Fetichismo Travestido

Conceito de Fetichismo Travestido: O fetichismo travestido juntamente com o exibicionismo, pedofilia, masochismo e sadismo sexual, voyeurismo, frotteurismo e…

Conceito de Fetichismo Travestido

O fetichismo travestido juntamente com o exibicionismo, pedofilia, masochismo e sadismo sexual, voyeurismo, frotteurismo e fetichismo está inserido nas parafilias do comportamento sexual. Ou seja, trata-se de uma perturbação sexual cujo foco parafílico implica que um homem use roupas de mulher. Na maioria dos casos a excitação sexual provém dos pensamentos ou da imagem do sujeito enquanto mulher (designado por autoginefilia). Assim, o diagnóstico desta perturbação faz-se quando estão presentes fantasias sexualmente excitantes, impulsos sexuais ou comportamentos recorrentes e intensos durante o período de, pelo menos, seis meses. Estas fantasias e impulsos causam mal-estar clinicamente significativo ou dificuldades no funcionamento social, ocupacional ou noutras áreas. De notar que este tipo de perturbação não se diagnostica quando se trata de uma perturbação de identidade de género (isto é, quando a pessoa se sente desconfortável com o papel ou identidade do género). As imagens do sujeito enquanto mulher, podem variar desde ser uma mulher com os órgãos femininos até à imagem de se ver inteiramente vestido de mulher sem conferir atenção aos genitais. Por norma, o homem com fetichismo travestido possui muitas roupas femininas que usa para se travestir. Os fenómenos de travestir-se podem ser apenas de vestir-se isoladamente e ocasionalmente com roupas femininas ou podem levar ao envolvimento em culturas de travestismo. Alguns homens vestem apenas uma roupa feminina (por norma, roupa interior ou lingerie) por baixo das suas roupas masculinas, outros homens vestem-se completamente como mulheres e maquilham-se. O grau de semelhança do travestido com uma mulher varia dependendo dos maneirismos, da configuração do corpo e da habilidade para vestir-se como mulher. Quando estes sujeitos não se encontram travestidos, os seus corpos são, sem dúvida, masculinos. Nas relações, estes homens são heterossexuais, mas podem ter poucos parceiros, estes podem entregar-se ocasionalmente a actos homossexuais. O travestismo apresenta uma evolução, sendo que inicialmente o travestismo não é feito em público e é feito apenas parcialmente, com a idade evolui para total e já é feito em público. Esta perturbação poderá ter um início na infância ou no início da adolescência e o masochismo sexual pode estar associado. Sabe-se que a motivação para o travestismo pode modificar-se ao longo do tempo, sendo muitas vezes usado como antídoto para a ansiedade ou depressão ou ainda para contribuir para uma sensação de paz e calma.

1031 Visualizações 1 Total
1031 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.