Adaptação (Psicologia)

A adaptação em Psicologia diz respeito à funcionalidade do indivíduo e à sua capacidade de ajustamento aos diferentes desafios e circunstâncias de vida.

Conceito de adaptação

A adaptação em Psicologia diz respeito à funcionalidade do indivíduo e à sua capacidade de ajustamento aos diferentes desafios e circunstâncias de vida.

Ao ajustamento do indivíduo relacionam-se os conceitos de saúde mental, bem-estar e distress psicológicos, enfatizando a adaptação para além da mera sobrevivência. Não obstante a experiência de distress ou sofrimento psicológico que em parte pode caracterizar um processo de adaptação, este é pautado pela mobilização de recursos psicológicos e sociais (e.g. resolução de problemas; regulação emocional; suporte social) que permitem ao indivíduo fazer face às mudanças ou situações de vida.

Comportamento adaptativo e saúde mental

Na realidade, a adaptação psicológica caracteriza-se pela implementação de estratégias que permitam ao indivíduo experienciar e enfrentar as diferentes situações com que se depare, em cada momento. Neste sentido, um comportamento que se revele adaptativo numa determinada situação e momento pode não se revelar adaptativo num outro.

Neste sentido, a adaptação resulta de uma constante reavaliação e regulação da satisfação das necessidades psicológicas em prol do ajustamento não só às mudanças internas, isto é, psicológicas do indivíduo, mas também às mudanças externas e do meio. Por conseguinte, é também a capacidade de mudar internamente mediante as mudanças externas que caracteriza a funcionalidade ou disfuncionalidade.

A saúde mental pode constituir assim uma medida deste ajustamento e adaptação, constituindo-se pelas suas dimensões de bem-estar e distress psicológicos. A dimensão bem-estar psicológico respeita então às experiências de satisfação e aos recursos que o indivíduo apresenta ou reinventa para fazer face aos momentos de distress e necessidade de mudança. Complementarmente, são estes recursos que podem também ajudar o indivíduo a lidar e tolerar experiências de sofrimento psicológico.

Por sua vez, quando se verificam dificuldades de adaptação psicológica, tendem a verificar-se manifestações mais intensas de distress e/ou menores níveis de bem-estar psicológico que podem culminar na manifestação de sintomas psicopatológicos. Estes sintomas podem ou não configurar quadros de perturbação psicológica, como a depressão ou a ansiedade.

Palavras-chave: Adaptação; saúde mental; bem-estar psicológico; distress psicológico

4194 Visualizações 1 Total

References:

  • Gleitman, H., Fridlund, A., Reisberg, D. (2007). Psicologia. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
  • Vasco, A. B., Faria, J., Vaz-Velho, C., & Conceição, N. (2010). Adaptation, disorder and the therapeutic process: Needs or Emotional Dysregulaton? Comunicação apresentada na 26ª conferência anual da Society for Exploration of Psychology Integration. Florença, Itália.
4194 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.