Dislexia

Conceito de Dislexia

O termo dislexia implica uma dificuldade ou impossibilidade na aquisição da leitura. A dislexia difere da alexia na medida em que a primeira está relacionada com dificuldades na aquisição e a segunda refere-se à perda da capacidade adquirida (por lesão cerebral, por exemplo). Podemos considerar dois tipos de dislexia: a espacial e a fonológica.

A dislexia espacial surge em casos de imaturidade das zonas cerebrais responsáveis pela cognição espacial. Durante a leitura, o aluno irá confundir letras cuja única diferença é a sua orientação no espaço (como acontece por exemplo, com o “p”, o “b”, o “q” e o “d”).

A dislexia fonológica surge na presença da fraca estruturação das zonas cerebrais responsáveis pela análise fonológica, ou seja, dos sons da palavra. Nestes casos, surgem maioritariamente erros relacionados com sons semelhantes (como por exemplo, /d/ e /t/ ou /p/ e /b/).  Podem também surgir outros tipos de erros relacionados com as dificuldades na análise fonológica da palavra (perceber quantos sons a compõem, que som vem primeiro, etc).

Impulsividade e/ou dificuldade em focar a atenção também podem estar na origem das dificuldades na aquisição dos processos de leitura, embora estas dificuldades apresentem características diferentes das apresentadas anteriormente.

No despiste da dislexia é importante ter em conta a qualidade da relação professor/aluno, as características da personalidade do aluno e ainda a sua capacidade intelectual.

1231 Visualizações 1 Total
1231 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.