Ritmo Circadiano

Definição e caracterização de Ritmo Circadiano.

O ritmo circadiano é um ciclo biológico que dura vinte e quatro horas e que regula as funções metabólicas de grande parte dos organismos.

O comportamento e as actividades de muitos animais e plantas são regidos por um ciclo que dura vinte e quatro horas.

Um animal diurno, por exemplo, é um animal que tem o seu pico de actividade durante o dia. Estes animais mantém-se activos durante o dia e inactivos durante o período nocturno, enquanto os animais noctívagos exibem o seu pico de actividade durante a noite.

O comportamento noctívago é comum em estratégias de sobrevivência alternativas adoptadas por determinados grupos de animais para fazer face a ambientes extremos ou para evitar grandes pressões de predação. Ocorre, por exemplo, em animais de climas quentes e secos como os animais do deserto, que vivem enterrados na areia durante as horas quentes do dia e saem à noite para o exterior, quando as temperaturas são mais baixas.

Os ciclos circadianos são regulados por factores como: o número de horas de luz solar ao longo de um dia (o que permite a percepção das estações do ano e a regulação de determinados comportamentos sazonais, por exemplo), a temperatura ou estímulos internos. Estes estímulos são factores endógenos (mecanismos de regulação génica, hormonal, etc.) que controlam algumas respostas dos organismos independentemente dos estímulos externos. O relógio biológico interno é despoletado por determinadas reacções químicas que ocorrem no organismo e que são desencadeadas de acordo com o seu próprio ritmo.

Desempenho físico e ritmo circadiano

Estudos em humanos demonstram que a maioria dos componentes do desempenho físico muda de acordo com os ritmos circadianos. Em condições de repouso, grande parte desses ritmos são controlados pelo relógio biológico seguindo as variações da temperatura corporal. Tem sido verificado que os ritmos circadianos influenciam as funções aeróbicas e anaeróbicas, e que modelam outras variáveis fisiológicas durante a actividade física e perante diferentes níveis de esforço físico. Assim, a robustez física pode ser influenciada por diversos factores como o género, o cronótipo (ritmo corporal individual, que pode variar de acordo com a disposição natural de cada indivíduo), a temperatura corporal, ou a dinâmica entre o sono e a vigília.

Plantas de dias longos e de dias curtos

Nas plantas, o ritmo circadiano influencia directamente a actividade reprodutiva. Através da percepção do número de horas de luz solar que existem durante o período de vinte e quatro horas, as plantas regulam a altura do ano em que florescem. Assim, as ‘plantas de dias longos’ são aquelas que florescem quando o dia é mais comprido do que a noite, enquanto as ‘plantas de dias curtos’ são as que produzem flores quando têm a percepção de que a duração do período diurno é inferior à duração do período nocturno.

1827 Visualizações 1 Total

References:

  •  Minati, A., Santana, M. G., & Mello, M. T. (2006). A influência dos ritmos circadianos no desempenho físico. Rev. bras. ciênc. mov14(1), 75-86.
  • Stern, K. R., Bidlack, J. E., Jansky, S., & Uno, G. (2006). Introductory plant biology. Boston: McGraw-Hill Higher Education.
1827 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.