Chamarra

A Chamarra é um estilo musical que foi trazido pelos portugueses açorianos que formaram, em conjunto com outros imigrantes, o Estado do Rio Grande do Sul, provavelmente provenientes de Açores ou Ilha da Madeira, e que influenciaram a cultura musical de Santa Catarina, Paraná, São Paulo. Em geral suas letras exaltam a não domesticação frente às regras impostas pela sociedade. Consiste em um grito de liberdade frente a exclusão do diferente: “É rima sem compromisso julgamento ou castração. Onde se marca o compasso no bater do coração”. Remete-se constantemente a saudade de sua casa, familiares e amigos, denominado de querência. Mas principalmente estão ligados aqueles que estão à margem, e desejam reconhecimento, considerados politicamente incorretos: “É o batismo dos sem nome; Rodeio dos desgarrados; Grito de alerta do pampa; Tribuna de injustiçados”. E um espirito musicalmente livre.

Temos como exemplo: Tertúlia do grupo os Serranos:

Uma chamarra uma fogueira
Uma chinoca uma chaleira
Uma saudade, um mate amargo
E a peonada repassando o trago
Noite cheirando a querência
Nas tertúlias do meu pago. (REFRÃO)

Tertúlia é o eco das vozes perdidas no campo afora
Cantiga brotando livre novo prenúncio de aurora
É rima sem compromisso julgamento ou castração
Onde se marca o compasso no bater do coração.

(REFRÃO) (BIS).

É o batismo dos sem nome
Rodeio dos desgarrados
Grito de alerta do pampa
Tribuna de injustiçados
Tertúlia é o campo sonoro
Sem fronteira ou aramados
Onde o violão e o poeta podem chorar abraçados.

(REFRÃO) (BIS).

1159 Visualizações 2 Total
1159 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.