevo para o clube que, ao classificar-se em quinto lugar, conquistou o acesso às competições europeias pela primeira e única vez na sua história. Apesar da vitória na primeira eliminatória sobre  a Universidade de Craiova, o GD Chaves acabou afastado da Taça UEFA na segunda eliminatória frente ao Honved.

Depois de uma década de 90 em que o clube se foi mantendo na 1ª Divisão, acabou por descer para a Liga de Honra em 1999 e, épocas mais tarde, já não disputava os campeonatos profissionais. Na temporada 2008/2009, o GD Chaves competia na Série A da II Divisão e num play-off de acesso frente ao Penafiel garantiu o regresso aos campeonatos profissionais.

O dia 13 de abril de 2010 foi marcante na história do clube ao garantir pela primeira vez um lugar na final da Taça de Portugal com uma vitória frente à Naval 1º de Maio. Na final acabaria por perder diante do FC Porto por 2-1. Apesar deste resultado, o clube foi despromovido ao terceiro escalão do futebol, onde jogou três épocas, regressando à 2ª Liga na temporada 2013/2014. O regresso à 1ª Divisão aconteceu em 2016, 17 anos depois da última presença.

Estádio:

O GD Chaves disputa os seus jogos no Estádio Municipal de Chaves, propriedade da Câmara Municipal de Chaves, situado no centro da cidade transmontana. A sua construção remonta aos finais da década de 20 e a inauguração oficial aconteceu em 1930.

Na época 2016/2017 foram efetuadas alterações no estádio de forma a ficar em conformidade com as necessidades dos jogos da Primeira Liga e das transmissões televisivas. Tem capacidade total para 12 mil pessoas.

374 Visualizações 1 Total
374 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.