Numbat

O numbat, é um mamífero marsupial nativo do sudoeste australiano e o único membro do género Myrmecobius, e da família dos tamanduás-marsupiais (Myrmecobiidae).

 

Myrmecobius fasciatus (Numbat)
Reino Filo Classe Ordem Família Género
Animalia Chordata Mammalia Marsupialia Myrmecobiidae Myrmecobius

 

Distrib. Geográfica Estatuto Conserv. Habitat Dieta Predação  Longevidade
Austrália Em perigo Florestas de Eucaliptos Carnívoro Pássaros ou raposas 4-7 anos

 

Características Físicas
Anatómicas Animal de pequeno porte. Língua fina e pegajosa
Dimorfismo Sexual O macho é maior que a fêmea
Tamanho 18 a 20 cm
Peso 300-750 g

 

 

O numbat é um dos animais mais raros da Austrália. Atualmente, estão a fazer-se esforços árduos para o proteger nas florestas do sudoeste do país. Anteriormente ocupavam grande parte do Sul da Austrália e da zona Ocidental, agora está extinto em aproximadamente 99% dessas mesmas áreas.

Para salvaguardar a espécie foram reintroduzidos diversos numbats na Reserva Natural de Dragon Rocks, na Floresta de Batalling, na Reserva Natural de Tutanning e na Reserva Natural de Boyagin, todos localizados na Austrália Ocidental.

Quando os numbats ainda não se encontravam em vias de extinção, ocupavam bosques áridos com arbustos ou eucaliptos, e pastagens. Agora só podem ser encontrados em bosques de eucaliptos, os troncos altos das árvores desempenham um papel importante na ajuda da sobrevivência dos numbats. À noite, procuram abrigo dentro de troncos vazios, e durante o dia, evitam os predadores como pássaros ou raposas permanecendo escondidos na escuridão dos troncos.

Os numbats são pequenos carnívoros que pesam entre 300g a 750g e medem aproximadamente 18 a 20cm. A sua cabeça é relativamente pequena e plana com um focinho alongado e pontiagudo, a língua é fina e pegajosa com a capacidade de se estender até 100mm. Têm um pelo curto, rijo, castanho avermelhados ou acinzentado e algumas riscas branca ao longo do corpo. Alimentam-se essencialmente de térmitas e formigas.

A esperança média de vida dos numbats machos é de onze anos e para as mulheres de sete caso estejam em cativeiro, se estiverem no seu habitat natural é entre quatro a sete anos. A vida na natureza é bastante curta devido aos constantes ataques das raposas, portanto a sua longevidade é limitada pelas lesões provocadas pelos seus predadores. Para além disso, quando os numbats criados em cativeiro são libertados para a natureza, não possuem conhecimentos e habilidades básicas de sobrevivência.

Os numbats são animais solitários, à exceção das mães que cuidam das suas crias partilhando temporariamente o ninho na época de reprodução. Os numbats deixam o seu lar aos 10 meses e estabelecem o seu próprio território para poderem sobreviver.

1207 Visualizações 2 Total
1207 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.