Teste Rorschach

O teste Rorschach é um teste de personalidade que apresenta, como teoria, a psicanálise. É um teste projetivo constituído por 10 cartões com manchas de tinta – cromáticas e acromáticas. Foi criado por Herman Rorschach (1884-1922 ) um psiquiatra Suiço em 1917-1918, para efetuar um estudo de criatividade e imaginação em esquizofrénicos. A sua apresentação oficial foi efetuada em 1921 pela Psychodiagnostik. Por dificuldades de impressão, os 40 cartões iniciais ficaram com um sombreado que também foi conceptualizado e é hoje interpretado.

 

O teste Rorschach tem muitas aplicações: na clínica psicológica (para esclarecimento da estrutura de personalidade, sintomas e queixas), na neuropsicologia (para esclarecimento de questões ligadas aos sistemas cerebrais em conjunto com testes neuropsicológicos), na orientação vocacional e na educação (para esclarecimento de motivações inconscientes perante dificuldades de aprendizagem ou escolha escolar e/ou profissional), em Antropologia (com vista a descrever e compreender diferenças conscientes e inconsciente culturais) na área jurídica (com vista ao auxilio de decisões judiciais). É um dos testes mais conhecidos e utilizados pelo mundo inteiro e a sua interpretação é maioritariamente efetuada através das conceções da Escola de Paris, a partir das conceptualizações da Metapsicologia de Sigmund Freud (1856 – 1939).

 

Bibliografia

Chabert, C. (2004). Psychanalyse et Méthodes Projetives. Paris: Dunod

 

729 Visualizações 1 Total
729 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.