Cruzeiro de Belo Horizonte

O Cruzeiro de Belo Horizonte é um dos clubes mais bem-sucedidos no Brasil, conquistando diversos troféus a nível estatal, nacional e internacional.

Cruzeiro de Belo Horizonte

Cruzeiro de Belo Horizonte

Fundação: 2 de Janeiro de 1921

Cidade/país: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Estádio: Estádio Mineirão

Cor equipamento principal: Branco e Azul

Principais rivais: Atlético Mineiro, América Futebol Clube, Flamengo, Fluminense e Botafogo.

Epíteto: Raposa e Celeste.

História:

O Cruzeiro Esporte Clube conhecido como Cruzeiro de Belo Horizonte ou simplesmente Cruzeiro foi fundado a 2 de Janeiro de 1921, por membros da comunidade italiana imigrada em Belo Horizonte. Societá Sportiva Palestra Itália foi a primeira designação dada ao clube, o primeiro equipamento baseava-se nas cores da bandeira de Itália (verde, branco e vermelho). A denominação actual do Cruzeiro de Belo Horizonte foi atribuída em 1942 por imposição do governo brasileiro. No enquadramento da Segunda Guerra Mundial, foi proibida a utilização de símbolos associados com as forças do Eixo (Alemanha, Japão e Itália).

Rapidamente o novo clube de Belo Horizonte, tornou-se o representante da classe trabalhadora imigrante e dos seus descendentes. Os primeiros grandes sucessos surgiriam alguns anos após a fundação do clube, com a conquista de três campeonatos mineiros seguidos (1926,1927 e 1928), os últimos dois sem qualquer derrota. Para estas conquistas muito contribuiu a abolição da proibição de utilização de jogadores não italianos no clube em 1925.

Apesar da conquista do campeonato mineiro em 1930, a década de trinta ficou marcada pela profissionalização do futebol no Brasil e a escassez de troféus conquistados pelo Cruzeiro de Belo Horizonte, na época ainda denominado Palestra.

As décadas de quarenta e cinquenta trouxeram a conquista de mais seis campeonatos estatais, e a referida alteração de nome. Este período também ficou marcado pela instabilidade financeira do clube. Em 1952 todos os jogadores profissionais são dispensados e os jovens promovidos. De forma a sanar as contas, o Cruzeiro de Belo Horizonte participa num conjunto de jogos amigáveis pelas diversas urbes de Minas Gerais, em troca de avultados prémio monetários.

Esta tentativa de resolução dos problemas financeiros teve outro efeito positivo. Graças a esta política itinerante o Cruzeiro de Belo Horizonte tornou-se o clube mais popular no Estado de Minas Gerais.

Em 1966 é inaugurado o Estádio Mineirão, tanto Cruzeiro como o grande rival Atlético Mineiro passam a utilizar este recinto, possibilitando a participação nos campeonatos nacionais.

Em 1966 surpreende o mundo do futebol ao conquistar o Campeonato Brasileiro, na época disputado em formato de Taça. Bateu o grande Santos de Pelé no aglomerado dos dois jogos da final por expressivos 9-4. A surpresa começou no primeiro jogo disputado no Mineirão, como uma vitória por 6-2. No segundo jogo e após o Santos marcar dois golos na primeira parte, a arrogância da equipa Paulista que seguramente conseguiria dar a volta á eliminatória, motivou os jogadores do Cruzeiro de Belo Horizonte na segunda parte. Após uns extraordinários segundos 45 minutos, o Cruzeiro dá a volta ao marcador e sagra-se campeão brasileiro pela primeira vez. Primeira equipa de Minas Gerais a conseguir este feito.

As décadas de sessenta e setenta ficaram marcadas pelo intenso domínio da Raposa no campeonato mineiro, graças à conquista de doze campeonatos estatais. Em 1976 tornou-se o primeiro clube do Estado de Minas Gerais a conquistar uma competição internacional, ao bater na final da Taça dos Libertadores, prova mais importante de clubes da América Latina, o River Plate da Argentina por três bolas a duas no jogo de desempate.

As últimas décadas do século XX trouxeram mais sucessos a nível estatal e internacional. Em 1997 conquista a segunda Taça dos Libertadores, ao bater no aglomerado dos dois jogos da final o Sporting Cristal do Peru, por uma bola a zero. Em 1991 e 1992 conquista a Supertaça Sul-Americana por duas vezes consecutivas. A primeira contra o River Plate e a segunda contra o Racing. Em 1998 bate novamente o River na final de outra competição, desta feita na Taça das Taças Sul-Americana.

A nível nacional mais sucessos iriam surgir no século XXI, com a conquista dos campeonatos brasileiros em 2003, 20013 e 2014. Actualmente o Cruzeiro de Belo Horizonte mantêm-se como o clube mais popular do Estado de Minas Gerais e uns dos mais seguidos no Brasil.

Títulos:

  • Campeão Brasileiro por quatro vezes: 1966, 2003, 2013 e 2014
  • Vencedor Taça do Brasil por quatro vezes: 1993, 1996, 2000 e 2003.
  • Vencedor Taça Sul-Minas por duas vezes: 2001 e 2002
  • Vencedor Taça Centro-Oeste por uma vez: 1999.
  • Vencedor Campeonato Mineiro por trinta e sete vezes: 1926, 1928, 1929, 1930, 1940, 1943, 1944, 1945, 1956, 1959, 1960, 1961, 1965, 1966, 1967, 1968, 1969, 1972, 1973, 1974, 1975, 1977, 1984, 1987, 1990, 1992, 1994, 1996, 1997, 1998, 2003, 2004, 2006, 2008, 2009, 2011 e 2014
  • Vencedor Taça das Minas Gerias por cinco vezes: 1973, 1982, 1983, 1984 e 1985
  • Vencedor Taça dos Campeões Mineiros por duas vezes: 1991 e 1999.
  • Vencedor Torneio Inicio por dez vezes: 1926, 1927, 1929, 1938, 1940, 1941, 1943, 1944, 1948 e 1966.
  • Vencedor Taça dos Libertadores por duas vezes: 1976 e 1997
  • Vencedor Taças das Taças Sul-americana por uma vez: 1998.
  • Vencedor Supertaça Sul-Americana por duas vezes: 1991 e 1992
485 Visualizações 1 Total

References:

http://www.cruzeiro.com.br/index.php?section=conteudo&id=24

http://www.zerozero.pt/equipa.php?id=2236

485 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.