Cotilédone

Os cotilédones são as folhas embrionárias das plantas. Estas estruturas surgem apenas em plantas que possuem sementes (Spermatophyta). Formam-se na semente e desempenham um papel fundamental na nutrição durante as etapas iniciais do desenvolvimento da planta, já que, armazenam ou absorvem nutrientes, consoante a espécie. Quando a semente germina, os cotilédones transferem esses nutrientes para a jovem planta em desenvolvimento.

Por esta razão, os cotilédones são extremamente importantes durante a fase inicial do desenvolvimento da planta, pois o fornecimento de nutrientes que garantem permite alimentar a nova planta enquanto não se desenvolvem os seus órgãos e estruturas fotossintéticas.

O período entre a germinação da semente e o aparecimento do caule e das primeiras folhas é uma das etapas mais críticas da vida da planta. O desenvolvimento das folhas e do caule resulta da actividade meristemática das células indiferenciadas iniciais que irá desenvolver os primeiros órgãos da planta com capacidade fotossintética. A partir do momento em que surgem os órgãos fotossintéticos, a planta passa a ter a capacidade de fabricar o seu próprio alimento, produzindo os hidratos de carbono de que necessita através da fotossíntese.

 

Monocotiledóneas e Dicotiledóneas

O número de cotilédones presentes na semente é uma das principais características que permite distinguir entra plantas Monocotiledóneas e Dicotiledóneas.

As Monocotiledóneas possuem apenas sementes com um cotilédone, enquanto as Dicotiledóneas possuem sementes com dois cotilédones.

 

 

Referências bibliográficas

Stern, K. R., Bidlack, J. E., Jansky, S., & Uno, G. (2006). Introductory plant biology. Boston: McGraw-Hill Higher Education.

3633 Visualizações 1 Total
3633 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.